“Alô? Aqui é do Jogabilidade e temos um novo “podcast” pra você escutar…”

Surgindo feroz como o soco de um tigre, o mais novo DASH traz a trupe de malfeitores mascarados composta por André Campos (Ornitorrinco), Ricardo Dias (Corgi), Eduardo Fonseca (Salmão) e Caio Corraini (Lince) que invadirão os escritórios da Dennaton Games e não haverá sangue dentro de veia enquanto não conseguirem descobrir tudo sobre as origens, inspirações, mecânicas, intenções, ambições narrativas e tudo que é tipo de minúcia sobre a série Hotline Miami.

Do protótipo ao jogo original, de sua explosiva sequência à fantástica trilha sonora, tente encontrar conosco o propósito da história, as polêmicas, o desdém… e o papel do Eddie Murphy nisso tudo.

“…mas cuidado: está repleto de spoilers sobre Hotline Miami e Hotline Miami 2: Wrong Number. Tchau!”

Tá No Seu Turno!

Nossa discussão continua com você: comente abaixo ou envie seu e-mail pelo formulário de contato ou para contato@jogabilida.de. Concorda conosco? Discorda? Dissemos algo herético? Sua opinião e feedback são muito importantes! Os melhores, mais relevantes e/ou mais aleatórios e-mails serão lidos na próxima edição do DASH.

Links

  • Caio Augusto

    Nunca tive um sonho tão lucido.

  • Gus Mendonça

    o que é dash?

    • André Campos

      Dash:

    • Sushi0

      É o nome mais irônico possível para um podcast com essa frequência, foi tudo planejado desde o primeiro episódio.

  • Nacib Véio

    Meua migo, conte-me sobre uma longa espera.
    Vou até afrouxar as calças aqui. 😡

  • @MarcusMaia_

    Meu pai contava que existia um podcast com um quadro chamado Dash, vamos ver se é bom?!

  • Itallo Alexsander da Fonseca

    A lenda retorna

  • João Dobbin

    Voltaram com a intro antiga!!! Ae carai!!

  • NUM CREDITU

  • Isso é vida real?

    • Dariek

      Isso é só fantasia?

      • Soterrado num deslizamento

        • gdsgsdgsd

          Sem escapatória da realidade

          • Abra seus olhos

          • Sushi0

            Olhe para os céus e veja

          • Eu sou apenas um pobre menino

          • Lucas Millan

            preciso de simpatia não

          • Porque quando vem fácil, vai fácil.
            Altinho, baixinho.

          • Lucas Millan

            O vento sopra do mesmo jeito, tô nem aí

          • Rafael Schebuk

            Mamãe, acabei de matar um homem

          • Grillo

            Pus uma arma em sua boca, puxei o gatilho e ele foi dessa pra outra.

          • Mãinha, nasci ontem.

          • Grillo

            Mas agora fui e esmerdalhei tudo.

          • MAMÃÃÃÃEEEE UUU-UUUUU-UUU-UUUUU

          • Rafael Schebuk

            Não quis fazer você chorar

          • Sushi0

            Se eu não estiver de volta a esta hora amanhã

          • André Campos

          • Lucas Millan

            Pois nada importa
            (pianinho)

          • Miguel Peters

            Tarde demais, minha hora chegou…

          • Lucas Millan

            deu um friozinho na espinha,
            to com o corpo todo fodido

          • Doansel

            Adeus pessoal, eu tenho que ir

          • Thiago Nunes

            Deixá cêis tudo e se ligá na real.

          • Rafael Schebuk

            Mamãe, oh, eu não quero morrer

          • Grillo

            As vezes queria que a camisinha não tivesse estouraaaaado

          • to vendo a silhuetinha de um cara

          • Grillo

            Esse cara é murcho, esse cara é murcho, tu vai trazer o Fandangos?

          • Lucas Millan

            RAIOS E TROVÕES! me assustam pra caralho, Tio Vitor

          • Grillo

            Gali leu? Gali leu.
            Gali leu? Ga li leu.
            Gali leu o figaro!

