Linha Quente #13: Beto Carrero Morreu?!

2016-03-08T19:04:20+00:00 8 de março de 2016|Linha Quente|44 Comentários

[vc_row type=”in_container” scene_position=”center” text_color=”dark” text_align=”left”][vc_column column_padding=”no-extra-padding” column_padding_position=”all” background_color_opacity=”1″ background_hover_color_opacity=”1″ width=”3/4″][vc_column_text]Você que procura a iluminação ante as diversas mazelas da existência, que anseia por trilhar caminhos menos tortuosos em busca de uma presença confortável neste plano astral, que suplica por uma migalha de sabedoria no átimo mais importante de uma rotina desregrada… Você veio ao lugar certo.

No Linha Quente, este nosso novo canal de sapiência e muita streetwise (todos tiramos vinte no dado e somos os Lordes das Ruas), responderemos todas as suas questões sobre qualquer assunto.

É sério. Qualquer um.

Neste décimo terceiro episódio, oferecemos um pouco de nossa extrema erudição sobre assuntos que passam pela perseguição de um palhaço, a ajuda de Dedé Santana, o ódio contra o calor e muito mais.

Abunde-se em um lugar confortável e esteja preparado(a) para expandir os horizontes de sua mente!

Tem alguma dúvida insaciável?

Basta clicar aqui e enviar sua pergunta.

Links:

[/vc_column_text][/vc_column][vc_column column_padding=”no-extra-padding” column_padding_position=”all” background_color_opacity=”1″ background_hover_color_opacity=”1″ width=”1/4″][vc_column_text][fap_track url=”http://audio.jogabilida.de/linhaquente/linha_quente_13.mp3″ title=”Linha Quente #13:” share_link=”http://jogabilida.de/2016/03/linha-quente-13″ cover=”http://jogabilida.de/wp-content/uploads/2015/11/lqcapa.jpg” meta=”Beto Carrero Morreu?!” layout=”grid” enqueue=”yes” auto_enqueue=”yes”][/vc_column_text][vc_raw_html css=”.vc_custom_1449180476769{margin-top: 30px !important;}”]JTNDZGl2JTIwaWQlM0QlMjJmZWVkLWJ1dCUyMiUyMHN0eWxlJTNEJTIydGV4dC1hbGlnbiUzQSUyMGNlbnRlciUzQiUyMiUzRSUzQ2ElMjBzdHlsZSUzRCUyMmRpc3BsYXklM0ElMjBibG9jayUzQiUyMGNvbG9yJTNBJTIwJTIzZmZmJTNCJTIyJTIwaHJlZiUzRCUyMmh0dHAlM0ElMkYlMkZuYW9nYW1lcy5qb2dhYmlsaWRhLmRlJTJGJTIyJTIwdGFyZ2V0JTNEJTIyX2JsYW5rJTIyJTNFJTNDaSUyMGNsYXNzJTNEJTIyZmElMjBmYS1yc3MlMjBmYS0zeCUyMiUyMHN0eWxlJTNEJTIyZGlzcGxheSUzQSUyMGlubGluZS1ibG9jayUzQiUyMG1hcmdpbiUzQSUyMDAlMjAxMHB4JTNCJTIyJTNFJTNDJTJGaSUzRSUyMCUzQ3AlM0VGZWVkJTIwUlNTJTNDJTJGcCUzRSUzQyUyRmElM0UlM0MlMkZkaXYlM0UlMEElM0NkaXYlMjBpZCUzRCUyMml0dW5lcy1idXQlMjIlMjBzdHlsZSUzRCUyMnRleHQtYWxpZ24lM0ElMjBjZW50ZXIlM0IlMjIlM0UlM0NhJTIwc3R5bGUlM0QlMjJkaXNwbGF5JTNBJTIwYmxvY2slM0IlMjBjb2xvciUzQSUyMCUyM2ZmZiUzQiUyMiUyMGhyZWYlM0QlMjJodHRwJTNBJTJGJTJGaXR1bmVzMi5qb2dhYmlsaWRhLmRlJTJGJTIyJTIwdGFyZ2V0JTNEJTIyX2JsYW5rJTIyJTNFJTNDaSUyMGNsYXNzJTNEJTIyZmElMjBmYS1tdXNpYyUyMGZhLTN4JTIyJTIwc3R5bGUlM0QlMjJkaXNwbGF5JTNBJTIwaW5saW5lLWJsb2NrJTNCJTIwbWFyZ2luJTNBJTIwMCUyMDEwcHglM0IlMjBjb2xvciUzQSUyMCUyM2ZmZiUzQiUyMiUzRSUzQyUyRmklM0UlMjAlM0NwJTNFSXR1bmVzJTNDJTJGcCUzRSUzQyUyRmElM0UlM0MlMkZkaXYlM0U=[/vc_raw_html][vc_raw_html css=”.vc_custom_1448870206131{margin-top: -25px !important;}”]JTNDYSUyMGhyZWYlM0QlMjJodHRwJTNBJTJGJTJGeW91dHViZS5jb20lMkZqb2dhYmlsaWRhZGUlMjIlMjB0YXJnZXQlM0QlMjJfYmxhbmslMjIlM0UlM0NpJTIwY2xhc3MlM0QlMjJ5b3V0dWJlLWJ1dCUyMGZhLXlvdXR1YmUtcGxheSUyMGZhLTJ4JTIyJTNFJTNDJTJGaSUzRSUzQyUyRmElM0UlM0NhJTIwaHJlZiUzRCUyMmh0dHAlM0ElMkYlMkZmYWNlYm9vay5jb20lMkZqb2dhYmlsaWRhZGUlMjIlMjB0YXJnZXQlM0QlMjJfYmxhbmslMjIlM0UlM0NpJTIwY2xhc3MlM0QlMjJmYWNlLWJ1dCUyMGZhLWZhY2Vib29rJTIwZmEtMnglMjIlM0UlM0MlMkZpJTNFJTNDJTJGYSUzRSUzQ2ElMjBocmVmJTNEJTIyaHR0cCUzQSUyRiUyRnR3aXR0ZXIuY29tJTJGam9nYWJpbGlkYWRlJTIyJTIwdGFyZ2V0JTNEJTIyX2JsYW5rJTIyJTNFJTNDaSUyMGNsYXNzJTNEJTIydHdpdC1idXQlMjBmYS10d2l0dGVyJTIwZmEtMnglMjIlM0UlM0MlMkZpJTNFJTNDJTJGYSUzRQ==[/vc_raw_html][divider line_type=”Full Width Line” custom_height=”20″][toggles][toggle color=”Extra-Color-1″ title=”Trilha do Podcast”][vc_column_text]

  • “Tiger Balm” por Bob Bradley/Noel Dennis
  • “Early Summer” por Miami Nights 1984
  • “Last Embrace” por Makeup and Vanity Set
  • “Dust” por M.O.O.N.
  • “Elevator of Love” por Miami Nights 1984
  • “Turing Sequence” por Makeup and Vanity Set
  • “Plus Four” por M.O.O.N.
  • “On the Run” por Miami Nights 1984
  • “Memory Cycle” por Makeup and Vanity Set
  • “Delay” por M.O.O.N.
  • “Sunset Cruise” por Miami Nights 1984
  • “Senses Dynamics” por Makeup and Vanity Set

[/vc_column_text][/toggle][toggle color=”Extra-Color-1″ title=”Blocos do Podcast”][vc_column_text]

  • Pergunta 1 – 11:45
  • Pergunta 2 – 16:03
  • Pergunta 3 – 20:14
  • Pergunta 4 – 30:46
  • Pergunta 5 – 38:36
  • Pergunta 6 – 44:50

[/vc_column_text][/toggle][/toggles][/vc_column][/vc_row]

  • FoodPoisoning

    Eu adoro ir em piscina, e eu só vou em piscina no calor, então eu fico do lado do calor mesmo.

