DASH

DASH #61: Koji Kondo

Param pam, param pam, pam!

Tão influente que chega a ser clichê, tão reconhecível que trará sobre você o julgamento de Ricardo Dias; nesse episódio do DASH ele se junta a André Campos, Eduardo Sushi e Caio Corraini para uma conversa musical sobre a vida e obra do criador das identidades sonoras de Super Mario, The Legend of Zelda e tantos outros temas seminais: Koji Kondo.

Como foi que esse entusiasta de Jazz e fã do Deep Purple se encontrou na posição de, junto com Shigeru Miyamoto e tantas outras lendas, ter parte fundamental na criação de algumas das mais importantes franquias dos vídeo games? Como foi que, com uma trilha sonora de menos de três minutos, ele praticamente criou um gênero musical? Que filosofia musical o levou a compor o tema mais famoso da era 8-bits?

Citamos e escutamos também algumas de nossas músicas favoritas e tentamos cobrir (reconhecendo a impossibilidade) a vasta e frutífera carreira do maestro Kondo. Seria Ocarina of Time o Mussum dos Zeldas? E que música de Wind Waker parece um tema de Chaves?

Tá No Seu Turno!

Nossa discussão continua com você: comente abaixo ou envie seu e-mail pelo formulário de contato ou para contato@jogabilida.de. Concorda conosco? Discorda? Dissemos algo herético? Sua opinião e feedback são muito importantes! Os melhores, mais relevantes e/ou mais aleatórios e-mails serão lidos na próxima edição do DASH.

boteco-banner

 

Related Articles

Check Also

Close
X