Sejam bem vindos à mais um encontro do grupo de mais garbo e elegância do mundo da discussão da arte da animação japonesa!

Nessa desolada reunião, Superintendente Rick, Barão Sushi, Califa Corraini e Ditador Ivan Mizanzuk lamentam o tempo que passaram com o esquizofrênico, apressado e decepcionante Tokyo Ghoul, que conta a história de um jovem que, após um acidente, descobre ter perdido sua humanidade e se transformado num ser devorador de carne humana, alegria, diversão e desenvolvimento de personagem.

Lembrando que nossa discussão baseia-se apenas na primeira temporada do anime, não levando em conta o mangá ou a segunda temporada.

Ao final do debate, um dos outros membros será sorteado e escolherá o tema da próxima reunião. Mas caso já queira saber de antemão, clique aqui.

O que achaste?

A sessão do clube continua com você: comente abaixo ou envie seu e-mail pelo formulário de contato ou para contato@jogabilida.de. Concorda conosco? Discorda? Dissemos algo herético? Sua opinião e feedback são muito importantes!

Links:

Trilha do Podcast

  • “Moonlight Blues”, por Bruce Maginnis
  • “Tell Me Why”, por Penpals

Blocos do Podcast

  • Desculpa: 0:00:00
  • Jandson Vilagrand Joestar

    Meu deus, os filmes de Berserk são bem ruins, prefiro o mangá

    • André Campos

      Todo mundo prefere. Mas é os filmes ou não tem discussão sobre Berserk.

      • Pedro Guilherme

        Acho que exageram um pouco sobre os filmes, eles são bons em várias coisas também, embora falte muita coisa. Dá pra discutir bem os temas levantados pelo arco e dá tempo de todo mundo assistir. Acho uma ótima recomendação pro JACK.

      • Felipe de Albuquerque

        Poxa vida, não era melhor ter guardado Berserk pra um episódio especial, tipo como foi com Hokuto no Ken? Se vocês conseguiram fazer sobre Hokuto daria pra fazer sobre o arco da era de ouro no mangá, não é?

        • Caio Uchôa

          Concordo completamente, essa série merecia um episodio especial de mais de duas horas.

        • Sushi0

          Tem umas diferenças: O mangá do Berserk no momento tem 100 capítulos a mais do que Hokuto no Ken, que já tinha bastante pro tempo que a gente tem entre os programas. Hokuto no Ken tinha fim, o mangá do Berserk não e é melhor falar de um arco completo do que só parar no meio do que tá rolando. Hokuto no Ken não tinha um animação descente pra ser assistida, já Berserk tem os filmes que são excelentes.
          Como metade do grupo já acompanha talvez rola um sobre o mangá quando ele for completado, até lá é só sobre os filmes mesmo.

          • Caio_RB

            Ou seja, nunca. haha

      • Ayana

        Por que só pode os filmes? O anime de Berserk dos anos 90 é muito bom, embora não tivesse muito orçamento.

        • André Campos

          Entre eles e os filmes, os filmes são BEM melhores.

      • Gabriel Barbosa

        E se vcs lessem até a golden age arc e em uma outra oportunidade fizessem outro jack de berserk(mangá)?Apesar de deixarem lacunas no fim, da pra ter muito papo só sobre esse arco.

    • Daniel Marques

      MELHOR TRILOGIA.

    • slashrick

      Acho os filmes excelentes. E agora? D=

      • Pedro Guilherme

        Os filmes são ótimos, fica devendo ao mangá, mas o anime antigo também ficava. Mesmo assim, apesar da ausência de cenas, o desenvolvimento dos personagens e os temas do arco estão lá, o aprofundamento fica pro mangá mesmo.

        • Cesaeer

          Os filmes são super resumidos, é muita cena de sexo e pouca imersão. Vai ver eles optam pela opção mais rápida pela falta de tempo mesmo.

          • Pedro Guilherme

            Eu acho que a gente não viu a mesma trilogia de filmes, tem pouquíssimas cenas de sexo e todas que tem são importantes pra história. São resumos, falta cenas importantes, mas a essência tá lá, os temas estão lá, tem muita coisa que pode ser debatida e tem muitas coisas boas nos filmes também.

  • Pedro Guilherme

    https://www.youtube.com/watch?v=Ur-8ibFvAY4
    Eu poderia ter poupado o tempo de vocês postando isso no tópico do outro Jack, mas acho que ninguém veria de qualquer forma. Ehueahuaeh

    Enfim, é um bom resumo.

