Construindo Mundos #04: Kadu Araujo

2016-02-02T19:11:18+00:00 2 de fevereiro de 2016|Construindo Mundos|26 Comentários

[vc_row type=”in_container” scene_position=”center” text_color=”dark” text_align=”left”][vc_column column_padding=”no-extra-padding” column_padding_position=”all” background_color_opacity=”1″ background_hover_color_opacity=”1″ width=”3/4″][vc_column_text]Videogames são lançados todos os dias. Aos montes.

Em um mercado onde temos mais opções do que tempo e dinheiro para consumir tudo, é muito fácil esquecer que todos aqueles produtos são desenvolvidos por pessoas. Pessoas com sonhos, medos e histórias próprias.

O objetivo do Construindo Mundos é tornar estas pessoas o foco da discussão. É trazer para a luz os responsáveis por erguer todos os universos fantásticos onde exaurimos nosso tempo livre.

Sob o comando de Caio Corraini, este programa é focado em entrevistas com desenvolvedores brasileiros que trabalham ativamente na indústria de games.

Nesta quarta edição, o convidado é Kadu Araujo, gerente de contas na FD Comunicação, sendo responsável pela assessoria de diversas publishers no mercado brasileiro Konami, 2K, Capcom, SEGA, Rockstar, Square, CD Projekt RED, Perfect World, Riot Games, Level Up, e atualmente Bandai Namco.

Feedback?

Deixe seus comentários, sugestões, críticas e o que mais tiver em mente nos comentários abaixo ou envie seu e-mail pelo formulário de contato ou para contato@jogabilida.de.

Links:

[/vc_column_text][/vc_column][vc_column column_padding=”no-extra-padding” column_padding_position=”all” background_color_opacity=”1″ background_hover_color_opacity=”1″ width=”1/4″][vc_column_text][fap_track url=”http://audio.jogabilida.de/construindomundos/construindo-mundos_04.mp3″ title=”Construindo Mundos #04:” share_link=”http://jogabilida.de/2016/02/construindo-mundos-04/” cover=”http://jogabilida.de/wp-content/uploads/2016/02/cmcapa.png” meta=”Kadu Araujo” layout=”grid” enqueue=”yes” auto_enqueue=”yes”][/vc_column_text][vc_raw_html