Fora da Caixa #14: A Bruxa, House of Cards, Hamilton

2016-03-17T17:16:10+00:00 17 de março de 2016|Fora da Caixa|21 Comentários

[vc_row type=”in_container” scene_position=”center” text_color=”dark” text_align=”left”][vc_column column_padding=”no-extra-padding” column_padding_position=”all” background_color_opacity=”1″ background_hover_color_opacity=”1″ width=”3/4″][vc_column_text]Dizem que nos menores frascos estão os melhores perfumes, mas será que a mesma ideia também se aplica a podcasts?

Descubra nessa breve reunião macabra, política e cantante onde André, Rick, Sushi e Corraini comentam sobre o filme The Witch (A Bruxa), a quarta temporada de House of Cards (sem spoilers) e o músical Hamilton.

Tem algum feedback, sugestões de filmes, músicas, séries, apresentações de balé ou qualquer outra coisa? Deixe-a nos comentários abaixo ou envie seu e-mail pelo formulário de contato ou para contato@jogabilida.de.

boteco-banner

Links:

[/vc_column_text][/vc_column][vc_column column_padding=”no-extra-padding” column_padding_position=”all” background_color_opacity=”1″ background_hover_color_opacity=”1″ width=”1/4″][vc_column_text][fap_track url=”http://audio.jogabilida.de/foradacaixa/Fora_da_Caixa_ep14.mp3″ title=”Fora da Caixa #14:” share_link=”http://jogabilida.de/2016/03/fora-da-caixa-14/” cover=”http://jogabilida.de/wp-content/uploads/2016/02/fdc-capita.png” meta=”A Bruxa, House of Cards, Hamilton” layout=”grid” enqueue=”yes” auto_enqueue=”yes”][/vc_column_text][vc_raw_html css=”.vc_custom_1449180476769{margin-top: 30px !important;}”]JTNDZGl2JTIwaWQlM0QlMjJmZWVkLWJ1dCUyMiUyMHN0eWxlJTNEJTIydGV4dC1hbGlnbiUzQSUyMGNlbnRlciUzQiUyMiUzRSUzQ2ElMjBzdHlsZSUzRCUyMmRpc3BsYXklM0ElMjBibG9jayUzQiUyMGNvbG9yJTNBJTIwJTIzZmZmJTNCJTIyJTIwaHJlZiUzRCUyMmh0dHAlM0ElMkYlMkZuYW9nYW1lcy5qb2dhYmlsaWRhLmRlJTJGJTIyJTIwdGFyZ2V0JTNEJTIyX2JsYW5rJTIyJTNFJTNDaSUyMGNsYXNzJTNEJTIyZmElMjBmYS1yc3MlMjBmYS0zeCUyMiUyMHN0eWxlJTNEJTIyZGlzcGxheSUzQSUyMGlubGluZS1ibG9jayUzQiUyMG1hcmdpbiUzQSUyMDAlMjAxMHB4JTNCJTIyJTNFJTNDJTJGaSUzRSUyMCUzQ3AlM0VGZWVkJTIwUlNTJTNDJTJGcCUzRSUzQyUyRmElM0UlM0MlMkZkaXYlM0UlMEElM0NkaXYlMjBpZCUzRCUyMml0dW5lcy1idXQlMjIlMjBzdHlsZSUzRCUyMnRleHQtYWxpZ24lM0ElMjBjZW50ZXIlM0IlMjIlM0UlM0NhJTIwc3R5bGUlM0QlMjJkaXNwbGF5JTNBJTIwYmxvY2slM0IlMjBjb2xvciUzQSUyMCUyM2ZmZiUzQiUyMiUyMGhyZWYlM0QlMjJodHRwJTNBJTJGJTJGaXR1bmVzMi5qb2dhYmlsaWRhLmRlJTJGJTIyJTIwdGFyZ2V0JTNEJTIyX2JsYW5rJTIyJTNFJTNDaSUyMGNsYXNzJTNEJTIyZmElMjBmYS1tdXNpYyUyMGZhLTN4JTIyJTIwc3R5bGUlM0QlMjJkaXNwbGF5JTNBJTIwaW5saW5lLWJsb2NrJTNCJTIwbWFyZ2luJTNBJTIwMCUyMDEwcHglM0IlMjBjb2xvciUzQSUyMCUyM2ZmZiUzQiUyMiUzRSUzQyUyRmklM0UlMjAlM0NwJTNFSXR1bmVzJTNDJTJGcCUzRSUzQyUyRmElM0UlM0MlMkZkaXYlM0U=[/vc_raw_html][vc_raw_html css=”.vc_custom_1448870206131{margin-top: -25px !important;}”]JTNDYSUyMGhyZWYlM0QlMjJodHRwJTNBJTJGJTJGeW91dHViZS5jb20lMkZqb2dhYmlsaWRhZGUlMjIlMjB0YXJnZXQlM0QlMjJfYmxhbmslMjIlM0UlM0NpJTIwY2xhc3MlM0QlMjJ5b3V0dWJlLWJ1dCUyMGZhLXlvdXR1YmUtcGxheSUyMGZhLTJ4JTIyJTNFJTNDJTJGaSUzRSUzQyUyRmElM0UlM0NhJTIwaHJlZiUzRCUyMmh0dHAlM0ElMkYlMkZmYWNlYm9vay5jb20lMkZqb2dhYmlsaWRhZGUlMjIlMjB0YXJnZXQlM0QlMjJfYmxhbmslMjIlM0UlM0NpJTIwY2xhc3MlM0QlMjJmYWNlLWJ1dCUyMGZhLWZhY2Vib29rJTIwZmEtMnglMjIlM0UlM0MlMkZpJTNFJTNDJTJGYSUzRSUzQ2ElMjBocmVmJTNEJTIyaHR0cCUzQSUyRiUyRnR3aXR0ZXIuY29tJTJGam9nYWJpbGlkYWRlJTIyJTIwdGFyZ2V0JTNEJTIyX2JsYW5rJTIyJTNFJTNDaSUyMGNsYXNzJTNEJTIydHdpdC1idXQlMjBmYS10d2l0dGVyJTIwZmEtMnglMjIlM0UlM0MlMkZpJTNFJTNDJTJGYSUzRQ==[/vc_raw_html][divider line_type=”Full Width Line” custom_height=”20″][toggles][toggle color=”Extra-Color-1″ title=”Trilha do Podcast”][vc_column_text]