    • LcY

      “Probably does in the manga” é definitivamente a resposta para todas as perguntas feitas no programa

  • Matheus Rodrigues Martins

    Quis xingar(na verdade xinguei) o mizanzuk no final do Jack passado por indicar Tokyo Ghoul sem terminar de ver. É muito corrido e desvirtua muito do mangá. Mas pelo menos não viram a segunda temporada, que toma um rumo completamente NADAVÊ com o mangá e aí vira uma merda completa.
    Mas bora ouvir.

  • Kandongas

    Assim como o próximo anime, a série Tokyo Ghoul é muito boa no mangá, mas na parte animada é uma bosta. Eu também não gostei do anime, mas como já lia o mangá não abandonei a série, só abandonei o anime.

  • Felipe de Albuquerque

    Eu gosto muito do Jack, mas esse anime de tokyo ghoul não dá não. Acho que vou pular esse episódio. 🙁

    • Fabiano Castro

      Tokyo Ghoul é uma merda mesmo. Mas o episódio tá bem legal (spoiler: ninguém gostou do anime)

  • Gabriel Macena

    Passando pra falar que de vez em quando é bom falar de animes duvidosos.

  • Dariecão

    Vou continuar com minha campanha para chamarem a Condessa Pam pra próxima rodada 😀

  • Felipe Almeida

    Achei medíocre o anime, mas gostei bastante da violência gratuita… vou ver de ler o mangá porque um monte de gente já me falou que é bem melhor que o anime.
    Única decepção mesmo foi a segunda temporada, que não deveria nem existir, é bem ruim.

  • FHC

    Ainda estou no aguardo de um Jack de Serial Experiments Lain!
    Vou perturbar do Ivan no twitter, vai q dar certo

    • Pedro Zeferino

      Apoio a ideia. 😀
      Entretanto, acho algo bem improvável. Se, até agora, eles não falaram sobre Evangelion (Que é um anime bem mais famoso, e menos “complicado”) quem dera Serial Experiments Lain. Porém, acho que renderia uma ótima discussão. É um anime bem “subjetivo”, então seria um ótimo podcast.

      Vamos ver o que vem por aí.

    • Sushi0

      De mim a indicação não deve partir, eu tenho uma preguiça de Lain…

      • E outras obras do diretor de Lain Sushi,tu viu alguma?(Ghost Hound,Kino No Habi,Haibane Renmei,etc…)

        • Sushi0

          Pior que não conheço as outras obras dele =/

        • Artur Antunes

          Kino no Habi é recomedadíssimo. Vale muito mais a pena que Lain. Na minha opinião, é uma obra que se parece muito com “Pequeno Príncipe”.

      • VictorHK1

        [2]

      • FHC

        Preguiça de 10 episódios de Lain, mas assistiram essa bosta de Tokyo Ghoul ahuahauah

        • Sushi0

          O problema não é o número de episódios e sim o anime mesmo que me dá preguiça.
          E relaxa que tokyo ghoul não seria uma indicação que também partiria de mim e como falei no programa, só terminei porque tinha que terminar pra falar

    • Lumpemproletariado Latino

      Ahem..favor respeitar a fila…todo mundo sabe que o Ivão deve ser incomodado com pedido de ANTICAST DE EVANGELION ou lidar com as consequencias (que é…annn..nada..nadinha mesmo)

    • Acho bem dificil recomendarem Lain mesmo,mas eu aguardo eles falarem de Haibane Renmei,só não sei se alguém dele viu….

    • KoiSTB

      Precisamos tomar medidas mais agressivas para impor a nossa vontade na escolha de pauta. Sugiro a criação de uma petição no Avaaz, visto que é um método extremamente efetivo de se reivindicar algo na internet.

