was successfully added to your cart.

DASH #50: The Wolf Among Us

Compre seu glamour, abasteça o estoque de Huff n’ Puffs, amarre bem esse laço no pescoço e embarque conosco para o quinquagésimo DASH Podcast, com destino a Fabletown!

Nossos personagens de contos dos Irmãos Grimm, André Campos, Slash Rick, Eduardo Sushi e Márcio Barrios escolhem a tempo a opção de discutir a recém finalizada série episódica da Telltale Games, baseada nos quadrinhos de Bill Willingham sobre um detetive lupino que só queria amar e ser amado e, para isso, recebem a ajuda da maior especialista do Brasil leitora de Fables, Pamela Moura!

Seguindo o rastro flamejante deixado pela primeira temporada de The Walking Dead, será que The Wolf Among Us consegue se mostrar à altura de tamanha responsabilidade? Como o sucesso do Jogo do Ano de 2012 influenciou a direção e o design dele?

Como ele se encaixa dentro do interessante universo dos quadrinhos? É possível encaixar uma trama de mistério e investigação nesse molde de adventure? Quais as regras de ouro que guiam nossas escolhas nesse mundo moralmente cinza? O quão difícil é a vida amorosa de Bigby Wolf? Quem queimou a árvore da Tia do Chá Verde?

Ouça já, mas cuidado: os spoilers estão entre nós!

Tá No Seu Turno!

Nossa discussão continua com você: comente abaixo ou envie seu e-mail pelo formulário de contato ou para contato@jogabilida.de. Concorda conosco? Discorda? Dissemos algo herético? Sua opinião e feedback são muito importantes! Os melhores, mais relevantes e/ou mais aleatórios e-mails serão lidos na próxima edição do DASH.

Caixa Postal

Se você também acha que se comunicar somente através e-mails ou comentários conosco nos traz mais e mais próximos das máquinas que um dia nos dominarão, você pode também enviar suas cartinhas, desenhos, presentes e qualquer outra coisa (inofensiva e não explosiva) que quiser para:

Jogabilidade
Caixa Postal 24553
CEP: 03365-970 / São Paulo – SP

Links

  • Alexandre Gueths

    Gostei do tema, a intro já não curti tanto, apesar que a antiga a gente perdia um pouquinho da conversa inicial. Não sei tbm se a intro é especial para o episódio…
    Enfim, estou ouvindo, amanhã comento o que achei.
    Conheci o The Wolf Among Us pela stream que o Márcio fez, depois disso corri atrás do game e ele me deu muita vontade de jogar jogos nesse estilo.
    Estava esperando esse cast

  • victorbass

    Tem spoilers desde o começo? Pretendo jogar ele logo.

  • maajin

    Alexandre Gueths Na intro antiga vocês não perdiam nada não, a gente “fingia” que tava no meio de uma conversa! Essa nova é permanente, a menos que a resposta seja massivamente negativa! xD

  • maajin

    victorbass Sim, spoilers liberados!

  • victorbass

    maajin victorbass Beleza, apesar da abstinência de Dash, vou guardar esse pra depois.

  • victorbass

    Ouvi só a introdução pra ver a mudança, confesso que ri mas achei que combina mais com um Vértice que sempre tem um clima mais descontraído. Gostava bastante do jeito que o Dash iniciava sempre como uma conversa que acabou sendo guiada pro assunto do podcast.

  • Poisony

    Ainda não joguei, então vou guardar esse. Mas fui ver o comecinho pra ver o que mudou e, weeee, introdução com frasezinhas!