css=”.vc_custom_1451394946105{margin-top: 30px !important;}”]JTNDZGl2JTIwaWQlM0QlMjJmZWVkLWJ1dCUyMiUyMHN0eWxlJTNEJTIydGV4dC1hbGlnbiUzQSUyMGNlbnRlciUzQiUyMiUzRSUzQ2ElMjBzdHlsZSUzRCUyMmRpc3BsYXklM0ElMjBibG9jayUzQiUyMGNvbG9yJTNBJTIwJTIzZmZmJTNCJTIyJTIwaHJlZiUzRCUyMmh0dHAlM0ElMkYlMkZnYW1lcy5qb2dhYmlsaWRhLmRlJTJGJTIyJTIwdGFyZ2V0JTNEJTIyX2JsYW5rJTIyJTNFJTNDaSUyMGNsYXNzJTNEJTIyZmElMjBmYS1yc3MlMjBmYS0zeCUyMiUyMHN0eWxlJTNEJTIyZGlzcGxheSUzQSUyMGlubGluZS1ibG9jayUzQiUyMG1hcmdpbiUzQSUyMDAlMjAxMHB4JTNCJTIyJTNFJTNDJTJGaSUzRSUyMCUzQ3AlM0VGZWVkJTIwUlNTJTNDJTJGcCUzRSUzQyUyRmElM0UlM0MlMkZkaXYlM0UlMEElM0NkaXYlMjBpZCUzRCUyMml0dW5lcy1idXQlMjIlMjBzdHlsZSUzRCUyMnRleHQtYWxpZ24lM0ElMjBjZW50ZXIlM0IlMjIlM0UlM0NhJTIwc3R5bGUlM0QlMjJkaXNwbGF5JTNBJTIwYmxvY2slM0IlMjBjb2xvciUzQSUyMCUyM2ZmZiUzQiUyMiUyMGhyZWYlM0QlMjJodHRwJTNBJTJGJTJGaXR1bmVzLmpvZ2FiaWxpZGEuZGUlMkYlMjIlMjB0YXJnZXQlM0QlMjJfYmxhbmslMjIlM0UlM0NpJTIwY2xhc3MlM0QlMjJmYSUyMGZhLW11c2ljJTIwZmEtM3glMjIlMjBzdHlsZSUzRCUyMmRpc3BsYXklM0ElMjBpbmxpbmUtYmxvY2slM0IlMjBtYXJnaW4lM0ElMjAwJTIwMTBweCUzQiUyMGNvbG9yJTNBJTIwJTIzZmZmJTNCJTIyJTNFJTNDJTJGaSUzRSUyMCUzQ3AlM0VJdHVuZXMlM0MlMkZwJTNFJTNDJTJGYSUzRSUzQyUyRmRpdiUzRQ==[/vc_raw_html][vc_raw_html css=”.vc_custom_1448870206131{margin-top: -25px !important;}”]JTNDYSUyMGhyZWYlM0QlMjJodHRwJTNBJTJGJTJGeW91dHViZS5jb20lMkZqb2dhYmlsaWRhZGUlMjIlMjB0YXJnZXQlM0QlMjJfYmxhbmslMjIlM0UlM0NpJTIwY2xhc3MlM0QlMjJ5b3V0dWJlLWJ1dCUyMGZhLXlvdXR1YmUtcGxheSUyMGZhLTJ4JTIyJTNFJTNDJTJGaSUzRSUzQyUyRmElM0UlM0NhJTIwaHJlZiUzRCUyMmh0dHAlM0ElMkYlMkZmYWNlYm9vay5jb20lMkZqb2dhYmlsaWRhZGUlMjIlMjB0YXJnZXQlM0QlMjJfYmxhbmslMjIlM0UlM0NpJTIwY2xhc3MlM0QlMjJmYWNlLWJ1dCUyMGZhLWZhY2Vib29rJTIwZmEtMnglMjIlM0UlM0MlMkZpJTNFJTNDJTJGYSUzRSUzQ2ElMjBocmVmJTNEJTIyaHR0cCUzQSUyRiUyRnR3aXR0ZXIuY29tJTJGam9nYWJpbGlkYWRlJTIyJTIwdGFyZ2V0JTNEJTIyX2JsYW5rJTIyJTNFJTNDaSUyMGNsYXNzJTNEJTIydHdpdC1idXQlMjBmYS10d2l0dGVyJTIwZmEtMnglMjIlM0UlM0MlMkZpJTNFJTNDJTJGYSUzRQ==[/vc_raw_html][divider line_type=”Full Width Line” custom_height=”20″][toggles][toggle color=”Extra-Color-1″ title=”Trilha do Podcast”][vc_column_text]