          • Rafael Schebuk

            MAGNIFICOOOOOOOOO

          • Lucas Millan

            Eu só sou um pobre moleque, ninguém me ama ninguém me quer

          • Ele é um moleque de merda de uma familia de merda.

          • Paolo Pestalozzi Cezar

            Poupem a vida desse monstrinho de bolso (?)

      • se essa hora eu não tiver de volta amanhã

  • Jonathan Menegalli

    podcasts de hotline miami sempre tem uma trilha sonora bem legal.

  • DarkMiles

    Eu ainda não to acreditando, posso acordar a qualquer hora.

  • Dudley_o_Boxista

    Estou emocionado aqui.

  • Shirokasi

    Sensação de ouvir um novo Dash.

  • Dariek

    o/ DASH! COM CORRAINO. E sobre um jogo que eu nunca joguei na vida.
    Não tem como ser melhor.

  • Bruno Leandro

    Aeee, p*rra! Espero ouvir discussões sobre id, ego e super ego! Valeu gente

  • Lucas de Lima

    Eu preci so dormiiiir

  • gustavo dias
  • Alguém

    Sexualizer toca numa missão dos fãs, e não na primeira do filho.

    • MesmoAlguém

      Plus, pro Corraini: Nuclear Throne é um jogo que é pura mecânica e tem uma galinha cega com uma katana (e tem uns combo loko e uns parry)

    • André Campos

      OPS

  • Gustavo Couto

    Quando se clica na imagem do podcast na página inicial, você é levado a outro podcast e não ao relacionado a imagem. Me fiz entender? 🙂

    • André Campos

      Sim, é um bug que se resolve esperando a página carregar por completo. Estamos tentando corrigir!

  • Rodrigo Souza

    Parabéns !!! chorando aqui melhor podcast do Brasil voltou 0/ (não que o vertice não seja bom !)

  • DarkMiles

    Engraçado como foi inevitável o Dash de Hotline Miami pisar um pouquinho no Gamescore, mas a trilha é realmente muito foda.
    E eu também tinha lembrado do Majin falando do jogo do casseta e planeta quando aparece “Midnight Animal”. Sobre ter um terceiro é bem difícil, como sabem os criadores já falaram que esse foi o último e com essa história explosiva eles eliminaram qualquer um que pudesse contar mais uma história, e isso se confirma com o easter egg dos créditos,com uma brincadeira de hotline miami com a cidade toda destruída após a bomba. Então sim, eles tiveram coragem de encerrar a história nem que tivessem que levar todos o elenco que tinha e que poderia ter para isso. Aguardando outro projeto futuro de Dennis e Jonatan.

    Contrariando o cast, mas eu prefiro o Hotline Miami 2 do que o 1 tanto em trilha como em jogo, o feeling dos 2 é bem diferente (o que é estranho já que a mecânica nem tanto) e o 2 peca bastante em alguns level design (uma casa de vidro com inimigos fora de qualquer visão), mas em pontos como a história ele acerta dando mais carisma aos personagens do jogo, bom, tentei não escrever muito kkkkk

  • mateuskies

    Até ia mandar e-mail, mas ai só leriam ele em agosto… hahaha

    Belo podcast, senhores.

    Adoro esses temas musicais e ainda mais DE UMA DAS MINHAS SÉRIES PREFERIDAS!!
    Mas vamos lá.
    Alguns pontos

    1 – O filme que não saiu
    https://www.indiegogo.com/projects/hotline-miami-a-short-film#/story

    Uma campanha no INDIEGOGO foi feita em 2013 para a criação de um filme para Hotline Miami. O filme teria a coordenação e o aval da equipe da Dennaton Games, mas não rolou. O valor que eles conseguiram não foi o suficiente. E bem… esse jacket tava bem estranho mesmo.