  • “First Crush”, por Saberpulse
  • “Main Title Theme”, de House of Cards
  • “Shot”, de Hamilton
  • “Alexander Hamilton”, de Hamilton
  • “Fear & Delight”, por The Correspondents

[/vc_column_text][/toggle][toggle color=”Extra-Color-1″ title=”Blocos do Podcast”][vc_column_text]

  • A Bruxa: 00:06:43
  • House of Cards: 00:23:39
  • Hamilton: 00:34:32

[/vc_column_text][/toggle][/toggles][/vc_column][/vc_row]

  • Mateus

    Boa tarde

  • Pingback: Fora da Caixa #14: A Bruxa, House of Cards, Hamilton | Podflix()

  • CD falsificado de Playstation

    House of Cards… tenho que arranjar um tempo pra assistir os episódios que faltam, é uma série muito interessante. Ouvi falarem desse Witch, mas não havia me interessado só pela sinopse. Ouvindo o programa, vou atrás agora.

    Eu estava ouvindo o Nerdcast hoje, e recomendo chamarem a Marcela Versiani para o próximo Construindo Mundos. Ela tem ajudado muito a cena indie, e seria um ótimo episódio.

    • Jacarepaguá – FÊNIX Reptiliana

      Amigo, vc n faz ideia da dificuldade que é essa sua solicitação. Mermão, é polêmico.

      • CD falsificado de Playstation

        Ah, que pena.

        • Jacarepaguá – FÊNIX Reptiliana

          Acredito que se vc perguntar para os candangos diretamente via twitter, vc vá entender.

  • Felipe De Moraes Feliciano

    Caras, obrigado pelo marcador de tempo com o início de cada assunto no agregador de Podcasts <3 isso ajuda demais.

  • Toru Dent

    Rick, o Lin-Manuel Miranda disse ano passado que sim, pretende(ia) filmar o musical Hamilton, quer(ia) que fosse com o elenco atual (2015), não sei se rolou.
    http://www.billboard.com/articles/news/6715469/hamilton-to-be-filmed-lin-manuel-miranda-mixtape-movie

  • Pedro Guilherme

    Fora da Caixa interessante, gostei bastante do trecho de Hamilton que foi mostrado e irei procurar saber mais sobre, gosto bastante de musicais também, mas como tudo que trata de música, possuo uma certa preguiça para procurar as coisas.

    Fiquei curioso sobre A Bruxa, mas acho que deixarei para assistir quando sair em algum outro veiculo de entretenimento fora as telas de cinema. E sobre House Of Cards, não tenho muito interesse, mas pretendo algum dia conferir.

    Gostaria aqui de fazer uma recomendação especial para o Corraini (e para quem mais quiser ler, mas para o Corraini é por causa de um motivo específico). Existe uma trilogia de livros (ainda não completa) chamada As Crônicas do Matador do Rei, que conta com dois volumes, O Nome do Vento (vol.1) e O Temor do Sábio(vol.2). A leitura é fluída, a escrita é sensacional, a história é interessante e o protagonista é muito, mas muito parecido com o Corraini mesmo. Uma frase do indivíduo em questão:

    “Meu nome é Kvothe, com pronuncia semelhante à de ‘Kuoth’. Os nomes são importantes porque dizem muito sobre as pessoas. Já tive mais nomes do que alguém tem direito de possuir. Meu primeiro mentor me chamava de E`lir, porque eu era inteligente e sabia disso. Minha primeira amada de verdade me chamava de Duleitor, porque gostava desse som. Já fui chamado de Umbroso, Dedo-Leve e Seis-Cordas. Fui chamado de Kvothe, o Sem-Sangue; Kvothe, O Arcano; Kvothe, O Matador do Rei. Mereci esses nomes. Comprei e paguei por eles. Mas fui criado como Kvothe. Uma vez meu pai me disse que isso significava ‘saber’. Fui chamado de muitas outras coisas é claro. Grosseiras, na maioria, embora pouquíssimas não tenham sido merecidas. Já resgatei princesas de reis adormecidos em seus sepulcros. Incendiei a cidade de Trebon. Passei a noite com Feluriana e saí com minha sanidade e minha vida. Fui expulso da Universidade com menos idade do que a maioria das pessoas consegue ingressar nela. Caminhei à luz do luar por trilhas de que outros temem falar durante o dia. Conversei com deuses, amei mulheres e escrevi canções que fazem os menestréis chorarem. Vocês devem ter ouvido falar de mim.”

  • Henrique Tavares

    A Bruxa é realmente muito no clima do Witcher. Aquela primeira música no violino com eles saindo da cidade já ficou muito no clima do jogo. Foi até o que me deu uma afeição imediata ao filme. E estou muito esperando uma paródia com o Geralt aparecendo ali na casa da família e fazendo um contrato com eles (muito possivelmente tacando uma Lei da Surpresa depois).

    A respeito de House of Cards, eu não entendo o ódio à terceira temporada, principalmente o argumento de que “o Frank não é o fodão”. Com ~spoilers~ agora, esse é o ponto, o cara tá OP na primeira temporada, ganha mais destaque, enfrenta um desafio maior e obviamente encontra empecilhos na segunda enquanto galga na hierarquia política americana, e quando ele tá no topo ele tá em todos os holofotes, ele não tem a menor chance de fazer qualquer artimanha que ele tinha sendo relativamente desconhecido como no início. Ele passa do ponto de bater para subir à se defender para não cair. Para completar, ele encontra o verdadeiro rival à sua altura, que é o Viktor Petrov (que depois da Claire é meu personagem preferido da série, depois da conversa que os dois presidentes tiveram no Kremlin). Não tinha a menor chance do Frank ter a mesma desenvoltura como antes. Do ponto de vista narrativo, essa queda é extremamente necessária também para adicionar dinâmica ao desenvolvimento do personagem, dando certa vulnerabilidade a um cara que parecia ser (e, o principal, tava se achando) invencível. Tantos problemas que no final levaram ao conflito pessoal do Frank e da Claire. Quando ela se recusa a ser a sombra por trás do Frank e quer trabalhar junto com ele é que a série recupera o ritmo de ataque da primeira, mas precisou muito do conflito que toda a terceira teve para alcançar isso.

    Uma coisa que todas as temporadas tiveram e eu já tô de saco cheio: a porra do Doug sempre stalkeando uma mulher e tendo seus conflitos que eu não dou a mínima.

    • André Campos

      Verdade, esses sub-arcos do Doug já cansaram!

      Eu entendo a mudança que eles tentaram fazer na terceira temporada, o meu problema é que o que acontece no lugar não me interessou quase nada. Acho que também foi um problema por que não curto tanto assim o Petrov…

  • ednaldofilho

    Top demais o Cast como sempre.

  • Rafael de Souza

    Eu ouvi a primeira música do Hamilton no Spotify e vi alguns vídeos e tô muito interessado em ver o musical completo. Valeu pela dica André.

  • Mikael de Freitas

    Não sou fã de musicais, sempre achei um saco e não vi Hamilton. Porém, AMEI a música que tocou no cast, fiquei interessado pela vida do esquecido pai fundador e amanhã estou indo na biblioteca da faculdade buscar sua biografia. Obrigado por isso André 😉

  • SmokeE3 .

    Quando eu ouvi, eu percebi que é MUITO a cara de outra orquestra que eu já ouvi, mas não sabia quem era o cara. Manoel Miranda fez uma parte dessa orquestra que certamente vocês identificarão (talvez já ouviram) na hora: http://www.thisamericanlife.org/radio-archives/episode/528/the-radio-drama-episode

  • Renan Ivo

    Também gosto muito de musicais. Mas a referência de musicais hip-hop, me fez lembrar do ponto mais baixo do gênero: Carmen, a hip-hopera DUBLADO, que passou no SBT: https://www.youtube.com/watch?v=KE4Z0pTFUTU

  • Mário César San Felice

    Wicked é excepcional, ainda não vi a versão brasileira, mas o original é muito bom mesmo.

  • Vinicius

    Excelente Cast, fiquei mega interessado pelo filme A Bruxa(Obrigado pela recomendação).

    o/

  • nossa tem Hamilton completo no Spotify <3 https://play.spotify.com/album/1kCHru7uhxBUdzkm4gzRQc

  • Márcio Zacarias

    Desde março o André falando de Hamilton aqui e eu só fui ouvir faz umas 2 semanas =/

  • Pingback: Titulo Falso 03: As Coisas Estranhas de Hamilton | Offline Play()

X