  • Pingback: Linha Quente #13: Beto Carrero Morreu?! | Podflix()

  • Ventilador do jonathan

    Eu não gosto de calor pq alem de trabalhar muito as pessoas são bem ingratas…

    • Sushi0

      Jonathan, seu ingrato!

  • Leon Jones

    Eu prefiro calor, pq moro ha 5 anos em um lugar que o sol não aparece e só chove o ano inteiro.

    • slashrick

      Chuva também é bem zoado. Mas eu moraria tranquilamente em um lugar que não aparece sol.

  • Jean Brune Mello

    Não sei se deixar de sentir calor seria uma boa ideia, metabolicamente falando. Explico:
    Tenho uma amiga que possui um filho autista e que nasceu com o que costumam chamar de espinha bífida, uma má formação na coluna com impacto nos nervos espinhais, importante área, refletindo em algumas anormalias que incluem a incrível impossibilidade de sentir calor. E essa estranha condição, claro, naõ poderia existir sem causar problemas que seriam amenizados ou simplesmente não existiriam se o garoto tivesse essa sensação térmica regulada.

    Para citar apenas um exemplo: Apesar do nível de autismo do garoto lhe garantir uma vida adulta bem próxima da normal, em Janeiro, ele perdeu o caminho ao voltar pra casa após o horário de almoço e, quando foi achado, já no inicio da noite, possuia evidente sinais de desidratação e queimaduras de segundo grau que cobriam TODA a área do rosto, pescoço, ombros, peito, costas e barriga. Era plena tarde de verão no Hell de Janeiro quando ele se perdeu e termômetros passaram de 41ºC naquele dia. O cara só não se fodeu muito mais do que virar um camarão torrado desmaiado no asfalto porque uma atendente de uma loja qualquer o viu e conseguiu convercer que saisse do sol e o levou para um ambiente climatizado.

    Ao não poder sentir calor, corpo do cara simplesmente não tem a capacidade de notar que ele tá sendo tostado vivo pelo sol e não reage a isso, coisa que provavelmente também aconteceria com quem escolhesse nunca mais sentir calor.
    Deixar de torrar até a morte é um ato completamente involuntário pra pessoas normais, pelo qual o nosso corpo simplesmente tem a resposta automática de de reagir ao calor de alguma forma, à princípio nos fazendo suar, considerado incômodo por muitos, e, inclusive, te fazendo querer sair daquela condição nociva.

    Com isso, como a percepção de calor do ambiente e do próprio corpo é nula, também não existe qualquer reação corporal pra amenizar os efeitos. Vontade de tomar uma bebida fresca? Um banho? Querer fugir para uma sombra? Ligar o ventilador ou ar condicionado?
    Nada disso mais tem sentido pro seu corpo que nem sequer cogita a possibilidade de fazê-lo porque, para ele, tá tudo dentro da normalidade.

    Sendo assim, sair por aí cruzando o Egito, como disseram, ou até mesmo rir das pessoas derretendo no sol enquanto você passa suas horas “de boa”, sem sentir aquela sensação térmica de que o ambiente tá te fodendo, iria ou te matar em um futuro não tão longínquo, ou transformaria sua vida em um provável inferno regrado de medicamentos para queimaduras, cuidados e atenção extras ao sair no sol, horários controlados para ingestão de líquidos e consumo extra de alimentos ricos em água, como algumas frutas.

    Deixar de sentir calor não é um condição que vá te impedir de viver, mas eu sinceramente acho que é mais prático deixar o corpo resolver o problema da forma dele e poder tomar aquela coca-cola geladinha com o maior prazer do universo, do que ter que ficar atento 24/7, a menos, claro, que esse super poder de nunca mais sentir calor venha acompanhado de todo um pacote amenizador de efeitos colaterais de desidratação, queimaduras e afins. Nesse caso, tou com o Rick, mas vou sentir falta da Coca.

