was successfully added to your cart.

Após muitos adiamentos, confusões na produção e muita suspeita André, Rick, Sushi e Corraini se juntam novamente para um Vértice comum e diferente do último, o que já é melhor que nada.

Nesse podcast discutimos o polêmico Mighty No.9, o lindo, confortável e levemente inebriado VA-11 Hall-A, os rápidos e perigosos Nonstop Knight e Soul Hunter e também comentamos um pouco da nossas experiência com a Realidade Virtual no HTC Vive.

Nas notícias, discutimos o anúncio do anúncio de um novo Sonic e sua relevância, e também os riscos e consequências de serviços do mercado cinza como a G2A e seus esquemas.

Envie Sua Pergunta!

Tem alguma dúvida, questionamento ou tópico de discussão sobre games, a vida, o universo e métodos de ganhar dinheiro? Deixe-a nos comentários abaixo ou envie seu e-mail pelo formulário de contato ou para contato@jogabilida.de. Você pode também enviar sua pergunta pelo nosso Jogabilitumblr!

Links:

Trilha do Podcast

  • “Late Nite Funk Squad”, por David Tobin, Jeff Meegan e Malcolm Edmonstone
  • “Keine Lust”, por Rammstein

Blocos do Podcast

  • Mighty No.9: 00:08:20
  • Nonstop Knight e Soul Hunter: 00:28:37
  • VA-11 Hall-A : 00:40:18
  • HTC Vive: 00:57:47
  • Novo Sonic?: 01:11:34
  • Tiny Build vs G2A: 01:18:38
  • Pingback: Vértice #77: Pior que Nada – Podflix - Jogabilidade - Podcast()

  • Eu nunca enxerguei a Direct2Drive (que mudou de nome e agora ressuscitou), GamersGate e GreenManGaming como sites de revenda de keys de origem duvidosa. Para mim sempre foram sites confiáveis e nunca soube de problema do tipo, de ter keys invalidades porque eram roubadas de outro lugar. Mesma coisa com o GetGamesGo. Só não compra muito nessas lojas ainda hoje em dia porque o dólar tornou proibitivo essa prática. Isto é, com algumas exceções, como os jogos da Bethesda, que mesmo fazendo o câmbio normal, SEM O DESCONTO básico que o GMG sempre dá, sai mais em conta pagar em DÓLARES nesses sites que em Reais no Steam

  • Eu nunca entendi direito esses sites de venda de keys, até porque quase nenhum deixa claro como funciona.
    Esse sistema da G2A, tipo compra de keys, é bem parecido com o sistema do Ownando, não? Onde você paga um valor X e recebe keys aleatórias.
    Bizarro esse sistema aí e o Ownando tá crescendo bastante na web brasileira ultimamente.

    • André Campos

      Não, o G2A é tipo um Mercado Livre, as pessoas anunciam keys e outras compram.

  • Diego Lima

    Adorei o título do podcast, haha. Vou escutar

  • Kojiro Ruega

    Acho que tem que fazer piada sim, o twitter do Sonic tá de parabéns.

  • Kojiro Ruega

    Pessoal fala mal da pirataria, mas na hora de assistir aquele pornozão com cavalos não vejo ninguem reclamando.

    • Crow

      Ainda por cima usa adblock no site de stream

  • afonsilho

    Essa critica sobre o Mighty No.9 sobre a velocidade do jogo e sempre ter um obstáculo que impede e para o protagonista que era pra ser rápido, quebra o ritmo do jogo, sempre critiquei isso nos jogos do Sonic, o personagem que era pra ser rápido, era pra vc passar as fases rápido e sempre tem alguma coisa pra parar ele por besteira e quebrar o ritmo que era pra ser muito rápido já que o personagem é assim.

  • Heider Mesquita

    O Sushi sempre traz jogos fódas,muito legal esse VA-11 Hall-A

  • Tem uma galera falando que está rolando “bullying” e “má vontade” com o Mighty No. 9, mas é fácil perceber que a maioria das críticas nos mais diversos veículos se assemelham bastante. O jogo realmente é bem qualquer coisa.

  • Panda Pedinte

    Interessante a discussão sobre os sites de revenda de keys, desde que conheci o G2A sempre achei bem estranho os preços que os jogos eram oferecidos. Há alguns anos atrás a Ubisoft revogou várias licensas do Far Cry 4 que haviam sido vendidas através do G2A, a Devolver Digital também já tinha se pronunciado a respeito das keys sendo vendidas lá, que não foram adquiridas de forma legítima e seriam canceladas. https://twitter.com/devolverdigital/status/466577590606520320

    O site CDKeys opera de forma diferente do G2A, o que eles fazem é comprar diretamente de distribuidoras várias cópias físicas de jogos e vendem as chaves de ativação dos jogos, essas cópias de jogos geralmente são compradas de regiões da Europa onde a versão física sai mais barata que a cópia digital. O GMG possui parceria com grandes publishers, mas tiveram alguns problemas com a CDPR que durante o lançamento do The Witcher 3 não forneceram as keys diretamente para o GMG, então a loja adquiriu várias chaves através de alguma outra fonte, o que causou um certo atrito entre ambas as partes, mas se me recordo bem chegaram em um acordo o GMG vendeu o jogo sem o disconto que estava oferecendo, igualando ao preço que estava no GOG.

    • Crow

      Excelente comentário, tirou muitas duvidas minhas.

  • Schmidtera

    Sonic nunca foi bom??? Tudo bem que tem muitos jogos péssimos, mas tem muitos jogos ótimos!

    • leoleonardo85

      É o hate cara, o hate.

      • João Cláudio Fidelis

        Bom é Bubsy! 😛

        • leoleonardo85

          hahahaahahhahhaahahah

  • Henrique Tavares

    Quando jogava esses clickers depois eu me sentia bem da forma que o Rick falou. Mas depois quando paro pra pensar realmente é uma versão muito crua do que outros jogos, e até a vida, fazem.

  • leoleonardo85

    É incrível como pessoa não gosta de Sonic, falar que nunca teve um jogo realmente bom é uma afronta.

    Os jogos do Mega Drive são ótimos, todos eles, Sonic 3 & Knuckles (Sonic & Knuckles com cartucho do Sonic 3) é um jogaço de ponta a ponta, não falha em nada e é lindíssimo até hoje.

    Claro, não vou vir aqui dizer que Sonic Heroes é bom, porque não é, é bem ruim e nada salva ali, assim como outros jogos do Sonic.

    Mas Sonic Generations seja nas fases 2D, seja nas fases 3D é excelente.

    E ainda tem os Sonic All-stars que muita gente gastou mais tempo jogando que Mario Kart.