Video Game é uma mídia incrível e todos a amamos, mas nem só de jogos vive o ser humano.

E assim nasceu o Fora da Caixa, nosso cantinho onde saímos da nossa zona de conforto e falamos de todas as outras coisas que nos fascinam nesse mundão.

No episódio piloto, André declama seu amor por Ronda Rousey e o filme It Follows (Corrente do Mal), Rick despeja alegria por Steven Universe, Sushi demonstra fascínio por Nichijou e o álbum Hand. Cannot. Erase e o nosso quarto (possível) jogabilideiro, Caio Corraini, fala sobre GameCenter CX, o documentário Bigger Faster Stronger e o filme Chef.

Saia da caixa você também!

Tem algum feedback, sugestões de filmes, músicas, séries, apresentações de balé ou qualquer outra coisa? Deixe-a nos comentários abaixo ou envie seu e-mail pelo formulário de contato ou para contato@jogabilida.de.

Links:

 

  • HAND. CANNOT. ERASE.
    Meu deus. Eu entro nesse site pela primeira vez e me deparo com um podcast em que este disco maravilhoso é mencionado. Será um sinal divino? Bora ouvir!

    • Bode333

      Não tem no spotify né? Fiquei interessado mas não achei.

      • Infelizmente não. Mas dá uma pesquisada no Outro Site Sueco™, lá deve ter.

    • Sushi0

      Seja bem-vindo! Espero que goste dos nossos podcasts. xD

  • Steven Wilson é vida!

  • Acho que talvez como o Sushi gosta de bandas com músicas. talvez ele curta uma banda inglesa chamada “Glass Animals”. Eles são muito bons! haha. Eu pretendo muito contribuir com o Patreon de vocês. Vocês sempre foram o meu site/podcast favorito. Sorte e sucesso a vocês!

    https://www.youtube.com/watch?v=IIA1XQnAv5s

    • Sushi0

      Bem legal o som da banda!
      E muito obrigado pelo apoio! <3

  • Pela descrição do Sushi sobre o Nichijou, me parece muito o formato e fórmula do Azumanga Daioh. Deve ser interessante, então 🙂

    (repostado no lugar certo, agora)

    • Sushi0

      Sim, sim, depois que comecei a falar de Nichijou no twitter várias pessoas me indicaram o Azumanga Daioh e alguns até que Nichijou é uma cópia dele, só que muito drogas.

      • Léo Mendes

        Além de Azumanga Daioh, acrescento também a recomendação de Lucky Star, que é basicamente Nichijou, só que com a protagonista mais nerd (quase uma Umaru da vida). xD

  • inominavel

    Adventure time foi um desenho dessa nova leva que me fisgou muito justamente por conta de poder assistir de duas maneira, seguindo o fluxo correto dos episódios ou totalmente aleatória, adoro aqueles episódios de se aventurar descompromissadamente. Os desenho atuais tem tantas mensagens da vida adulta, que fico pensando se eles realmente foram feito para crianças, comparando dessa maneira alguns desenhos da nossa infâncias parecem até bobos.
    Já troquei muitas ideais sobre Porcupine Tree no twitter com o Sushi, e cara, é uma das bandas que mais amo, adoro a maneira como eles misturam peso e leveza na mesma musica, e os efeitos eletrônicos criam uma atmosfera muito gostosa na música, Steven wilson é o CARA! E recentemente apresentei Porcupine Tree para um amigo meu do trabalho e ele curtiu muito, ouve todos os dias lá no trabalho, também sou curto os outros projetos do Steven wilson, mas meu preferido é o Porcupine Tree.

  • IcaroBrendel

    Como vocês não falaram da melhor cena de Nichijou?

    https://www.youtube.com/watch?v=Z7Et0a8fnuw

    • Sushi0

      Essa realmente é do caralho, mas é muita coisa boa pra lembrar em 20min! auhauhauah

  • Felipe de Albuquerque

    Essa intro. Meu deus.