      • FHC

        AHAUAHUAHAUAHUAHAUAHUAHAU Já tem meu voto

  • Lucas Vinicius

    Não sei se vão ler meu comentário mas ai vai uma tentativa….Acho que vai ficar mais difícil de pegar coisas recentes e pegar só o que chamamos de primeira temporada porque ta rolando uma coisa no mercado de anime chamado Split cour e é o que aconteceu com Tokyo Ghoul(não vou defender a qualidade da historia).Vou deixar um link mas resumindo o que eles estão fazendo é uma temporada de 24 episódios escrito para serem 24 episódios,e para não ter tantas quedas de qualidade e coisas assim eles dividem em 12 episódios e depois de uns 3 meses lançam mais 12 episódios ai acaba que o que chamamos de primeira temporada em algumas ocasiões e metade de uma temporada que teve algo parecido com Hiato.E os números de obras que estão fazendo isso está aumentando. https://www.youtube.com/watch?v=BaNCGGTU-3U

    • Lumpemproletariado Latino

      Split Cu ? Vou procurar no Xvideos…obrigado pela indicação 🙂

      • Lucas Vinicius

        Boa sorte para você

    • Lucas Santana

      Eu acho isso bom, principalmente em séries que usam muito movimento, como Haikyuu e Gintama. A queda de qualidade não fica muito visível e com a venda dos Blurays durante o “hiato” eles conseguem fazer uma animação talvez até melhor. É como se o anime pagasse ele mesmo.

      • Lucas Vinicius

        Sim meu medo é eles pegarem para um cast uma serie boa e pegar só metade porque tem animes que eles não se preocupam com o clifferhanger nessa parte eles tao concetrado no climax no ep 16 por exemplo.

  • Bred Mello

    Basicamente boa parte do que vocês não gostaram é as mudanças que a turma do anime fez dando seu toque “Snyder” de ser diferentão.

  • Manteiga No Biscoito

    Anime bem ruim, Ivan deveria ter indicado o Parasyte.

    • Dudley_o_Boxista

      Parasyte <3

  • Vinicius Bech

    Um amigo me recomendou o anime antes, e até hoje não tinha visto, muito obrigado por terem me poupado disso. BTW, qual a música do final?

    • Pedro Zeferino

      Tell Me Why – Penpals
      É a música que toca na abertura do anime Berserk.

  • Dudley_o_Boxista

    Mixed feelings com a próxima recomendação, nunca assisti os filmes, mas eu amo o mangá e provavelmente não vou curtir os prováveis cortes que devem ter porque o filme não comporta tudo que tá na Golden Age do mangá. Mas tem tempo que queria ver a trilogia, tá aí a desculpa que eu precisava. Agora, não sei se os filmes são melhores que o anime antigo, mas que a trilha sonora do anime antigo é de um nível desgraçadamente foda, acho indiscutível. No aguardo do próximo.

  • Manteiga No Biscoito

    Estranho, sempre ouvi as pessoas falando bem dos filmes de Berserk.

    • Outrem

      Opinião dos Fãs: são excelentes!
      Opinião dos Fanboys: são uma bosta (como qualquer coisa que não seja o original)
      Opinião de quem nunca leu o manga e não conhecia a série: são muito corridos e não apresentam a série direito para novos consumidores (o que é de se esperar já eram 3 filmes de uma hora e meia de duração cada para contar um arco de 100 capítulos)

  • Scott Pilgrim boladão

    gente, o anime n termina na primeira temporada. Sabe todas as coisas q vcs falam q n foram exploradas na primeira? Entao, a segunda temporada é só isso. o anime n conclui pq é só a metade.

  • Scott Pilgrim boladão

    Tem varias cenas bem discretas no anime q confundiram a historia pra vcs. Por exemplo: O medico q operou o kaneki n é um retardado com diploma, ele fez de proposito. Se vc for ver, ele da um sorrisinho maligno quando ta conversando com o kaneki. Mais a frente ele tem um papel vital pra trama.
    Tokyo Ghoul, apesar de tudo, é muito sutil no seu enrredo. Te q ficar meio esperto nisso pra aproveitar. Assistir ate o fim tambem ajuda.

    • Lucas Vinicius

      Pois é foi um split cour(o que eles não sabiam e nem tinham como saber ja que colocaram um subtítulo na segunda metade) o que eles viram na verdade foi metade do que devia ser a temporada(não sei melhora ou se gostariam mais mas fica mais difícil analisar uma temporada quando você vê metade.)

  • Scott Pilgrim boladão

    Serio, c vcs curtiram o ultimo arco, assistam a segunda temporada. O anime n acaba ali!

  • uten

    Tokyo Ghoul: o anime é corrido demais, corta partes importantes e muda cenas de ordem desnecessariamente. A segunda temporada pra piorar simplesmente cria uma história nova que é muito inferior à do mangá.