    2 – O filme que saiu!

    https://www.youtube.com/watch?v=xJuR48PSCW8

    Um curta intitulado “Hotline Miami 2: Do you Like Hurting Other People” foi lançado pelo canal MACHINIMA PRIME. Tentei buscar sobre o diretor e os produtores, mas são pessoas desconhecidas do mercado de cinema. Bem, talvez tenha sido ideia da própria Dennaton Games para divulgar o jogo, visto que o curta saiu algumas semanas antes do lançamento do segundo game,

    3 – Aquele documentário DAORA de 30 minutos
    https://www.youtube.com/watch?v=ilKzuY9tjyg&noredirect=1

    Se não me engano, ele foi citado no podcast como uma das fontes de vocês. Se não foi, bem, tá ai mais uma pra galera curtir. Vale a pena, tem entrevista com o pessoal da Devolver também

    4 – E eu já tentei fazer cosplay de hotline Miami 2

    Pois é, a vergonha alheia. Era uma festa a fantasia aqui da cidade onde moro. Infelizmente o cara que iria emprestar a jaqueta do JACKET não conseguiu me entregar a tempo, ai tive que pegar uma camiseta qualquer e sujar ela como se fosse sangue. A cabeça de cavalo e o Nunchaku são meus.
    Pede quantas pessoas na festa reconheceram? Eu contei 8!!

    Enfim

    Abraços, amigos. E por favor, continuem com o DASH, seus caceta!! Apareçam mais vezes no meu feed.

    • mateuskies

      SUSHI, AMO PERTURBATOR A TEMPOS VAMOS CASAR

      Na realidade, essa cena NEOwaveretrô, (acho que é assim o nome, o @pxldj me contou uma vez como se chama esse estilo que toca no hotline, mas eu esqueci) inspirou uma das minhas bandas preferidas do mercado atual, a russa TESLA BOY. Eles já falaram em entrevista que são fãs do jogo também, e infelizmente não foram chamados para a trilha do 2 =(

      https://www.youtube.com/watch?v=ybyHYreTkHw

      OK, ADEUS.

      • Sushi0
        • mateuskies

          Feito

      • Rodrigo Souza

        não conheci a banda, sempre gostei da pegada das musica !! adorei !

        • mateuskies

          O último cd da banda é bem mais pegado pro hotline (se não me engano é de 2013), tem uma vibe mais neowave mesmo, ela já existia antes do jogo, mas com o jogo, o Anton (vocal) esperava ter uma música inserida, mas não recebeu a ligação, hahaha (ou cobraram caro, nunca saberemos)

      • Xangopunk

        Mateus Skies essa música ai eu curti. Teve outras que estavam no soundcloud como a “Strong”, que nem tanto. Sei que não tem nada a ver, mas eu pessoalmente curto muito o trabalho musical como o do Dirty Loops, que retrabalha uma série repertórios conhecidos.

        http://www.youtube.com/watch?v=XQaWN5ODdVY

    • Sushi0

      Esse documentário saiu poucos dias depois de termos gravados, mas pra nosso sorte não falou nada que já não havia encontrado durante a pesquisa. Pra falar a verdade eu acho que falamos mais coisas interessantes do que eles, só que em a cara dos criadores.

      • mateuskies

        Sim, pois é.. mas só pra complementar mesmo, é interessante. E nunca tinha visto os caras da Devolver <3 (só os malucos da Dennaton)

  • Gabriel Ortega Mischi

    Excelente cast!! conheci os senhores agora! Porem algumas ressalvas não? Primeiramente tem um documentário dos próprios desenvolvedores, e dos publishers, falando sobre o hotline miami 1 e como foi a criação da sua continuação, Segue o link https://www.youtube.com/watch?v=ilKzuY9tjyg .

    Segundo: Poxa a devolver uma publisher que não tem muita coisa? caramba gente até concordo com vcs no fato do modelo deles de negocio ter mudado nos últimos anos mas, eles são os caras que publicaram a serie Duke Nukem e Shadow Warrior alem de Brofoce! Esses caras etão a muuuito tempo no mercado e quando gostam de alguma coisa eles apostam, esse foi o caso do HM.

    Ótimo cast ganharam mais um ouvinte!!

    • slashrick

      Não lembro exatamente que parte você ta falando, mas – tirando os últimos 2 anos – ela não tem muita coisa boa! hahahaha Em “quantidade” eles lançaram bastante jogo sim.