  • André Pierre

    rick tenta assistir bravest warriors se vc gostou de adventure time, é bem divertido vc vai gostar 🙂

  • Lucas

    Sushi melhor ser humano. Pessoalmente eu prefiro o Nichijou dos homens (Danshi Koukousei no Nichijou), segue o mesmo formato de esquetes mas é um tipo de humor mais digerível para o público comum, acho que é uma boa pedida para os participantes que não te entenderam.

    Sobre a animação, foi um anime produzido pela Kyoto Animation (K-On e Suzumiya Haruhi, só uma das coisas mais lucrativas da história), os caras meio que têm o código do dinheiro infinito mesmo. O padrão de produção do estúdio é bem alto mesmo em suas séries de TV, qualquer anime deles é um absurdo visualmente. Nichijou foi um dos mais caros deles e adivinha vocês, foi um puta fracasso de vendas. Possivelmente nunca teremos uma segunda temporada infelizmente.

    E sobre o Nichijou dos homens, segue algumas esquetes bacanudas:

    https://www.youtube.com/watch?v=drfqjiigGIs

    https://www.youtube.com/watch?v=tDpblJ44YG4

    • Sushi0

      Puts, mais um caso de uma obra-prima que é destruída por falta de dinheiro. =(
      A diferença de valor de produção entre os dois Nichijous são absurdas! ahauhauhaua Mas apesar disso parece bacana, irei colocar na fila (que já está gigante).

      • Lucas

        Verdade kkkk. Mas é um estilo de humor que não demanda uma produção mais elevada, bem diferente do Nichijou que a graça de boa parte das piadas está relacionado a isso, todo aquele exagero visual e tudo mais, Mio correndo pelos corredores absurdamente. Talvez mais um motivo pra série ser descontinuada, não teria como fazer outra temporada com uma animação marromenos. Não seria Nichijou.

  • Marlon Leal

    Excelente podcast!
    Tenho algo a falar sobre cartoons: Acho normal quando alguém adulto não é fisgado por cartoons, mesmo quando são da leva (exclente) de Gravity Falls, Steven Universe e Adventure Time. Certamente, esses e alguns outros cartoons tem conseguido abordar vários temas que faz com que crianças e adultos consigam apreciar a série. Mas acho que algo que ainda vai deixar muitas pessoas de fora é o fato de que ainda são cartoons, que por default, quando não estão sendo maduros ou intrigantes, ainda são infantis. De forma alguma vejo isso como um problema, mas é intendível que talvez os momentos de maturidade não sejam o bastante para fisgar pessoas mais velhas (ou até jovens mesmo) que já não gostam tanto dos momentos mais infantis. Acho tudo isso normal.

    Eu pessoalmente sou passional em relação a animações. O pior episódio de Adventure Time ainda é um bom episódio pra mim. O episódio mais bobo e descontraído de Steven Universe ainda é algo divertido pra mim, talvez por que eu ainda gosto da simplicidade das animações. Então no meu caso, esses cartoons conseguem me agradar quase 100% do tempo. Com isso em mente, eu não recomendo sempre cartoons pros meus amigos, por que não sei se eles vão gostar dos episódios “default” ou se vão apenas se interessar nos momentos mais sérios, e os elementos mais infantis e básicos serão elementos a serem “suportados”. De qualquer maneira, isso é natural. Quando alguém da minha idade diz que não gosta de certo cartoon por que, apesar dos momentos mais sérios, ainda é na maior parte do tempo “bobo” ou “infantil”, isso é normal se esses elementos já não falam tanto com ele/ela. Eu pessoalmente amo esses elementos, mas isso é uma coisa pessoal.

  • Killerjabuti Gilson

    Deu Mole Rick. Se quer convencer o Corraine que Steve Universe é bom, era só falar que o Steven tem um Nintendo 64. XD

  • Tô ficando louco, ou em algum momento do episódio toca como trilha de fundo uma versão fodasticamente remixada da BGM do Castlevania Symphony of the Night? É do OCRemix?