    Berserk: tirando o terceiro filme que se foca numa unica coisa, acho que os outros dois cortam coisas importantes e parecem uma colagem de momentos desconexos sem construção nenhuma e extremamente corridos, e que simplesmente não funcionam como um filme. O anime antigo por ter mais tempo consegue um desenvolvimento mais tranquilo, embora ainda corte coisas importantes do mangá. Pessoalmente eu preferiria um fim de temporada do anime antigo ou do mangá, mas de qualquer forma, fico no aguardo da opinião dos senhores no proximo cast.

    • Ayana

      subahibi never ;_;

  • Quem?

    AKIRAAAAAAAAAAAAAAA!!!

    • Lumpemproletariado Latino

      TETSUOOOOOOOOOOOOOO !

      • Quem?

        KANEDAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA!!

        • Lumpemproletariado Latino

          YAMAGATAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA !

  • Osvaldo

    Sabia que viria esculacho nesse cast kkk. A escolha do Mizanzuki não foi das melhores
    Excelente cast pessoal, compartilho bastante das suas opiniões sobre o anime, tanto pelos INÚMEROS pontos negativos, mas pelos positivos também

  • Evilasio Costa Junior

    Yo!
    Vi muito pouco do anime e no curti tanto não. Aliás a mesma banda da op tah fazendo a op de outro anime nessa e é um anime bem bacana que se chama 91 days, mas cara se em Tokyo Ghoul vocês achavam que não combinava, em 91 days… Sobre os filmes de Berserk, a maior parte das criticas que vejo é principalmente pelo lance de ser em cgi. Eu particularmente acho ok e agradeço terem refeito o Eclipse, porque ficou muito maneiro no filme e no anime… (E quem leu o mangá sabe como todo eclipse é foda). Tem uma galera que tá gostando do novo anime, mesmo sabendo que a qualidade técnica é fraco, pelo tempo que esperamos pra ver animado algo diferente da Era de Ouro. Inclusive essa saga atual do anime é minha preferida no mangá.

    Sobre Nichijou, é um anime muito bom, mas certamente tentem não levantar a expectativa no máximo, porque tem certas piadas que só muito “japonesas”, então muita gente tende a se irritar um pouco com isso (por besteira digo eu). Ah! A garotinha cientista do Nichijou lembra muito a protagonista de Pani Pani Dash e vale a pena ver esse anime também se gostarem de Nichijou mesmo.

    De dica mesmo.. é muita coisa… para final de temporada (pode ser daqui a umas 2) assistam Uchuu Kyoudai, um dos melhores animes dessa última década.

    • Sushi0

      A protagonista parece a Hakase? Então irei passar muito longe porque a Hakase é a pior coisa de Nichijou. Todas as vezes que eu revi eu pulei as esquetes com ela de tão insuportável.

      • Evilasio Costa Junior

        Parece sim. Então melhor passar longe, embora a proposta do Pani Pani Dash seja outra. Uma outra série de comédia curtinha que devem gostar é o Danshi Kokousei no Nichijou.

        • Sushi0

          Relaxa que o pessoal leu o mangá já

          • Evilasio Costa Junior

            Tranquilo. Só relatando mesmo. Se gostarem de berserk, também indico Guin Saga. É dark fantasy também, mas é um tanto mais leve e mais claro.

      • Lucas Santana

        Estou me sentindo até bem agora por não gostar da kawaii desu ne Hakase, lá em casa ninguém aguenta a voz dela, chega na parte dela é diminuir a TV, irrita XD

  • Caio Uchôa

    Alguma previsão sobre quando vai ter um JACK sobre JoJo’s Bizarre Adventures?

    • Sushi0

      Sem previsões. E como eu sou o único que assistiu e não pretendo indicar na próxima eu imagino que não será em breve.

      • Caio Uchôa

        OH NO!!

    • por favor, quero ouvir um JACK sobre essa obra prima chamada Jojo’s Bizarre Adventure

  • Osvaldo

    Uma outra coisa, qual é o nome daquele outro anime que vocês vão fazer um cast depois? Nichijou, é isso?

    • Sushi0

      Esse mesmo!

