Vértice #32: A Copa do Mundo (dos Jogos)

É o início da copa: os times entram em campo, a torcida explode em antecipação e até mesmo os comentaristas mal conseguem se conter quando a bola enfim começa a rolar.

Só que nesse caso, o estádio é o L.A. Convention Center, a torcida são os jogadores de todo o mundo, os comentaristas são André, Rick, Sushi e Márcio, os times são as grandes fabricantes de hardware e publishers e a copa, claro, é a E3 2014 que aconteceu dos dias 9 a 12 de junho. “E a bola?”, você pergunta. Bom, a bola… Não é da sua conta.

Por algum motivo, decidimos que também seria uma boa ideia falar do que temos jogado, e por conta das discussões sobre Murdered: Soul Suspect, Wildstar, Watch Dogs e Among the Sleep, esse acabou tornando-se um dos maiores Vértices até hoje.

Envie Sua Pergunta!

Tem alguma dúvida, questionamento ou tópico de discussão sobre games, a vida, o universo e métodos de ganhar dinheiro? Deixe-a nos comentários abaixo ou envie seu e-mail pelo formulário de contato ou para contato@jogabilida.de. Você pode também enviar sua pergunta pelo nosso Ask.fm! Não se esqueça de deixar seu feedback! Gostou? Detestou? Concorda conosco? Discorda? Dissemos algo herético? Sua opinião é muito importante!

Links:

  • Lucas2099

    I love Jogabilidade

  • Lucas2099 Jogabilidade love u! *__*

  • atosfm

    Praise the sushi. Concordo com o Márcio, acho desnecessário falar quem ganhou a E3 ou tentar quantificar isso, pelo menos não da forma como vocês e boa parte das outras pessoas estavam fazendo, sem um escopo bem definido para avaliar de uma forma mais coerente e justa. No mais o melhor podcast sobre a E3 desse ano da internet.

  • Super Safo

    sushi fanboy

  • sapulhahimself

    Ae, esse site tem patrocínio da Sony? Ponies.

  • atosfm Você acha que o ano tem um melhot jogo? Ou até mesmo lista seus jogos favoritos?

  • Super Safo Nunca fui!

  • maajin

    sapulhahimself Tem não.

    (Comentário powered by Playstation 4™, a diversão da família brasileira.)

  • Elber_Nogueira

    Agora só falta sair um Vértice com 8 horas de duração pra acompanhar o expediente <3

  • gasparnolasco

    Eu acho que a confereência que ganha a E3 é sempre aquela que anuncia um novo Zelda. #justsayan.

  • gasparnolasco

    maajin sapulhahimself PS4 sux!

    (Comentário patrocinado por Xbox One – the all in one entertainment system)

  • gasparnolasco

    Sushi0 atosfm Dark Souls 2

  • atosfm

    Sushi0 atosfm Até possuo sim uma lista de jogos favoritos, mas não em uma ordem específica. Tenho uma certa dificuldade em dizer qual eu gosto mais e não necessariamente se eu gosto mais de algo e porque é melhor. E não entendi a relação entre o que eu disse e o fato de eu achar um jogo o melhor do ano ou se possuo uma lista de favoritos, a não ser que tenha sido só por curiosidade mesmo.

  • pow não vi nada nessa E3/2014 da tão (mágica) Cloud da M$, alguém viu algum artigo sobre, como milagrosamente ela vai salvar o console ?

  • gasparnolasco maajin sapulhahimself 
    Sabem de (é nintendo ou) NADA, inocentes!

  • maajin

    atosfm Sushi0 Acho que a comparação se aplica porque qualificar as conferências é bem mais simples que escolher um jogo do ano, ou jogo favorito dentre tantos gêneros, com propostas tão diferentes e etc.

    Na minha opinião, as conferências são muito mais parecidas entre si, todas têm o mesmo objetivo e muito menos aspectos a serem considerados quando as qualificamos.