      • Daniel

        Sabe aquela pessoa no CS que pega a metralhadora e descarrega ela nas portas, na esperança de acertar um tiro em alguém algum dia? Essa é a devolver.

    • André Campos

      Foi engraçado que uma semana depois que gravamos o podcast, saiu esse documentário! xD

      Quando comentamos que a Devolver não tinha muita coisa, nos referíamos a antes de Hotline Miami, e isso é fato. E eles não publicaram a série Duke Nukem, publicaram somente aquele repack pro Steam que saiu a uns 2 anos do Duke Nukem 3D.

      E seja bem-vindo! o/

  • Mistérios da Meia-Noite

    GOTTA GET A GRIP

  • PILOT

    AH MEU DEUS A VELHA INTRO!! _ol

  • Qual o nome do canal que o André citou? Ouvindo eu entendi “Runt Signal” mas procurei e não achei nada

    • Sushi0

      Errant Signal, colocamos o link dele na parte dos links do post.

  • Heider Bmth

    A um tempo atras no DST eu falei que acreditava em um DASH sobre Hotilne e um sujeito falou que não teria conteúdo para tal,bom chupa essa…

  • DDD

    A edição ficou muito boa! O programa também :D, recomendo o album de um dos caras que fizeram a trilha do segundo jogo: https://www.youtube.com/watch?v=OZA2WLzAk-8

  • Mistérios da Meia-Noite

    Minha missão favorita é a do assalto ao banco. Você chega lá andando com a bolsa, dá uma olhada. “Será que eu vou depositar esse dinheiro e vão assaltar o banco?” Aí você coloca a bolsa no chão e começa ACID SPIT.

    Corrigindo algumas coisas que vocês falaram:
    – Quem usa a máscara da Zebra (Corey) é uma mulher também. Ela e os outros aparecem em uma das fases do Havaí (quer dizer que os Fãs também estavam no exército). Os criadores confirmaram que era uma mulher.
    – Alex é a mulher e Ash é o homem. Na intro de uma das fases do Pardo (Dead Ahead), ele vai falar com uma loira na casa dela. Essa loira é a Alex. Aliás, olhem no porta-malas do carro dele.
    – O careca na parte do Havaí não é mesmo o Jake, ele se chama Daniels.

  • Mistérios da Meia-Noite
  • Gabriel Rocha Ribeiro

    10 years since dash podcast. I walk through the empty streets trying to think of something else but my path always leads to the podcast. I stare at the screen for hours and try to summon the jogabilideiros. I listen to another podcasts but it is no good. I complain about triple A games and ask on twitter for a new cast but it is all meaningless. the end is near. i then usually listen some old dash podcasts and cry myself to sleep.

  • Insidia Rock

    O que é isso? É um pássaro? É um avião? É um pokemon shine? Não, é dash!

  • que tour de force do caralho esse cast.

  • Dudley_o_Boxista

    [x] Megaman X
    [x] Donkey Kong Country pt.2
    [x] Dark Souls
    [ ] Bloodbone
    [ ] Final Fantasy Tactics
    [ ] Professor Layton
    [x] Hotline Miami
    [ ] Você joga com meu jogo 2
    [ ] Megaman X pt.2
    [ ] Wadjet Eye Games

    • Sushi0

      auahuahuahua boa lista, uma pena que se fosse sair um dash de FFT ou da Wadjet Eye seria um só comigo falando comigo mesmo. xD

      • Dudley_o_Boxista

        A esperança é a última que morre.

  • João Dobbin

    Vocês não conseguiriam manter uma regularidade tipo mensal ou até mesmo trimestral? A espera é ok, pois sempre vale a pena, mas se ao menos a gente tivesse um período certo, talvez ela fosse amenizada! E o patreão, não vão aderir? Abraços!

  • Anderson

    Cocaine Cowboys é um documentário bem legal. Tem historias que se tivesse num filme todo mundo diria que é mentira. Ele tem um visual meio de documentário do discovery channel, pra quem ta acostumado com os docs bem produzidos de hoje em dia isso pode ser um problema.