  • Rodrigo Oliver

    Essa vez fiz o dever de cara direitinho e vi toda a primeira temporada do anime que tem duas e li todo o primeiro mangá. Sobre o anime não tem muito o que falar é corrido, cheio de pontas soltas, e o pior de tudo tem uma ótima premissa mas deixa praticamente tudo de mais interessante sem desenvolvimento, exceto aquele momento interessante do Kaneki sendo torturado. Depois de ver o anime descobri que tinha uma segunda temporada que seguia uma linha diferente do mangá original, como a experiência da primeira temporada não foi das melhores nem passei perto. Apesar dos problemas do anime li muita gente falando “o mangá explica mais é muito melhor” então lá fui eu pra ver se eu encontrava finalmente o desenvolvimento das premissas interessantes presentes no anime, no fim das contas não tive isso. O mangá explica melhor várias partes que o anime deixa de apresentar ou o faz que forma corrida mas continua com a mesma falha, não desenvolve os temas que pra mim seriam os mais interessantes, como a questão da monstruosidade tantos dos humanos quanto dos ghouls e do Kaneki como ser que transita entre esses dois mundos.

    Enfim, gostei do Jack 18, não foi o melhor dos animes mas eu gosto justamente por ver umas coisas novas, se eu já tivesse visto todos os animes não teria graça. Bom trabalho gente.

  • Whateverman

    Os filmes de berserk são tão bons que constroem o guts com um flashback com som abafado cheio de blur que não explica nada

    • slashrick

      Acho que tem muita construção do Guts (e do Grif) que acontecem durante os filmes =P Não é só aquele backstory que constrói o personagem. (Se bem que realmente teria sido bom explorar um pouco mais o passado dele)

  • SmokeE3 .

    Recomendo o anime Claymore, são só 26 episódios. No mangá, o início é meio mal desenhado, mas você nota como o escritor melhora.

    • Osvaldo

      Claymore é f0d4bagar4i
      Uma das melhores coisas que já vi na vida

    • Sushi0

      Olha, se depender da minha escolha não vai rolar dele não, eu achei bem mais ou menos na época.

      • SmokeE3 .

        De certa forma eu concordo com vc, já que o anime acaba rápido e no meio do nada, mas acredito que ele sirva como base de entrada pra quem querer continuar á ver a história pelo mangá, que é mais interessante.

  • Kirano

    Então, não vi Tokhyo Goul e não vou ver. Obrigado. Vim só tentar defender algo que vocês reclamaram bastante. Que é o final de temporada não fechado.

    Existem séries e séries que usam isso. Tudo depende do que se trabalha no final. Você pode fazer estilo americano, onde você fecha alguma coisa, o que seria considerado o arco da temporada, mas deixa algo em aberto como cliff hanger pra próxima temporada. Ou você pode fazer isso, deixa mais perguntas e mais perguntas para a próxima season. Usarei este exemplo, mas não foi ele quem iniciou isso: ao estilo Lost. Eu não vejo isso como essencialmente algo ruim, foi o que fez Lost ser o que era. Mais recente um anime que eu gostei bastante, Aldnoah.Zero, termina a primeira temporada fechando poucas coisas da trama e com um cliff hanger que te deixa fudido pela próxima temporada. Se você fica com “CARALHO, COMO? PORQUE? QUERO MAIS” no final da temporada eu considero a ideia de quem idealizou isso um sucesso, agora se você termina e o “não final” te incomoda, foi mal feito. E é isso, eu não acho que o “final sem final” seja ruim per si, você acha ruim quando ele é mal executado. E isso é culpa da execução e não da ferramenta.

    Quando falaram de Berserk mangá e falaram que o Miura é um dos que menos trabalha, ele ainda perde pro de HxH que fica anos sem entregar e nem é pra fazer um traço foda como o do Miura.
    E falando em traços fodas, eu não sei se porque vocês não leram ou simplesmente não acham isso tudo. Mas eu coloco Hiroaki Samura num nivel ou igual ou superior aos citados. Samura é o mangaká de Blade (no brasil Blade – A Lamina do Imortal, porque gostamos de subtítulos). As cenas de luta dele são incriveis. A construção de cena dele é fantástica, prncipalmente quando ele coloca as onomatopeias dentro da construção. O nankin dele é uma escrotidão. Quando ele desenha você vê o movimento ali. É algo surreal. Não atoa Blade é um dos mangás mais bonitos que eu já li.

