DASH #25: Diablo III - Jogabilidade!
DASH

DASH #25: Diablo III

Depois de uma pausa por forças maiores (também conhecidas como Electronic Entertainment Expo), o DASH volta para completar um quarto de centena de podcasts com seu primeiro episódio de temática escolhida pelo público: a febre, o maligno, o quase unânime Diablo 3!

E para discutir sobre esse game que ainda não puderam terminar, os dashers André Campos e Ricardo Dias recebem os veteranos clicadores Bruno “Bada” Mikoski (da Monster Juice) e Nathalia Moreno que embora, literalmente, não tenham sido capazes de abandonar a corrida pelo loot para gravar o podcast, foram os pivôs dessa conversa sobre o mais novo lançamento da Blizzard.

Como é passar mais de uma década desenvolvendo um jogo? O que ele tem de igual e como se diferencia de seus antecessores? O que é ter mentalidade de MMO? Que tipo de técnicas, sejam elas sujas ou honestas, são usadas para manter o interesse do jogador?

Já podemos ver os impactos culturais de Diablo 3 com pouco menos de um mês desde seu conturbado lançamento. Que público foi mais visado pela Blizzard? Quais os problemas causados por um jogo que necessita estar sempre online e porque não poderia ter sido feito de nenhuma outra maneira?

Não se preocupe, esse podcast não discute a fundo a história de Diablo 3 e, portanto, não possui spoilers!

Jogos Comentados

  • Diablo 3 (2012, Blizzard) – PC

Tá No Seu Turno!

Nossa discussão continua com você: comente abaixo ou envie seu e-mail pelo formulário de contato ou para contato@jogabilida.de. Concorda conosco? Discorda? Dissemos algo herético? Sua opinião e feedback são muito importantes! Os melhores, mais relevantes e/ou mais aleatórios e-mails serão lidos na próxima edição do DASH.

Links

Vote no Tema do DASH #30

Podcasts Relacionados:

Escute também!

Close
X