  • Super Safo

    maajin atosfm Sushi0 
     A discussão começou quando o sushi disse que a melhor para ele foi a do Playstation, e o marcio achou engraçado isso, obviamente o marcio riu porque o sushi usou de toda a sua subjetividade naquela escolha, talvez principalmente por ter passado la o trailer do bloodborne.
    Eu disse que o sushi era fanboy (de fato é) mas quem não é fanboy com alguma coisa né, quandos vocês falam que estão cagando e andando pra gran turismo meu coração enrijece e minha cabeça enxe de argumentos para mostrar como gran turismo é um excelente simulador etc etc etc
    Mas então, primeiro eu achei que as notas que vocês estavam dando era uma brincadeira, uma zuerinha de leve, mas na hora da escolha da melhor me pareceu sério demais depois das risadas.
    Eu não lembro direito, mas foi discutido bastante disso no podcast que vocês fizeram sobre os “reviews” e eu acho que se você vai escolher algum melhor você tem que olhar de forma mais fria e imparcial o possível, tentando esquecer tudo que você gosta,  e tentar ver o que a empresa fez objetivamente pra agradar os gamers em geral.
    Não existe uma formula para se escolher, mas isso não impede de se criar algumas regras, como número de jogos novos apresentados, como foi a apresentação, nível das piadas sei la.

  • gasparnolasco

    Super Safo
    Concordo. Eu curto o Playstation tanto quanto qualquer outro consumidor consciente que anda um pouquinho decepcionado com a Nintendo e assustado/irritado com a Microsoft. Mas acho que os participantes do Dash são ‘sonystas’ assumidos (em maioria). O que não é o fim do mundo. Só acho que, no caso eles deveriam se focar mais em assuntos na qual a parcialidade iria ajudar ao invés de assuntos no qual se espera que se julgue todos os elementos na mesma balança.

  • diegooli

    Vocês falando desse jogo do menino sozinho em casa com armadilhas, me lembrou da série 
    Kagero Deception.  Vídeo do jogo do Playstation 1: http://www.youtube.com/watch?v=S1hTUEB2BNE
    Já jogaram? A mecânica de armadilhas desse jogo é muuuuito divertida, faz tempo que espero algo parecido nessas novas gerações. Acho que se fizessem no estilo do “esqueceram de mim” que falaram ia ficar bem legal.

  • maajin

    gasparnolasco Super Safo  Me assusta muito o Super Safo menciona nosso podcast sobre reviews como base pra dizer que se deve ser “imparcial” ao analisar uma coisa dessas. Me faz pensar que a discussão daquele podcast foi em vão, pois é o completo oposto do que dissemos.

    E ter preferência por alguma empresa ou console é muito, muito diferente de ser “ista”. Não posso falar pelo Sushi, mas pra mim, se prefiro a Sony atualmente é porque ela fez por onde. Não foi sempre assim, e pode mudar muito rapidamente caso ela comece a me desagradar em suas decisões e no tratamento das franquias que eu gosto.

    Eu não tenho fidelidade nenhuma à Sony ou qualquer outra empresa, é um conceito absurdo pra mim. Eu simplesmente voto com meu (limitado) dinheiro em quem me agrada mais no momento.

    Sem falar que, não sei se chegou a escutar esse Vértice até o final, mas eu avaliei a conferência da Sony como a segunda pior deste ano.

  • notas nas conferências LOL

  • maajin

    rubenscd Qual o problema? Hahah (Ah, como eu amo essa discussão.)

  • Victorbrigido

    Esse aqui só não foi pior que o podcast lixo do Arena IG. 
    Foda é falar que a Sony ganhou a E3, eles simplesmente enterraram o Vita e vocês nem comentaram isso. Mas é isso, como sempre só escuto podcast de pessoas que não sabem ser críticas sem ser istas(sushi).

  • Rafael Ramiro

    Victorbrigido Se a Sony falasse dos jogos que saem ou vão sair pro Vita, A.K.A Visual Novels e jogos hentais, a situação dele só ficaria pior, vai por mim.

  • maajin

    Victorbrigido Mas esse não foi o consenso do podcast, foi a opinião do Sushi, que ele tem todo o direito de ter. Aliás, se você só quiser escutar as suas próprias opiniões, largue os podcasts e converse consigo mesmo na frente do espelho! =P

    P.S.: Eu realmente não senti falta do Vita, por mim que continuem a enterrá-lo.