    No mais há alguma chance de vermos vocês discutirem algum trabalho do mangaká Naoki Urusawa? Ele é o autor de obras bem renomadas como Monster e 20th Century Boys. Mas que não são os únicos trabalhos fodas dele. Pluto é bem fantástico e foi um trabalho que teve bastante coisa de Osamu Tezuka nele. Billy Bat, seu último trabalho que também é sensacional. Acho que embora o traço dele seja bem característico, e isso não é ruim, as histórias dele são fantásticas. 20th Century Boys é de dar nó na cabeça e seria legal ver uma discussão sobre. E qualquer mangá dele da um podcast foda. Fica a dica, se não conhecem.

    • Heider Mesquita

      Depois de Puella Magi e Tokyo Boring duvido muito vermos algo do Urasawa por aqui…..

      • slashrick

        Pq? Monster é um dos animes favoritos do André.

        Não entendi pq não rolaria falar de alguma obra dele no Jack.

        • Kirano

          Cada dia gosto mais de ter o mesmo nome que ele. o/
          Brincadeiras a parte, então fico feliz com a chance de ter algo. Obrigado e continuem o trabalho foda de vocês.

        • Heider Mesquita

          Então resta esperar o André aparecer em um Jack e salvar a pátria com Monster lol

    • José Verissimo

      No caso de Blade na verdade o que acrescentaram no Brasil foi o título principal, porque em japonês é Mugen no Juunin e em inglês Blade of The Immortal.

      Gostaria bastante de algo do Naoki Urasawa também. Além dos que tu já citou, comecei a acompanhar o primeiro grande sucesso dele no Japão (onde foi realmente gigante), mas que por algum motivo é obscuro no ocidente: Yawara!, um mangá de comédia, romance, slice of life e judô com traço moe na década de 1980 ô.o Está sendo uma grata surpresa.

      • Kirano

        O que eu disse do subtitulo é que poderia ser apenas “Lamina do Imortal” o nome. Mas por o mangá ser bastante conhecido por “Blade” eles não queriam fazer “Blade of the immortal” então deram o subtitulo. É tipo, Kickass – Quebrando tudo.

        E vou caçar Yawara! porque todos os trabalhos que li dele, os que citei, eu fiquei sempre no final de boca aberta pro quão bom é. 20th você termina de ler e fica com ele na cabeça uns dias ainda digerindo a trama complexa que tem ali. Meu único problema com ele é o traço, que após ler tantos trabalhos dele consecutivos, você percebe a característica dele. Não que isso seja ruim realmente. Mas as vezes fica meio estranho, quando lido direto. É tipo FMA e Aslam, que é impossivel ler Aslam sem ficar “olha, o Aslam é o Ed. Fulaninho é o Roy Mustang”, porque o traço não muda. Já no Urasawa, que de Monster até Blly Bat tem 22 anos, você percebe a evolução do traço dele, mas ainda assim ele tem muito quê de parecido. O que algumas pessoas vão defender que é a assinatura dele, ou personalidade.

        E pra ajudar a ter algo do Urasawa aqui, Monster tem um anime que dizem ser quase uma recriação do mangá e 20th Century Boys tem uma trilogia de filmes, que dizem embora ter cortado bastante coisa ainda é bem fiel.

        • José Verissimo

          Nossa, mas esse de Kckass é muito ruim hauhasuhsauhsauhsa
          Blade – A Lâmina do Imortal talvez seja um pouco piegas, mas ao menos não parece filme genérico da sessão da tar… Péra… Parece sim O_O”… … Well, ao menos soa bem.

          HMMMMM… Eu entendo o que tu quer dizer, mas no caso do Urasawa (e da Arakawa também) eu não encaro como problemas. Acho que é mais a questão de traço característico que tu falou mesmo, porque ele tem uma variedade bem grande de visuais de personagens. Como ouvi num podcast uma vez “ele até desenha japonês com cara de japonês. E tu consegue diferenciar uns dos outros, coisa que às vezes me atrapalho na vida real”. Acho que isso fica objetivamente ruim quando chega no nível Masami Kurumada ou Yoichi Takahashi. Mas sei lá, pode ser uma questão de que na minha “régua de percepção” tem uma tolerância maior que na tua, não que um de nós esteja errado.
          Se achar o mangá de Yawara! completo e traduzido pra alguma língua ocidental, POR FAVOR, faça um escândalo! O anime tem completo legendado em inglês ao menos… =

          • Kirano

            Engraçado a parada do Japonês. É que eu recomendei Monster pra um amigo meu, dizendo que tinha o mangá e o anime, que eu não vi mas que pelo que dizem é fidedigno. Ai ele foi ver o anime e disse que não conseguiu ver muito “porque alemães não parecem alemães, todos parecem japoneses”.
            E se servir em inglês com capítulos online. Eu achei no Mangafox e Mangareader. Eu geralmente procuro no Mangafox, mangareader, mangahere, mangapanda e mangaeden. Porque são os que funcionam com o app que eu tenho em iOS pra ler mangás (que é divino), chamado Manga Storm.