  • madrugatina

    Eu vou escutar com spoilers mesmo e daqui a 3 meses minha memoria vai apagar todos eles, obrigado cerebro esse defeito as vezes tem utilidade 😀

  • JPezziX

    Hahahaha gostei da intro mas to meio dividido
    A intro antiga remetia ao DASH de Portal 2 que ainda é o meu favorito

  • maajin

    JPezziX Você pode sempre reescutá-lo! =p

  • Jeronimous_

    A intro está legal, só que um pouco grande demais, talvez?
    Tavez podiam começar direto no: “Apresentando…” ia ficar melhor IMO.
    Talvez o áudio de fundo ficou um pouquinho alto, no começo? Talvez não ficou alto, mas por causa da música em si, que deixou um pouco distrativo?

    Btw, primeiro Dash com o Márcio? Bem vindo, oficialmente, cara! o/

    Comento de novo quando terminar de ouvir =D

  • AlanAlmeidadeAndrade

    Vou falar, finalmente vocês usaram uma musica do miracle of sound haha

  • maajin

    Jeronimous_ O bom é que como o que tá antes do “Apresentando…” vai sempre ter uma duração fixa, você vai sempre saber quantos segundos pular! o/

  • Jeronimous_

    maajin hahaha Boa!

  • WagnerTerradaRocha

    Ótimo episódio, parabéns caras!
    Eu tinha uma concepção diferente de vocês sobre o final, na verdade a mulher com quem você conversa no final era a Nerrisa, e não a Faith, na verdade teorizei que a Nerissa aparece glamourizada como Faith no começo do epi 1. Mas ouvindo o cast e relembrando as falas do swineheart sobre fazer mais testes no corpo, conclui que era a Faith mesmo no final.
    Abraços

  • pandapedinte

    Finalmente episódio novo do Dash!

  • atosfm

    Obrigado senhor que nenhum dos membros do Jogabilidade é policial ou detetive. Seja porque três quartos dos participantes são detetives incompetentes, ou o fato de todos serem muito vingativos, ou o fato de serem movidos muita das vezes apenas pela “chave de coração” da Ms White, ou o fato do André ser um degenerado consumido pelo ódio das pessoas que “fazem merda”.
    Com relação ao jogo, achei interessante essa forma de vocês jogarem definindo uma linha de pensamento para o personagem e manter-se fiel a ela até o fim. Não havia pegado esse twist que vocês comentam no final do cast que acabou me fazendo gostar um pouco mais do jogo. Concordo com o sushi no ponto que o jogo meio que vai ficando pior com o tempo em alguns aspectos. No mais abraços e continuem com o bom trabalho.

  • atosfm Lembrando que detetives particulares podem deixar se levar pela emoção. Sempre termina em merda, principalmente se tiver mulher no meio, mas eles podem. xD

  • Jeronimous_

    Acabei de ouvir e… Dash ANIMAL =D Parabéns, caras! Digno de um número especial, como o 50! o/
    Fui escutando e fazendo anotações, mas não estão necessariamente em ordem:

    André fazendo a referência a Deuses Americanos <3 <3 <3
    A Pam falou que não tinha indicação de quem era o Blue Beard antes daquele momento em que você pode indica-lo como um possível suspeito. Na verdade tem; na primeira vez que você entra no apartamento do Bigby, tem uns arquivos/documentos sobre o Blue Beard em cima de uma mesa e se você interagir com eles, o jogo cria uma entrada sobre ele naquele menu que descreve cada fábula. E o jogo te avisa sobre isso, com uma mensagem no canto da tela (“Blue Beard entry added to Fables” ou algo assim). E essa entrada dá vários detalhes sobre o personagem, deixando claro que ele tem um histórico em decapitar mulheres jovens.

    Na luta contra o Fera eu tentei não dar nem um soco nele e ele me matou. Quando tive que furar os olhos dele, fiquei me sentindo mal =x

    “Se você fez merda você se fodeu!” Campos, André.
    Concordo 101% hahahahahaha Não tem que ter paciência com fdp!

    Concordo que a espera por episódios e a discussão sobre os eventos e especulações, antes de todos os episódios já terem sido lançados, agrega valor (yeah) a experiência e, na minha opinião, é mais legal do que jogar tudo de uma vez, sem ter tempo pra absorver ou especular sobre os eventos do episódio que você acabou de jogar.

