Omae wa mou shindeiru!

Neste encontro que encerra a temporada do JACK, Superintendente Rick, Barão Sushi, Califa Corraini e o lord convidado Daimyo Fernando Mucioli choram, falam sobre o amor, a tristeza, a raiva, e cutucam os inimigos com os dedos enquanto discutem o clássico e importantíssimo Hokuto no Ken (Fist of the North Star).

O mangá e anime contam a história e as aventuras de Kenshiro, sucessor da arte milenar de assassinato Hokuto Shinken, num mundo pós holocausto nuclear que eliminou 70% da população mundial e criou um mundo litigiosamente perigosamente parecido com o de Mad Max.

Como sempre, é recomendado o consumo prévio da obra, pois todos os seus detalhes e minúcias serão expostos em completude.

É o fim de mais uma temporada do JACK, mas não temam: ao fim da reunião recebemos uma breve visita do próximo Lorde convidado e anunciamos qual será a obra a ser discutia pelos nobres cavalheiros no próximo mês (clique aqui caso queira saber de antemão) e qual irá encerar a próxima temporada (clique aqui caso queira saber de antemão).

O que achaste?

A sessão do clube continua com você: comente abaixo ou envie seu e-mail pelo formulário de contato ou para contato@jogabilida.de. Concorda conosco? Discorda? Dissemos algo herético? Sua opinião e feedback são muito importantes!

Links:

Trilha do Podcast

  • “Moonlight BLues”, por Bruce Maginnis
  • “Hokutosei”, de Hokuto no Ken
  • “Tough Boy”, de Hokuto no Ken
  • “Aku no Shuugeki”, de Hokuto no Ken
  • “A Grande Família”, por Dudu Nobre
  • “Ai wo Torimodoze”, de Hokuto no Ken

Blocos do Podcast

  • Omae Wa Mou Shindeiru: 0:00:00
  • Marcus Vinicius

    Ainda com fé de algum dia surgir um JACK de Samurai Champloo

  • Vitor Neves

    Hokuto no ken, um dos meus mangas preferidos. Ainda acho que Raoh/Ken Oh deveria ter dominado o mundo.

  • SmokeE3 .

    Ainda não ouvi, mas queria saber pq o Guts ta chorando.

    • Jacarepaguá – Avatar da Treta

      Pq comeram o rabo dele… De novo.

  • Vitor Neves

    saga de epilogo é bem melhor que a saga do Kaioh

  • italo

    Vcs leram online? to achando bem ruim de ler

    • Sushi0

      Sim. Eu li no pc mesmo, já o Rick e o Corraini leram no ipad.

  • Outrem

    Ainda na fé de um JACK de skip beat, pra mostra que anime shoujo não é só romance de novela ou garotas mágicas. Ou danganronpa mesmo já que o jogo ninguém joga.

    • Diego Gomes de Oliveira

      Manga shoujo eu recomendo Chihayafuru.

      • Panino, o Manino

        Arata a shit, Taichi best girl.

  • Hugo Mota

    “A Grande Família”, por Dudu Nobre

    Parabéns.

  • Diego Gomes de Oliveira

    Excelente cast, pessoal. Eu ouvi o cast sem ler. Como vcs disseram, para ler hokuto no Ken é necessário se colocar no contexto. Então preferi apenas ouvir o bom papo de vcs.
    Sobre a indicação do barakamon, o Sushi acertou em cheio. Na minha opinião, esse é um anime muito humano.

  • Pingback: JACK #15: Hokuto no Ken | Podflix()

  • rd kurda0

    O anime é no mesmo nivel do mangá?

    • Sushi0

      Infelizmente não

      • rd kurda0

        Lerei o mangá então! Obrigado.

  • SmokeE3 .

    Ainda com fé de algum dia surgir um JACK de Claymore (mangá já está finalizado há um tempo).

  • Jacarepaguá – Avatar da Treta

    Aew Caio e Rick… To contando com vcs na indicação de semana que vem depois de Barakamon… Olha a responsabilidade… Aquele Akira dos muleques zica… Aguardando ein… Grande abraço.

  • Fernando Ribeiro

    qual o nome do podcast do Mucioli?

  • Samuel Madeira

    Então pode-se dizer que Hokuto no Ken é o Matrix dos mangás, ou o Senhor dos Anéis do shounen.

  • Haniel Furtado

    Quando falaram de fumar em animes só veio na minha cabeça o Smoker do One Piece, kkk, que está sempre com dois charutos na boca e a roupa cheia de outros mais… kkkk

  • Caralho, vocês me deixaram com vontade de reler o mangá mais uma das 127340137481233 vezes.
    Hokuto no Ken é meio objeto de nostalgia pra mim já (li pela primeira vez há uns 10 anos, quado eu tinha de mais ou menos 12 pra 13 anos. Junto com Jojo que eu conheci na mesma época, foi uma parada que marcou bastante a minha adolescência. Foi o primeiro mangá que eu li inteiro na internet depois de já ter lido os Dragon Ball, YYH, CDZ da vida que tinham saído aqui na época), então ouvir o podcast de vocês me trouxe muitas memórias da minha primeira vez lendo ele e de algumas cenas emblemáticas que ficaram marcadas em brasa na minha mente até hoje.