  • Victorbrigido

    maajin Victorbrigido Por isso coloquei o nome do Sushi ali não o seu. O podcast em si não teve consenso algum, praticamente cada um achou uma coisa. E também gostaria de saber onde disse que eu quero ter minhas próprias opiniões para você me responder desse jeito, se fosse pra eu ter minha opiniões não ia acompanhar vocês desde o Nowloading. O que eu mais ouvi foi a sua própria opinião o tempo todo e não me senti incomodado com isso.

  • maajin

    Victorbrigido Bom, talvez tenham havido outros motivos, mas quando você diz que não gostou do podcast dando o argumento de que alguém teve uma opinião diferente da sua, é essa a impressão que passa. Desculpa de soei grosseiro, não foi a intenção, maldita falta de entonação da internet!

  • Victorbrigido

    maajin Victorbrigido Ta tranquilo, mas eu não disse que não gostei. Eu gostei sim, apesar de vc ser sonysta e o sushi ser fanboy lvl 99. =)

    Não gostei foi o do Arena, mas ai é outra história que não tem nada a ver com vocês. Não curto essa coisa de ganhar ou não ganhar a E3, mas compartilho da mesma opinião que a sua, a única empresa que conseguiu me dar vontade de comprar um console foi a Nintendo.

  • maajin rubenscd problema? vc que tá falando ;0)

  • maajin

    rubenscd  ( ͡° ͜ʖ ͡°)

  • rubenscd Ele abandonaram o termo e agora só falam “servidores dedicados” mesmo, confunde menos os consumidores.

  • dan_smith7

    Eu acho complicado dizer quem foi o vencedor desta E3, se for analisar friamente a Nintendo e a Microsoft foram melhores por focar o tempo todo em jogos, diria que a Nintendo ficou em primeiro por ter anunciado mais exclusivos que chamem a atenção do que a MS que ficaria em segundo, e a Sony em último por causa da parte que focou em TV jogando fora este tempo, porem se for para analisar por empresa que me vendeu o console pra mim quem venceu foi a Sony, mesmo ela tendo feito uma conferência pior os exclusivos que mais me deram vontade de jogar foram Uncharted 4 e Bloodborne por mais que tenham sido mostrados somente teasers deles as equipes responsáveis pelos jogos tem a minha confiança, no geral eu achei que foi uma boa E3, todas as empresas mostraram jogos interessantes e seja lá qual console a pessoa escolher aparentemente ela terá bons jogos para se divertir no futuro.

  • Eu realmente não entendo a ira das pessoas com a ideia de uma empresa ter “vencido a E3”. Bom, acho que entendo se o problema for com o termo usado, pois “vencer a E3” é meio merda mesmo, apesar dele só significar “conferência que mais gostei”. 
    Tudo o que fizemos foi dizer qual conferência mais gostamos e listarmos os motivos (bom, eu acho que não fiz um trabalho bom o suficiente) e o que há de errada nisso? Nós não estávamos falando nenhuma verdade absoluta, só falando do que gostamos ou não, assim como quando falamos de um jogo ou fazemos uma lista de “melhores do ano” (que é feita de jogos que gostamos).
    Dizer que é errado falar que tal empresa venceu é o mesmo que dizer que eu não posso falar qual foi minha conferência favorita. Vocês tem que parar de achar que as pessoas estão empurrando verdades quando na realidade elas só estão expondo uma opinião.

    Beijo. Amo todos vocês.
    Sushi

  • Juliano Da Silveira Rica

    essa questão de qual empresa venceu a E3 é nada mais que pessoal, a Microsoft apresentou 40 jogos, a Sony apresentou 42 e a Nintendo apresentou 12 jogos, porém no meu caso eu me interessei por um ou outro jogo da Microsoft ou Sony, agora no caso da NIntendo, eu me interessei por todos. Na E3 as empresas estão ali competindo para mostrar pq a sua plataforma é a definitiva para ser escolhida, e por enquanto para mim a NINTENDO tem mostrado melhores jogos. Vértice muito legal, mas vc não falaram sobre o jogo que a Nintendo apresentou Devil third, e eu não concordo com desanimo em relação ao novo Little big planet, pois a achei a ideia do co-op para quatro jogadores interagindo para superar as dificuldades do cenário bem legal.