  • guilherme oliveira

    Pode gostar mais do DASH que do Now Loading?

  • Excellent!!

  • Caymmi Henrique Cardoso

    Óptimo!!!!!!

  • Lukas Tavares

    Queria dizer que vale apena esperar desse tanto tempo pra um Dash, mas… EU QUERO MAIS!! Sério, tá foda.

  • Giovanne Lorentz

    O coisa boa, um novo DASH, correndo pra escutar…

  • Flavio Moraes

    Como eu tava esperando esse Dash

  • Bruno Oliveira

    Voltou a abertura antigaaaaa… Ewwwwww…! Muito melhor tá vendo?

  • Pedro Henrique Conte

    Esperei muito por esse Dash! E vocês me enganaram disseram que só dava pra fazer um dash quando a continuação fosse lançada… kkkk 3 horas de podcast!
    Fizeram eu esperar mais de 1 ano! Mas valeu muito a pena, muito muito mesmo! Obrigado Jogabilidade!

  • Rafael Bard

    Caras, sério, sou musico, amo musicas com essa pegada Retro anos 80/90, Yuzo Koshiro, Justice, Prodigy e tal. Essa trilha sonora do HM, me arrepiou. E essa mobster, não só arrepiou mas meus olhos se enxeram de lágrimas. É simplesmente fantástico. Poucas musicas me causam essa sensação.

  • Xangopunk

    Esse lance do Sacizinho do André vai pegar…

    http://www.reactiongifs.com/r/oya.gif

  • vini

    you´re dead!
    press R to restart

  • John Christopher

    Site está awesome! 🙂

  • Igor Soler
  • Vassago

    Achei que tinham parado com o dash

  • Geraldo Aguimim

    Nem comentaram sobre o “Spin-off”…

  • Hector Bonilla

    Adoro jogar esse jogo chamado Linha Quente de Miami.

  • Andrey Ricardo Monteiro

    baixei so pra ouvir a trilha sonora

  • Finalmente ouvi o cast e, vocês tão de parabéns pelo trabalho. Deu até vontade de rejogar os dois Hotline Miami mais uma vez, mesmo já tendo jogado demais.

  • Miracle Megalodon

    Jogabilideiros, tenho uma pergunta.
    Vale a pena jogar Hotline Miami pela história? Eu fiquei mega intrigado pelos personagens com cabeça de animal e tudo o mais, porém o gameplay em si não me encantou tanto. Imagino que seja algo tipo Dark Souls, em que a trama é um brinde pra jogabilidade, mas não a atração principal. Quis tirar a dúvida de toda sorte, porque tô me coçando pra baixar esse podcast.
    Valeu, e continuem o excelente trabalho!

    • Daniel

      No 1 a jogabilidade é 98%, no dois é 70%. Mas na real, nem no dois ela importa muito.

      • Miracle Megalodon

        Valeu!

  • Dudley_o_Boxista

    Finalmente consegui tirar um tempo pra ouvir o cast.
    Então, começar falando sobre a intro, que saudade dessa intro.

    Sobre Hotline Miami, joguei o primeiro sem entender muita coisa, peguei só quando rejoguei recentemente. E rejoguei pelo seguinte motivo, pra provar que meu ponto sobre o 2 não ser tão mais difícil que o primeiro. E acabei entendo que realmente o 2 é muito mais tenso. Mas nessa volta ao primeiro, notei que quando você sabe o que fazer, a luta contra o chefe final do primeiro personagem é um tanto quanto fácil perto da maioria das fases do segundo.
    Mas, apesar dessa dificuldade, eu adorei toda a versatilidade que ele me obriga a ter, achei um jogo fantástico, tanto a trilha quanto todas essas pequenas novas coisas que foram adicionadas.
    Assim como o Corraini, terminei no Vita, achei muito bom, mais um motivo pelo qual fico triste com a falta de suporte que o portátil tem.
    E mais uma vez, ouvindo o DASH vejo porque curto tanto o podcast, fico no aguardo do próximo.