    De vez em quando ainda releio Hokuto no Ken constantemente, mas só até o fim da luta contra o Raoh porque né… A segunda metade eu só li na época da primeira vez mesmo e tenho lembranças relativamente vagas dela. A primeira metade tá lá marcadinha em brasa quente na minha alma. Eu mesmo depois de já ter lido centenas de mangás diferentes na vida, por mais que eu não colocaria Hokuto no Ken se eu tivesse de fazer uma lista de “10 melhores mangás que eu já li”, ele facilmente entraria num top 10 de favoritos pessoais mesmo por conta de todos esses fatores, e por eu já ter um carinho bem grande pela história, pelos personagens e por esses grandes momentos emblemáticos. Eu concordo que há uma série de coisas extremamente datadas e questionáveis nele, mas não tem jeito, eu gosto genuinamente da saga de Kenshiro e ele foi uma das coisas que me fez mergulhar de cabeça no mundo dos mangás como eu tô mergulhado hoje. Independente de todo o contexto histórico e tal, eu quase sempre recomendo Hokuto no Ken pra todo mundo que eu conheço que gosta de mangá.

    Torço pro Tengu voltar em futuros programas porque ele já trouxe duas coisas que eu gosto muito pro JACK (Hokuto no Ken e Gundam) e fico aqui na torcida pra ele jogar Houshin Engi na roda de vocês um dia porque é um mangá bem legal que seria bacana mais gente conhecer também.

    Foi um bom programa e obrigado pelo incentivo pra ir finalmente ir assistir Barakamon e rever Nichijou, que é um dos meus animes favoritos.

  • DK

    NOOOSSSA, baixando Hokuto no Ken agora mesmo. e vcs ainda falam de barakamon! Eu terminei de ver ontem esse anime, terminei de ver ontem. Realmente um ótimo anime!

  • DK

    Sugestão: JACK de Jigoku Shoujo.

  • Armoderic

    Uma coisa curiosa do anime de Hokuto no Ken é que enquanto as músicas de abertura são bem legais – principalmente o You wa Shock (primeira temporada), Silent Survivor (acho que segunda ou sei lá qual), e o Hokuto no Ken 2 tem um tema de abertura bem legal (Tough Boy) e cujo uma parte do refrão, apesar de fazer sentido no contexto, fica um tanto engraçada: “We are livin´ livin´ the nineties, We still fight, fightin´ in the nineties”. Os temas de encerramento são em geral músicas românticas com um feeling bem antiquado e normalmente mostrando paisagens bucólicas, quase um tanto destoante.

    Porém, um ponto alto do anime é a luta do Ken e o Raoh, no anime eles usam uma música bem lenta – https://www.youtube.com/watch?v=Rf0R5Kib7y0 não é exatamente a cena mais bem animada do mundo, mas é bem legal e a música dá um toque diferente a cena.

  • Armoderic

    Uma coisa legal do anime do Hokuto no Ken eram as músicas de aberturas, como a da primeira temporada (You wa Shock) ou a da segunda (ou terceira) (Silent Survivor) e mesmo a do Hokuto no Ken 2 (Tough Boy), alias cuja uma parte da letra, apesar de fazer sentido no contexto, ainda sim era engraçada:

    “we a livin´ in the nineties, livin´ in the nineties,
    we still fight, fight´ in the nineties”.

    Curiosamente, as de encerramento em geral são música quase românticas (tanto quanto o Hokuto no
    Ken consegue ser) e bem lentas, normalmente mostrando alguma paisagem meio bucólica…

    Alias no anime, a luta do Ken e do Raoh, tem uma musica bem lenta e “triste” – o que dá um toque bem diferente a cena.

    • Panino, o Manino

      Acabei de ouvir e senti falta de comentarem das músicas. Nunca li nem assisti, mas conheço algumas música se acho elas muito boas. Música típica da décade de 1980, um som bem diferente do que se ouve hoje.

  • Vigo

    Existe alguma chance de um dia vocês falaram sobre Hunter X Hunter?

    Eu nunca vi um Shonen parecido com esse na vida, já tentei procurar outro que faz qualquer coisa semelhante ao Togashi mas nada me satisfaz. Que coisa fantástica é esse anime.

    Se eu fosse obrigado a escolher assistir apenas UMA série e UM anime durante o resto da vida, eu escolheria Breaking Bad e Hunter x Hunter com um sorrisão na cara.