    Also, essa Branca de Neve é uma bitch! Desde o começo do segundo episódio eu já tava desencanando dela. Porra, eu mó preocupado/puto pensando que ela tava morta e ela nem aí… O Bigbão merece coisa muito melhor!

    Naquela pesquisa que fizeram recentemente eu votei pra não mudar o formado da leitura de e-mails, mas tenho que admitir, eu curti MAIS do jeito que está agora =)
    Esse momento Jeff/Vinny no final ♥ ♥ ♥ ♥
    De novo, PARABÉNS pelo Dash! Com certeza um dos meus favoritos; top 3! =D
    Abraços!

    ps: Imaginando o André com uma fantasia sensual de coruja.

  • Zabuzeta

    OMG Finalmente!

  • VitorAffonso

    AWEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEE
    É TETRAAAAAAAAAAAAAAAAA, É TETRAAAAAAAAAAA.

  • NacibVeio

    AEEEEEE
    Não joguei ainda mas, que venham os spoilers! XD

  • iskaminien

    Tô tão na seca pra ouvir um novo dash, e tão curioso para conhecer o novo formato que não me importo de nunca ter jogado WAU.

  • ItalloAlexsander

    Essa intro tá estranha… mas ei, mudanças são assim mesmo. Achei a discussão muito boa e percebi que meu Bigby era um bobão que só queria ser aceito naquele esboço de civilização que é Fabletown. Eu curti também como usando o tema de “história de faz-de-conta” o TWAU tratou de assuntos tão reais como corrupção, prostituição, assassinato e várias outras questões morais muito interessantes, algo que é herdado da hq, mas desenvolvido de forma singular no jogo, já que é “você” que tá no meio de tudo aquilo e não apenas como um espectador. Um review que fala resumo muito bem meus sentimentos sobre o jogo(mesmo eu preferindo jogar cada episódio no seu lançamento) é esse video do SuperBunnyHop: https://www.youtube.com/watch?v=dEXqClu7jqs&list=UUWqr2tH3dPshNhPjV5h1xRw

  • MangaAnimeBrasil

    Podcast foda como sempre e bla bla bla. O que eu quero comentar de verdade é.  Contratem essa Pamela! Se o podcast precisa de uma voz feminina, acho que seria perfeito, ela fala bem, não corta ninguém, e não tem uma voz enjuativa, além do mais, deu informações muito úteis. Fiquei até impressionado  que falaram no final que ela nunca havia participado de nenhum podcast.

  • MrSchrodinger

    Meu post vai ter spoiler de Wolf Among Us. Quer dizer, não sei o
    porquê de você estar lendo isso se não jogou o jogo, mas achei legal
    avisar os amiguinhos

    Enfim, foi um ótimo cast e a presença da Pamela foi muito legal

    Queria compartilhar aqui uma decisão e uma interpretação do final que eu tive

    Primeiramente,
    no ultimo episódio eu escolhi jogar o Homem Croquete no Poço porque
    esse foi o julgamento que eu dei pra ele e mesmo ele tentando me
    manipular em deixar ele viver, eu decidi seguir a punição que eu havia
    determinado anteriormente e não ser mais um pião nas palavras dele.

    E
    quanto ao final, eu interpretei que o tempo todo era a Nerissa e não a
    Faith. Com quem você conversa no primeiro episódio na casa do Lenhador
    era a Nerissa e ela que coloca a cabeça da Faith morta na frente do
    prédio, não havia nem passado pela minha cabeça a interpretação que
    vocês tiveram até eu ouvir o cast. Continuo acreditando que foi como eu
    achei quando joguei, mas foi interessante ver esse outro ponto de vista.