    • Daniel

      O dois é mais dificil mas de uma forma muito artificial: ou é porque não dá pra enxegar o que precisa ser visto(nego atirando de uma janela lá na pqp, luzes do cenário mudando, ou aquela fase absurda das docas onde você nem sabe onde o personagem tá no inicio da fase) ou porque as regras do jogo mudam várias vezes de forma abrupta (“agora esse botão executa e te faz rolar”, “esse cara não mata ninguém”, “você não pode pegar outra arma”). O segundo parece que foi feito pelos “gênios” que fizeram “I wanna be the guy”.

      • Dudley_o_Boxista

        Não acho que seja tão ruim assim. Essa mudança de botões é contextual. E esse esquema de tomar tiro de onde não vejo só acontecia nas docas. Se jogado um pouco mais devagar, maioria dos problemas do jogo diminui. O problema é dar alguma bobeira e ter de repetir tudo daquela forma lenta e tal.

        • Daniel

          Talvez não seja pra tanto, mas ainda deixa um gosto amargo. É como se o Kubrick tivesse lançado lolita imediatamente depois de laranja mecânica.

        • Daniel

          “O problema é dar alguma bobeira e ter de repetir tudo daquela forma lenta e tal.”
          Sim, e isso é exatamente o que acontece o tempo todo. No 1 era de boa, você só voltava 15 segundos no tempo, nesse é coisa de 3 minutos.

  • Madrugatina

    Intro antiga, por favor nunca mais vá embora ♥

  • The Caio

    Não sei se vocês ainda leem os comentários daqui ou sabem dessa informação, mas esse estilo de música eletronica que toca nos games hoje em dia é denominado New Retro Wave.

    Nunca ouvi um podcast tão detalhado sobre um jogo. Parabéns! Conheci esse portal e desde então estou me maravilhando com o quanto de coisa que tem por aqui.

    • Sushi0

      Sim, ainda lemos. xD
      E muito obrigado! <3

  • Daniel

    Algumas coisas que eu tenho de dizer(e sim, o comentário contém spoilers):
    _Hotline Miami 2 prova que dá pra fazer um jogo por desdém? Sim, mas também prova que: não é porque você PODE fazer algo que você DEVE fazer.
    _Sério que o ator é só um maluco?O careca e a mãe dele assistem aquela entrevista quando estão no Havaí. A impressão que eu tinha era que, no processo de entrar no personagem, o ator ficou maluco.
    _A teoria de que o tema de Hotline Miami é que a narrativa é inútil faz muito sentido, especialmente no dois, quando todas aquelas várias histórias que já tiveram suas respectivas conclusões tem um epilogo onde todo mundo morre numa explosão atômica. Ainda mais com preview do menu de hotline miami 3, como que dizendo: ‘mesmo com todos os personagens mortos poderíamos fazer um terceiro’.
    _A sensação que eu tive com HM2 é que misturaram 3 jogos não terminados em um só: vários novos elementos de jogabilidade não são aproveitados ao máximo ou até entram em conflito com outros e vários, vários problemas do primeiro Hotline que não só não foram consertados como se tornam muito mais irritantes do que no primeiro jogo, principalmente problemas de detecção de colisão com armas e portas. Ah, e um dos irmãos cisne, que sempre ficam presos em alguma parte da fase.Por que não fizeram um só cara que usa serra numa mão e arma de fogo na outra? O irmão se chama Ash, não é lá como se a referencia fosse sútil.

  • Daniel

    Pode ser impressão minha, já que isso nunca foi explicitado pelos criadores, mas eis o que acredito ser algumas das outras inspirações pro:
    -Essa cena do “Um lobisomen americano em Londres”:
    https://www.youtube.com/watch?v=D0wShZqevLU
    _O policial(?) do N.A.R.C.:
    http://static.tvtropes.org/pmwiki/pub/images/N_A_R_C__1488.png

  • Gabriel Guimarães

    Só eu me sentia mal (triste) quando jogava o jogo? eu terminei, mas não estava feliz de fazer todas aquelas coisas …
    O jogo me deixou uma impressão de que violência é algo muito ruim