  • “Yeah!”, por Magnus “Souleye” Palsson

[/vc_column_text][/toggle][toggle color=”Extra-Color-1″ title=”Blocos do Podcast”][vc_column_text]

  • Introdução: 00:00:00
  • Conversa com Kadu: 2:17

[/vc_column_text][/toggle][/toggles][/vc_column][/vc_row]

  • Pingback: Construindo Mundos #04: Kadu Araujo | Podflix()

  • Kaaaaduuuuuu <3 <3 <3

  • Aeeee, tava esperando por mais um jogabilidade. =)

  • mateuskies

    KADU GATO

  • joão bidu

    Ansioso para ouvir e esperando os novos podcasts gravados da jogabilicasa

  • Jabez Asafe

    Cara, mas que entrevista daora, a falha no áudio não tira a qualidade da entrevista.
    Parabéns e já virei fã do Kadu.

    • Finn Suado #DeMadureira

      Ia responder a mesma coisa.
      Podem ouvir que a entrevista é boa d+.

  • Dheku

    Alguém me dá spoiler, vai ser mencionado alguma coisa sobre a Konami?

  • Madureira

    Que divertida foi essa entrevista, mesmo com os problemas no audio foi muito interessante. Manda mais ai Corraini!

  • Caio

    Nossa, excelente entrevista como sempre Corraini. Espero que continue trazendo não só desenvolvedores – claro, ainda priorizando esse mas dando espaço pra outros -mas também pessoal de marketing e outras áreas fora desenvolvimento

  • FHC

    Corra falou tão mal do audio que achei que estaria uma desgraça, mas deu pra ouvir de boa.
    Eu vi esse seu movimento de baixar expectativa 😉

    • MarcusVss

      No começo não está tão ruim, mas mais pro meio dá uma piorada. Em alguns momentos eu não consegui entender o que o convidado falou…

      • FHC

        Que estranho, aqui foi boa. O que mais destacava era fala próxima ao microfone do convidado. De resto consegui entender tudo

        • MarcusVss

          Deve ser pq eu ouvi na rua, aí juntou a qualidade pior com o barulho externo.

  • Não conhecia os detalhes dessa profissão e foi legal ver alguém como o Kadu que adora o que faz. Melhor construindo mundos até agora, parabéns Caio e Jogabilidade por conseguir recuperar esse áudio para os ouvintes.

  • Cara, que delicia de entrevista. Que delicia, sério. Tão delícia que eu tô shippando vocês dois.
    Brincadeiras a parte; parabéns pela entrevista Corra e, parabéns pela aula e obrigada por sempre estar aí por nós, Kaduzeira. <3

  • PS.: Menino Corra sempre um modelo de podcaster, esbanjando sensualidade com sua cordialidade e articulação.

  • Leonardo Guerreiro

    Caio, quero fazer uma crítica construtiva. Você é uma ótima adição ao jogabilidade, eu gosto muito de suas participações nos podcasts e esse seu programa de entrevistas é um dos que eu mais gosto – quiçá o que eu mais gosto – das atrações do site. Isto dito, creio que você deva se policiar em relação a certos maneirismos de linguagem nestes programas específicos. Estou falando do “blá blá blá” que você solta quando quer dizer “etc” ou “isto e aquilo e aquilo outro”, ou ainda do som que você faz (“grrrr” ou algo assim) quando quer exemplificar que alguma coisa é “evil”. Essas coisas não me incomodam nos programas mais informais (linha quente, fora da caixa), mas quando se trata de um programa um pouco mais sério, mais focado, que tem potencial para influenciar tantos jovens que querem ingressar na indústria dos jogos, minha opinião é de que eles prejudicam o resultado final. Eu sei que você é amigo do entrevistado e talvez por isso tenha se soltado mais; mas nem todo ouvinte saca isso de primeira. Eu recomendei seu programa a um estagiário com quem trabalho, pois ele é um excelente modelador 3D e tem muito futuro na área de games, e, tomando-o como exemplo (ele nunca ouviu seus programas), imagino que um pouco da credibilidade do programa se perca num excesso de informalidade que surge de vez em quando. Entenda: não estou falando para tornar seu programa quadrado e chato. Muito do legal das entrevistas é que elas soam como uma conversa descontraída. Mas ainda assim são entrevistas. Minha opinião é que existe um limite de formalidade jornalística que você, nesse programa, ultrapassou em alguns momentos.
    Abraço e desculpe se fui chato 🙂

    • Cara, agradeço, mas é assim que eu falo. Seja num programa engraçado ou num programa sério. Construindo Mundos é um podcast de entrevista, mas não é a CBN.

      • Thiago Nunes

        E, querendo ou não, tem toda uma questão de se acostumar com os maneirismos do Corraini! 😀

    • Guilherme Gondin

      Eu não vejo muito isso, sinto que o programa é mais uma porta de entrada ao mundo dos games que algo que profissionais ouviriam e acho que essa informalidade é algo essencial para atrair quem está querendo apenas se divertir a ouvir um programa com um tema mais sério.

  • ednaldofilho

    Adorei a entrevista

  • Guilherme Gondin

    Nossa, pelo que foi dito achei que o áudio estaria uma bosta, mas não achei tão ruim não, tá bem de boa pra ouvir.

  • Ótimo programa, Corra 🙂 Kadu tem um background muito parecido com o meu Administração/design/desenho…acho que vou ver isso aí de trampar de PR rsrs

  • Fabricio Santos Roncarati

    Só ouvi agora, muito boa a entrevista! Parabéns Corraini!
    Achei interessante conhecer pessoas desse mercado aqui no Brasil, que sempre pensei que fosse minúsculo (ou inexistente).
    Esperando um próximo com outros profissionais dessa área.

  • Andre Bordo

    Caramba, em pensar que já conheci o Kadu antes e não imaginei que esse era o trabalho dele ahaahahahah

X