  • Darius_Dan

    Eu queria só falar que vcs não merecem o sushi. Deviam amar o sushi como ele é, com seus defeitos e qualidades que o definem, mas ficam aí idealizando um sushi que não existe, e nunca vai ser o sushi real.

    Eu amo o sushi real. *fazendo coraçãozinho com a mão”

  • Super Safo

    maajin gasparnolasco 
    Vou ter que escutar o podcast de reviews novamente para argumentar melhor sobre isso.
    Eu talvez não consegui explicar totalmente o que eu queria dizer com o “imparcial”.
    mas enfim

  • Juliano Da Silveira Rica Exatamente, é totalmente pessoal a escolha de quem “venceu a E3”. 
    Sobre o Devil’s Third, a gente tava dando mais foco às conferências mesmo, por questão de tempo e, infelizmente, ele acabou ficando de fora do podcast, assim como muitos outros jogos.

  • Dudley_o_Boxista

    Foda a Sony simplesmente cagando pro Vita, que por sorte tá recebendo ainda bastante apoio dos indies e alguns thirdies. Isso foi uma das coisas que me desanimaram na conferência da Sony, além da parte sobre TV e serviços. Mas Bloodborne me valeu a E3.

  • maajin

    Darius_Dan TE AMO SUSHI, MESMO VOCÊ GOSTANDO DE CAT LADY

  • atosfm

    Sushi0 Acho que a galera não gostou muito da sua opinião, o que eu acho errado porque por mais tendenciosa que ela pode ter parecido não significa que você não teve seus bons motivos para acreditar nela.  Relaxa Sushi, fanboy ou não todos nós te amamos de coração S2.

  • atosfm

    maajin atosfm Sushi0 Concordo com você. Como disse no meu comentário meu problema maior é na forma que é feito, pois não existe um escopo bem definido para pautar o seu julgamento, o que contou mais foi a preferência pessoal daquilo que foi apresentado, por isso que eu não gosto quando as pessoas usam o termo “ganhou a E3”. Seria mais fácil se todo mundo só falasse “a conferência que eu mais gostei e ou achei melhor”, pois soa menos arrogante.

  • atosfm

    maajin Victorbrigido Vira essa boca para lá André e não rogue pragas ao meu vita aqui.

  • opagao

    Deixem-me endossar o argumento do Maajin sobre o Ori ser Zilhões de Anos Luz mais bonito que o Dust, mesmo o traço dos personagens sendo parecidos. Cacete, as cores do Dust me impediram de continuar a jogá-lo mesmo estando gostando muito da jogabilidade dele. O pior é que eu só percebi esse problema depois do André ter comentado isso num Vértice. Ele estragou o jogo pra mim, mas o que foi visto jamais será desvisto. Queria um mod de Dust que corrigisse esse problema das cores de DVD Bíblico dele.

  • jogante

    Adorei o podcast foi um dos dois podcasts sobre a E3 que gostei. Sobre a E3 em si não tenho muito a comentar também achei a da Nintendo a mais proveitosa já que ela foi pequena e logo em seguida tendo todos os dias do evento para mostrar seus jogos na TreeHouse. A única coisa que não gostei foi a atitude da Microsoft de tirar o Kinect do XONE e não dá uma explicação as pessoas que já o compraram o console.

    P.S. Sushi qual o nome da música do final?

  • _vdomiciano

    Sobre o Dead Island 2 vocês não ligaram muito – devido ao histórico do primeiro -só que a produtora do game ao invés da Techland (que vazou pra fazer o Dying Light) é a Yager (do elogiado por vocês mesmo do Spec Ops).

    Acho que vai sair coisa boa daí – pode não ser igual ao Spec Ops por ser um blockbuster, mas com certeza será melhor que o primeiro.

