DASH

DASH #30: Jogabilidade Justificada

Promessas foram feitas, gravações foram marcadas, desencontros ocorreram. E é com muito custo, orgulho e sem a presença de um Reploid azul que o DASH Podcast finalmente completa suas três primeiras dezenas de edições!

Trazendo mais uma de suas discussões sobre os elementos que compõem um jogo, dessa vez André Campos e Ricardo Dias discutem sobre a magia que ocorre quando a jogabilidade e narrativa juntam seus poderes e tornam-se uma única entidade. Quais games fazem isso muito bem? É algo sempre necessário? E o que ocorre quando a jogabilidade contradiz a ficção?

A discussão vai desde jogos que incorporam suas interfaces no mundo, passa por títulos que cria mitologias inteiras ao redor de simples habilidades e vai até histórias que tecem comentários sobre o próprio significado de se jogar videogame!

E se o podcast parece um pouco mais curto que o normal, é porque ele excepcionalmente não tem leitura de e-mails.

Tá No Seu Turno!

Nossa discussão continua com você: comente abaixo ou envie seu e-mail pelo formulário de contato ou para contato@jogabilida.de. Concorda conosco? Discorda? Dissemos algo herético? Sua opinião e feedback são muito importantes! Os melhores, mais relevantes e/ou mais aleatórios e-mails serão lidos na próxima edição do DASH.

Links

Podcasts Relacionados:

Botão Voltar ao topo
X