    No
    geral, gostei bastante de Wolf Among Us e recomendo pra todo mundo, mas
    ainda acho ele inferior as duas temporadas de The Walking Dead, mesmo
    não sendo um grande fã de zumbis e sem nunca ter lido nenhuma das duas
    HQs. Ainda espero por um cast sobre a primeira temporada de TWD, já que
    vivo repetindo aqui que é um dos meus jogos favoritos de todos os
    tempos.

    Por mais que eu ache o universo de TWAU mais interessante e
    o jogo muito mais bonito que os dois “irmãos”, eu ainda prefiro o tipo
    de história mais dramática e os personagens de Walking Dead

    Gostei da mudança da leitura de emails pro final e espero que não demore para o próximo Dash e o retorno do JACK

    PS: Sou do time que você tem que jogar episódio por episódio assim que
    eles saem porque acho que a espera ajuda a criar um vinculo entre o
    jogador e os personagens. No lugar de você ter passado algumas horas
    conhecendo aqueles personagens, você passa meses com as histórias e a
    vida deles na sua cabeça

  • atosfm

    madrugatina Fiz isso com o podcast de Persona 4. Vai por mim que funciona mesmo.

  • Dinopron

    madrugatina Êêêêêba! então eu não sou o único que usa essa técnica! Isso é um eficiente mecanismo de autodefesa do cérebro contra spoilers.

  • Benji382

    Terminei Wolf Amoung Us essa semana, e que legal que foi o tema dessa semana xD
    O jogo é bem legal, eu gosto de qualquer jogo que me de liberdade de interação com os outros personagens, e apesar dele dar uma certa liberdade, o jogo meio que segue uma história linear, isso pode incomodar bastante, aqueles gamers que gostam de zerar várias e várias vezes, para estes acho que o jogo pode não agradar tanto, mas eu achei bacana. Mas que seria infinitamente mais interessante, as suas escolhas afetarem gravemente a história, como Heavy Rain, sem dúvida seria.

  • Dinopron

    Interessante vocês falarem sobre definir um objetivo e o seguir a risca, esse foi o primeiro jogo que eu me comprometi a jogar como um cara mau, pois sempre que um jogo oferece esse tipo de opção o meu personagem é um cara bonzinho que sempre ajuda quem precisa , é amigo de todos e tenta ao máximo resolver tudo de forma pacífica (Mass Effect, Persona 4, Skyrim, GTA V – é sério).

    O meu Bigby já havia desistido de lutar contra seus instintos, seria grosso e usaria a violência em todas as situações possíveis. Foi muito legal. Nesse jogo eu realmente me senti poderoso, um cara que conseguiria enfrentar  tudo e a todos utilizando a força bruta e aguentaria qualquer parada, tenho certeza que essa não era a proposta do personagem mas eu me diverti muito arrancado o braço do Grendel, torturando um dos irmãos gordinhos, esmagando a garganta do Crooked Man, deixado George pra morrer com as entranhas expostas (após ter quebrado o clube dele e o agredir em todas as situações possíveis – nossa esse cara sofreu demais na minha mão), irritando a Snow White constantemente, sendo babaca com o cara de muletas e tudo mais. Acho que a única coisa relativamente boa que fiz foi não queimar a árvore da tia da folha, especificamente para contrariar a Snow White.

    Agora quando eu jogar outro game com sistema de karma eu é que vou ter que me controlar para não ser violento e esquecer o meu passado e as crueldades que eu cometi em Wolf Among Us, que pra mim foi uma experiencia libertadora 🙂

    PS: Sobre a introdução do cast eu adorei (principalmente a referência ao Zero Wing 🙂 mas como alguém comentou acho que ficaria melhor no Vértice, pra mim o Dash é um podcast sério, onde assuntos sérios são discutidos de forma séria por pessoas sérias e não há espaço para galhofada, que por outro lado é a matéria prima do Vértice. A não ser que vocês estejam pensando em deixar o Vértice mais descontraído, fálico e gostoso, aí sim eu concordo e assino em baixo.