    • slashrick

      Muito foda a explicação! Mas acho que não sentir calor, tendo plena noção dos problemas que isso pode causar, é algo que da para contornar com um pouco de cuidado. Mas de fato, a melhor opção seria a solução “mágica”. =P

      • No caso não seria deixar de sentir calor, e sim o corpo refrigerar-se por mágica, ou não suar mais…

  • FHC

    Todo esse terror que o Rique tem do calor vem da dura vida que é viver no Rio. Eu sei como é isso e agradeço todos os dias por ter me mudado pra SC.

    • Henrique Tavares

      Eu já sofro com os verões em SC mesmo :O

      • FHC

        É pq tu não sabe oq é aguentar 50 graus!

  • SmokeE3 .

    Caraca… eu moro no Sul e não conheço calor há uns 4 anos… Recomendo vcs serem beta testers do bracelete que resfria o corpo 😛

  • Benício

    Como eu derreto com qualquer variação de temperatura, odeio completamente o calor e espero morra queimado.

  • IagoB028

    Cara, eu trabalho em Recife, Recife tem 2 modos: Raincife ( dilúvio ) ou Hellcife ( calor infernal ). Onde eu trabalho a galera aqui coloca o ar condicionado no -40º, o que é insuportável pra mim não importa a quantidade de roupa que eu esteja vestindo, quando eu finalmente posso ir pra casa eu faço o seguinte, entro no carro e ligo o ar condicionado do carro no modo mais quente que ele conseguir proporcionar, fico no carro uns 10min nesse calor, é um dos momentos mais felizes do meu dia… kkkkkkk

  • Eliomar Pereira

    Moro no Rio Grande do Sul. Amo verão, amo calor. Mil vezes melhor acordar de manhã cedinho para ir trabalhar no verão do que no inverno.
    No inverno ficamos presos de tanta roupa que temos de utilizar e dificulta muito o trabalho e o dia a dia.
    No verão podemos sair caminhar, viver mais do que no inverno, que acabamos ficando muito mais sedentários do que o normal.
    O extremo dos climas não é bom, exceto para quem não trabalha, pois pode aproveitar o aconchego do inverno ou a liberdade do verão.

    Sempre escuto vocês, mas nunca comento ?. Stalker kkkkkk.
    Continuem com o ótimo trabalho.

    • João Paulo Vilela

      Moro em Pernambuco. Quer trocar o calor daqui pelo frio dai?

      • Eliomar Pereira

        Toparia fácil ???

    • Kirano

      Viva com 40 graus e sensações térmicas maiores que isso. Sério. “sair e caminhar”, você levanta suado, anda 5 min e ta pingando. Toma banho se seca, abre a porta do banheiro e já ta suado.
      Pra quem trabalha então é pior ainda, eu trabalho na rua. Andar de um lugar pro outro significa costas marcadas com a mochila, pizzas e suor, muito suor.
      Ainda mais se for lugar como centro do Rio que não venta.
      No frio você anda e se ta com calor, tira o casaco, o ar gelado te da energia. Toma aquele banho quente que é sensacional, veste uma roupa quente e pronto.

  • frases_Mr.Satan

    Serio mesmo que os 4 participantes acreditam que o homem esteve na lua?

    • Daniel

    • Thiago Nunes

      Estatisticamente faz sentido, uai.

      Quer dizer, não sei. Quais são os últimos dados da porcentagem de pessoas que acha que o homem na Lua foi tudo produção Hollywoodiana?

    • Márvio

      E surpreendentemente os 4 acreditam que a terra é redonda.

      • slashrick

        Inclusive, acreditamos que a terra tem mais de 10.000 de idade.

      • frases_Mr.Satan

        seu microfone tava desligado no cast?

        • Márvio

          Sou a diarista da casa, sou obrigado a ouvir as blasfêmias do quarteto.

  • Thiago Nunes

    O Rick é tipo o Bane carioca: nasceu, cresceu e foi moldado pelo calor. Eu só conheço o calor.

    (Se bem que Rio Grande do Sul tem ambos os extremos de calor e frio intenso. Tô dando graças que estamos num raro clima fresquinho agora em março.)