  • Primeira vez que a podosfera recomenda um músico que eu amo. Sei que quem gosta de prog sofre mais que torcedor do América, mas às vezes parece que esse nicho ou geração só ouve hiphop e eletrônico.

  • Ramon Peixoto

    ok. semana passada entro no site rezando pra ter um podcast. Essa semana entro de novo sem esperança e me deparo com 6 casts, isso foi uma surpresa. Não sei o que rolou no jogabiliday pq trabalho ate as 22hs mas uau isso está incrível.

  • Edgar de Rosis

    Fica Dica Jack de SUzumiya Haruhi no Yuuutsu (2009)
    xD

  • Mais um ótimo podcast para eu viciar! <3

  • Rafael Bard

    My Chemical Romance é a banda que você conhece que canta com mais emoção André? Você não curte The Protomen?
    Acho que a banda que conheço que passa mais emoção é justamente o Protomen.
    E eu sei que ouvir música triste é foda, mas as melhores composições as vezes surgem na depressão. Talvez por ser o momento em que o compositor está mais sensível e focado em trazer o seu sentimento pra música.

  • Bruno Oliveira

    Eh cara… nem no PC eu tô conseguindo baixar. So sadly,

    =/

  • Everardo Feres

    Só vocês mesmos pra ficarem preocupados pro resto da vida com a maldição do It Follows. Comam umas putas 1x por mês e tá tudo certo. haha

  • Luk

    Fica a Dica que Steven Universe realmente só começa lá pelo episódio 25, esses outros são apenas para você se ambientar naquele universo. E sim é uma das melhores coisas que eu já vi em se tratando de desenvolvimento de personagens, fora o modo excelente que eles tratam assuntos sérios como luto e sexualidade.

  • Dudley_o_Boxista

    Finalmente to ouvindo o Fora da Caixa.
    Vou tentar aqui ajudar o Rick a vender o Steven Universe:
    Eu comecei vendo episódios aleatórios do desenho no Cartoon. Assitia e achava legal e tals. Porém acho que posso dizer bem quando finalmente o desenho me pegou, que foi no episódio duplo do meio da primeira temporada. Dali pra frente cada episódio me mostravam muito mais profundidade. E o season finale é simplesmente sensacional. E eles muitas vezes apresentam um conceito como quem não quer nada e futuramente eles retomam aquele conceito de uma forma incrível. Hoje é um dos melhores desenhos pra mim, e olha que tem fortes concorrentes como Hora de Aventura, Apenas um Show, Clarencio, Incrível Mundo de Gumball e Irmão do Jorel.
    Das recomendações achei It Follows bem interessante, vou conferir. O Nichijou não me fisgou, talvez se eu assistir mais. Vou dar uma conferida no GameCenter também.

    O Corraini disse pra deixarmos aqui recomendações de coisas no geral.
    Quadrinhos que recentemente tenho lido e acho geniais são 100 Balas e Monstro do Pântano, fase do Alan Moore. Ambos são de extrema qualidade.
    De mangás gostaria de recomendar Pluto do Naoki Urasawa, 8 volumes de uma história que se passa no universo do Astro Boy.

  • Daniel

    Pra quem gosta de wrestling(e pra quem quer entender porque alguém gostaria):
    https://m.youtube.com/watch?v=VYvMOf3hsGA

  • Ícaro Melo

    Poxa, tool chato? =
    o album Lateralus é uma obra de arte.

  • Felipe Almeida

    Assistir por parcela é muito bom, principalmente na versão de cortes do diretor do Watchmen, 3 horas e 35 minutos.

  • Bruno Oliveira

    Não sei qual é o meu problema. Nem aqui nem no Overloadr eu consigo baixar os EPs direito. Já até troquei de celular e nada. Outros podcasts que ouço não tem esse problema. =

  • Daniel Maioni