  • Benji382

    Me envolvi emocionalmente muito mais com o The Walking Dead, que com o The Wolf Amoung Us. A Telltale tem que expandir, e melhorar a engine dos jogos dela, o roteiro é muito bom, pena que é muito robotico a movimentação dos personagens. Tirando que eles deveriam habilitar legendas em português logo, um jogo que em sua grande maioria é dialogo, não ter tradução é sacanagem!

  • Lucas2099

    Lá vou eu tomar spoilers…

  • rpsouza

    Droga agora tenho que rushar o The Wolf Amoung Us pra ouvir o cast

  • KandongaS

    André e equipe, estou ouvindo o cast aqui e esta fodão! Ficou muito bom mesmo, desde a edição até a abordagem do tema, continuem assim

  • ovmateusix

    André estava doentinho? haha

    Então, eu não joguei tudo ainda, mas neste final de semana eu quero acabar de vez e voltarei para comentar.

  • pandapedinte

    Ótimo episódio! Particularmente eu gostei muito das mudanças nesse episódio e a participação da Pammoura foi incrível.

  • maajin

    ovmateusix Doentíssimo!

  • Alexandre Gueths

    maajin entendi =D
    Na moral eu gostei da intro sim, era só que eu estava acostumado com a antiga =)

    Sobre The Wolf Among Us, eu gostei muito da imersão do jogo.
    Eu vi ele muito mais como uma história interativa, e achei MUITO BOM “ver” essa história do jeito que ela foi contada.

    O final me surpreendeu bastante, eu fiquei: “COMO ASSIM?!?!”
    Enfim, cast excelente, vocês estão na minha lista de top podcasts e, com crtz, são o top podcast de games.
    Parabéns!

  • gus

    Adorei o cast: excelente tema. Fables é uma das séries da vertigo recentes que mais gosto e  the wolf among us fez justiça ao material original. Aproveitando o ensejo, engrosso o coro de pessoas que começaram a jogar dark souls por causa de vocês. Terminei o segundo ontem. Abraço forte para os dashers

  • inominavel

    Não sei porque as pessoas estão reclamando da nova abertura, caraca, ADOREI ela !!! e claro um excelente conteúdo no programa também ! achei uma evolução e espero que continuem com essa nova abertura!!!

  • Zabuzeta

    Gostei da arte da capa desse Dash, prevejo novo layout em breve aqui no Jogabilidade! 😀
    Sobre o podcast, foi muito bom falar sobre esse jogo LYMDO, pq vc foi de longe o meu preferido da Telltale, seguido de BTTF e TWD (nessa ordem). O bom do lance da Telltale fazer algo mais simplificado é que atraiu até quem não curtia mt o gênero, como foi o meu caso. Apesar disso, eu curti muito quando vocês fizeram os podcasts de Lucas Arts e Monkey Island no NowLoading (Recomendo).
    Sobre o The Wolf Among Us, eu fui mais uma das pessoas que chegaram nesse universo sem nada de conhecimento, e digo que isso foi ótimo pois a imersão foi efetiva, e isso consolidou em querer saber mais do mundo e dos personagens. Entretanto, eu não tinha pescado 100% do enredo por conta da minha “deficiência” para com o Idioma, e também eu não quis ficar esperando sair Traduções e afins, e foi por isso que eu perdi alguns detalhes da história e passei despercebido com algumas citações do universo de The Fables. E graças a esse episódio muito detalhes e questionamentos foram revelados/respondidos, e com a participação da Pamela somou mais informações sobre esse universo fantástico.

    Abraços!

  • ALisson001_

    Bom episodio, gostei de colocarem a leitura de emails no final, mas a abertura ficou meio longa e estranha.

  • JeffersonTadeu

    Eu adorei o cast! Espero que façam também do The Walking Dead Season 2 que já está quase acabando. Abraços

  • Dash novo aeee! Eu tenho o jogo no steam só não tive tempo de jogar ainda, assim que eu terminar o jogo volto pra comentar de novo.