    • slashrick
      • Thiago Nunes

        Primeiramente: 55 FODENDO GRAUS CELSIUS.
        Segundo: o primeiro comentário da notícia tinha que ser tombado como monumento histórico do Rio de Janeiro de tão malandro e estereótipo que é:
        “Caraca , nós do RJ , estamos sofrendo muito com esse calor…. Já bebi 9 chopps geladinhos , comi 2 porções de camarão frito com alho e agora vou ter a obrigação de comer também uma casquinha de siri… Tudo isso de bermuda, sem camisa num barzinho , olhando a praia…. Que sofrimento…..”

        • slashrick

          E esse comentário é um dos muitos motivos que me fizeram sair do RJ.

          Só nessa brincadeira já deve ter ido uns R$200,00 fora o que essa pessoa vai perder quando estiver indo pra casa e for assaltada por pivetes que ficam ali na zona sul. E realmente esse visual da praia imunda que tem por lá também deve ser excelente mesmo…

  • Vitor Calfa

    Senhores, eu sou ouvintes dos dois podcasts? Como eu me adequo as estatísticas nos números do evento?

    • slashrick

      Siga seu coração! Não vamos julgar <3

  • João Paulo Gonçalves

    Estou começando a acreditar que está valendo pagar os 100 doletas no Patreon para ser convidado para ir na Jogabilicasa. Aproveito essa brecha na segurança, dou uma engabelada em vocês, e faço a cópia dos arquivos brutos dos podcasts.

    Então iremos ouvir esses trechos “proibidos” que são cortados. >:-( (estou olhando para você, Corra!)

    Ou botem uma meta no Patreon para liberar isso. 🙂

    • Thiago Nunes

      Uma meta que obviamente cubra todos os custos de honorários JUDICIAIS, hahahaha

    • Gente, tem muita coisa proibida para vocês acharem que somos civilizados ainda hahaha

  • Jefferson Silva

    Tá muito fácil de responder esses negócios aí. Esqueceram que se você não sentir calor corre o risco constante de morrer de super aquecimento, tipo quando não se sente dor e pode morrer com uma necrose louca. E eu gosto de calor no geral.

  • Henrique Tavares

    Esse negócio das baratas que perseguem é muito verdade. Dia desses fui pra cozinha à noite, acendi a luz e quando cheguei na pia uma barata que tava embaixo de uma armarinho próximo já pulou no meu pé. QUE RAIVA. Ou então ela aparece no banheiro e ~casualmente~ fica parada no caminho. Se você tentar espantar ela é bem capaz de fugir voando na sua cara. É um bichinho bem desgraçado.

  • Pedro Guilherme

    Uma ideia de figure de vocês, acompanhando o Roland, seria caso vocês arrumassem um dildo massivamente grande e preto e chamassem ele de… Dark Tower.

  • Danilo Santos

    Eu tenho que registrar que o Linha Quente me traz muita alegria.

  • WandersonSantana

    Essa voz do sushi gente, chega fiquei todo arrepiado. Por mim a voz dele ficava assim pra sempre, não vou mentir hahaha

  • Henrique Tavares

    Mas Rick, além de sacrificar tantas coisas boas da vida, não sentir calor ainda morando no brasil vai ser prejudicial à saúde. É mais fácil, por exemplo, se mudar para a Patagônia ou norte do Canadá.

  • Lucas De Sousa Fechio

    Eu gosto do calor, no inverno eu fico bem irritado por ter que usar vários agasalhos, além do tempo ficar seco e os problemas de pele que eu tenho

  • Descontrolado

    Caralho, eu ODEIO baratas e insetos, é tipo um pânico sei lá, mas entre isso e palhaço, eu mudo até meu nome para Joe!!! Eu não consigo nem escutar a parte dos palhaços, na moral, puta que pariu, é madrugada agora, to sozinho no quarto – pelo menos eu acho que estou haha risada nervosa -, e imaginando tudo que estão falando, puta merda, não dá, não dá, não dá.

  • This is ridiculous man
X