  • jogante É a Nuclear do Mike Oldfield, que é a música que toca no último trailer do Metal Gear Solid 5. 
    https://www.youtube.com/watch?v=zasIogAV-tY

  • gustablone

    Alguém, por favor, se indigne por não ter aparecido o Rime na E3. Só eu liguei pra saporra?

  • cdlinkr

    Quando o Rick falou que o chat está chorando leite, ele me descreveu. Eu sou um Nintendista que sente essa magia a cada jogo =)
    É bizarro eu ter ficado orgulhoso de ter ouvido vocês falarem bem da nintendo, finalmente =P
    Se nada der errado, finalmente comprarei meu WiiU depois de tê-lo namorado durante dois anos.

  • joaodobbin

    Vocês são um suspiro de competência em uma podosfera brasileira tão pobre. Mereciam mais destaque. E poderiam fazer algo na línha do Quick Look do Giant Bomb no YT.

  • Eduardo Antunes

    Bom ver que a MS está se atendo mais aos jogos dessa vez. Não aguentaria um repeteco do ano passado, com aquele negócio de Live Party.
    Quanto ao Watch Dogs. Eu gostei de ver que vocês estão vacinados contra esse tipo de comentário superlativo de developers (só ver a piada que fizeram com a NUUUUVEM depois). Quem não lembra da AI REVOLUCIONÁÁÁRIA do cachorro no CoD: Ghosts, ou dos “Momentos Battlefield” do novo Battlefield 4? Quando eu ouço qualquer coisa do gênero em um jogo novo, eu já descarto. Talvez eu já tenha me queimado com o Peter Molyneux antes que vocês. Voltando ao jogo, eu concordo em quase tudo que o Márcio disse, mas principalmente a história. O que esse jogo me passou foi a idéia de que umas 1000 pessoas mexeram nele, e alguém foi lá e só juntou os pedaços, como um quebra cabeça. Não tem motivo de um jogo de 2014 ter aquele tipo de física de derrubar postes e cercas. Alguém que fez aquilo só podia estar de brincadeira. Não sei se eles achavam que ia ser engraçado, mas nem isso foi. Depois de terminar o jogo (ele tem poucas missões), só digo que ele é um GTA genericão com um gimmick de hacking por QTEs. Me lembrou um jogo antigo de PS2, chamado Roadkill.
    Sobre os joguinhos de hacking, eu concordo com alguns do podcast, o do Deus EX é o ideal. Não é tão complicado para te fazer arrancar os cabelos, e não é tão burro para te dar um tapa na cara. Gostei também que as tentativas são finitas.

    Nas conferências, eu também acho que a Nintendo se saiu melhor, por se ater principalmente aos jogos, embora ter sido gravado também tenha ajudado muito. A EA, como sempre, foi a pior. Eles usando memes a torto e a direito e tentando ser engraçados… para depois vir aquela torrente de SPORTS SPORTS SPORTS SPORTS.

    Hm… o comentário do Sushi sobre a Palutena. Não sei se você já jogou os Kid Icarus mais novos, mas a sua reação só mostra que a Palutena teve sucesso em te irritar. Explico: ela é uma deusa porra-louca que adora fazer esse tipo de coisa, além de alguns insultos genéricos, só para irritar os outros personagens. Se você não gostou da apresentação dela, então ela conseguiu. Aliás, o estúdio que animou essa parte foi o SHAFT, de Bakemonogatari (e vários outros Gatari), estúdio conhecido pelo fanservice. Até estranharam ela não ter dado aquela virada de cabeça para trás, que é a marca registrada desse estúdio (procurem “SHAFT head tilt” no google). Sobre Smash ser mais apelativo… faz um tempo que a Nintendo não está mais naquela onda “infantil”. No último Kid Icarus tem uma parte inteira da Palutena irritando o Kid enquanto toma banho de banheira. Tem o povo do Fire Emblem também.
    E tomara que depois desse DLC do Dead Rising e da inclusão do Megaman no Smash Bros., veja a merda que anda fazendo com suas franquias.