  • Alexis Gonzalez

    inominavel Puxa saco… Vai gravar o ZBCast.

  • dan_smith7

    Sobre as mudanças no cast eu preferia a intro antiga mas a atual esta legal tambem, a leitura de e-mail ter ido para o final eu gostei bastante acho este formato melhor por não ter um corte entre a abertura e o assunto, eu sempre ouço a leitura de e-mails de qualquer jeito mas assim fica melhor na minha opinião, gostei da participação da Pamela Moura espero que a convidem novamente se houver algum tema adequado.

    Agora sobre o cast em si eu nao joguei The Wolf Among Us por nao ter gostado tanto assim da primeira temporada de TWD e ter ouvidolido que TWAU não era tão legal quanto TWD o que derrubou de vez minha vontade já baixa de joga-lo, mas o que eu ouvi no cast sobre o universo do jogo e o jogo em si me interessou, vou esperar alguns meses para esquecer do que eu ouvi referente a historia e darei uma chance para ele.

    Uma curiosidade inútil referente a palavra Glamour, eu estou lendo o livro A Coisa do Stephen King e o monstro do livro assume varias formas de acordo com o medo de cada pessoa, na parte que estou agora um dos personagens pesquisa sobre o monstro para tentar encontrar uma forma de mata-lo e ele chama este tipo de monstro de Glamour, isso chamou a minha atenção pois na hora lembrei q a palavra tambem foi usado no TWAU, o que me levou a fazer uma rápida pesquisa sobre a origem da palavra, ela tem origem escocesa e era usada para nomear um tipo de encantamento que distorcia a visão da pessoa afetada fazendo ela ver algo diferente da realidade, exatamente o que acontece em A Coisa e The Wolf Among Us.

  • marciosbarrios

    dan_smith7 caracas que incrível… não lembrava disso no livro “A Coisa”, ótimo comentário Dan

  • gasparnolasco_

    Eu acho que o cast já estava bom antes, as mudanças não pioraram porém — ainda está ótimo!
    A convidada foi super carismática! Gostaria de ouvir mais dela — É uma pena que não tem muito mais jogos com temática ‘comic book cabeça’ pra encaixar ela em futuros casts. Talvès quando vocês finalmente decicdirem regravar o do Walking Dead… fica a dica.

    E salivando por qualquer notícia referente ao jogo do Game of Thrones. Uma franquia que certamente merece ter pelo menous UM jogo bom.

  • maajin Alexandre Gueths Maldito, acabou com a ilusão 🙁

    Mas eu curti bagarai a intro nova! Acho que vocês brilham quando não se levam a sério, porque na parte de comentar a fundo os assuntos abordados, todo mundo já sabe que vocês são os melhores da “podosfera gueimer BR”

  • dan_smith7

    marciosbarrios dan_smith7 eu terminei de ler o livro ontem e tipo a palavra é citada só duas vezes no livro uma quando o Bill pesquisa sobre a coisa e como matar ela e outra quando explica o que aconteceu para deixar uma personagem  em estado catatônico perto do fim do livro, levando em conta que o livro tem mais de mil paginas é dificil mesmo de lembrar , eu nem teria prestado atenção se não fosse por ter escutado o Dash recentemente, por sinal nem comentei sobre tua estreia como membro fixo no Dash, mas tua participação foi ótima, acho que você encaixou muito bem na equipe.

    • Márcio Barrios

      brigadão Dan o/

  • SuperBRB

    acho que fui o unico a matar o Crooked Man lol

  • Jonas S. Marques

    Então caras, só uma duvida. Qual é a música que vocês usaram na abertura nova? Ficou incrível 🙂

  • Sr Agliardi

    Parabéns. Melhor trabalho de vocês disparado de todos que acompanhei.
    Excelente ritmo, informativo, agregador.
    Façam isso mais vezes e convidem essa senhorita mais vezes, participação que deu um brilho. Excelente trabalho.