  • Hi Bard 009

    diegooli bom jogo! Joguei muito! Prefiro esse 2 do que o 3 e o Trapt de Ps2

  • Hi Bard 009

    rubenscd A MS, na minha opinião, quer salvar o console com o que ele faz na Live tentando ser uma Steam da vida. Hoje em dia se você tem Xbox, é muito mais vantagem pagar pra ser gold, pra ter descontos e ainda ganhar jogos grátis. Coisa que a Sony já fazia há muito tempo. No mais eles estão é copiando os passos da Sony.
    E o triste é que o Xbox 360 tem muita coisa que faz ele ser melhor do que o One, desde preço até em qualidade de serviços da Live.

  • Hi Bard 009

    Super Safo maajin atosfm Sushi0 O problema é que tem muita gente que diz acompanhar os caras desde o Nowloading e na hora que eles falam as opiniões deles os acras se incomodam achando que é absoluto.
    Eu como um dos ouvintes mais antigos, sei que eles expõem mesmo é a opinião deles sem querer fazer a cabeça de ninguém.
    Eles sempre explicam aqui no cast que é só a opinião deles. Se fosse pra levar tudo pro serious business eu ia ficar muito puto por muitos comentários, principalmente do André, que parece não gostar de nada. Parece o cara que curte só 10 jogos na vida. Claro que ele não é assim, mas tem muitas vezes que o nível de interesse dele é o de um velho ranzinza. Ou pelo menos ele faz parecer isso. E por isso concordo com o comentário de que a adição do Marcio foi muito boa, porque a gente tem uma perspectiva diferente.

  • Dinopron

    Terminei de ouvir o podcast! coitado do sushi tendo que editar esse áudio gigantesco. E quem venceu a E3 foi a Aysha Tyler aquela linda, que carisma! que mulherão! <3

  • Zehvivarelli

    Noticia: Agora o P$4 rodará todos os jogo de atari e não da atual geração.
    Sushi: “Olha eu achei bacana essa decisão da Sony, porque isso mostra o quanto eles estão se importando com os desenvolvedores indie da Malasia que fazem jogos de atari até hoje,  eu fiquei muito animado para jogar River Raid X no ps4, que o personagem principal é um piloto cego e terá uma mecanica nova de apenas mover para os lados com um botão”

    Obs: Por falta de um comprei 2 p$4 pq um veio quebrado e tenho Ps Vita e Ps3 … Mas Sushi vc é muito fanboy kkkkkkkkkk

    Mas não é por isso que não é um podcast bacana.

  • GuilhermeBonatti

    Murdered: Soul Suspect era um jogo que eu aguardava bastante até, por curtir o tema…. fiquei triste em só ver gente metendo o pau, mas continuei afim de jogar. Fiquei feliz com a analise do André, me deu mais vontade ainda de jogar.
    Lado positivo do jogo não ter chamado tanta atenção é que em breve já vão rolar boas promoções do mesmo, com certeza vou acabar comprando!

  • maajin

    lucasvilanovag Sou realmente ignorante sobre MMA, especialmente porque tudo que já vi sobre o esporte só fez me dar vergonha alheia. E realmente não lembro minhas palavras, mas no momento, meu pensamento sobre isso é: “É errado porque ninguém realmente pode perguntar pro Bruce Lee o que ele acha do MMA como é feito hoje.” Tudo que podemos fazer é especular sobre a opinião que ele teria.

    De qualquer forma, muito obrigado pelos comentários, muita informação interessante que eu desconhecia, certamente serei um pouquinho menos ignorante se for discutir este assunto uma outra vez! =)

  • maajin

    lucasvilanovag maajin Discordo com veemência de que essa seja a maior ignorância de uma pessoa, mas agradeço a crítica! Ficarei mais atento a isso no futuro!

  • André Bonifácio

    Eu achei esse programa espetacular… O tempo maior só fez ficar ainda melhor. Parabéns!

  • Ghost

    E o Wildstar, hein? Só contar o tempo desde que este programa foi lançado até agora, e ninguém mais fala dele…

  • Roger Waters

    Bloodborne: Minha expectativa chegou a um nível

    tão absurdo que quando jogar vou achar uma merda.