          • José Verissimo

            Coloca teu amigo pra ler 20th CB então e comparar com Monster. hasuhasuhasuasuha
            Mas pensando mais sobre isso, não sei se teu amigo era na época consumidor assíduo de mangás e animes. Me ocorreu agora que não seria o caso (óbvio que uma suposição, mas sustentaria a tese), e que para uma pessoa não acostumada aos mangás, Monster, ou Urasawa como conjunto da obra, soaria muito japonês, afinal o desenhista é um japonês que sempre morou no Japão, vendo japoneses, sendo influenciado prioritariamente por artistas japoneses. Enquanto no meu caso, a primeira experiência com uma obra do Urasawa foi 20th Century Boys, depois de já ter uma bagagem considerável de consumo de mangás e animes (o que também ocorreu com o podcaster que mencionei), estabelecendo na minha mente um conceito mais padrão de “traço de mangá/anime” (o olhão enorme, os cabelos extravagantes etc), então, olhando para 20th Century Boys e depois Monster, para mim ficou clara essa diferenciação de etnia. Yoshitsune = Japonês, Grimmer = Europeu; Yukiji = Japonesa, Eva = Européia.

            Eu já tinha olhado o Mangafox e o Mangareader. Olhei os outros também, mas todos pegam do mesmo scantrad, que dropou o projeto no capítulo 92 há mais de um ano. O mangá completo tem 331 =(
            O plano agora é: Em 4 anos aprender japonês intermediário, viajar ao Japão pras Olimpíadas 2020, comprar os kazenban de Yawara! por lá poder ler em japonês mesmo. hasuhasuashuahsuha

          • Kirano

            Ah D: não sabia que tinha mais do 92. Ok, me ferrei agora.

  • Gabriel Barbosa

    Rola um jack do steins gate ou do recente Re:zero? Animes que tratam de viagem no tempo..

    • Sushi0

      Não sei quando, mas eu devo indicar o Steins Gate em algum momento só pra usar como desculpa pra ver ele e ver se é essa maravilha toda que falam que ele é.

      • Tairon

        Cara, Steins;Gate é uma das melhores coisas que a humanidade já fez. ^^

      • alvaro

        não essa maravilha toda não vá esperando isso espero algo 6/10 porque ele é 8

  • José Verissimo

    Foi uma experiência interessante recomendar algo inédito para todos os participantes. Entretanto, é também uma aposta mais arriscada, que no caso acabou não dando certo. O podcast ficou muito bom apesar da qualidade da obra abordada. =)

    • André Campos

      Discordo que não tenha dado certo, como o Sushi disse: é bom discutir coisas ruins também, até pra poder apreciar melhor as boas.

      • José Verissimo

        Sim, é uma boa visão. O “não deu certo” é no sentido de “havia expectativa de ser interessante” e acabou que foi mais irritante e decepcionante do que uma experiência boa ou da qual se pudesse retirar mais coisas positivas. =)

    • Sushi0

      Eu discordo, eu gosto quando é algo que ninguém viu e assistimos na surpresa já que a ideia do programa é exatamente essa, a gente usar ele pra descobrirmos coisas novas e da chance para algo que não viríamos normalmente

      • José Verissimo

        O “não deu certo” é no sentido de “havia expectativa de a obra ser interessante” e acabou que foi mais irritante e decepcionante do que uma experiência boa ou da qual se pudesse retirar mais coisas positivas. Pro caso específico, não pra “metodologia” de escolha da obra. Super aprovo escolherem novamente uma obra da qual se tem curiosidade mas nunca foi consumida anteriormente. =)

  • Julio Moreira

    Ótimo cast
    Assisti na época ainda do seu lançamento, cheguei a expressar a mesma ideia sobre o anime e expressando com meus amigos eu era o critico e sua via a visão ruim do anime na época nao cheguei a olhar outros comentários ou reviews do anime e fico ate livre de saber que nao sou eu que sou o chato da turma.
    Com relação ao proximo cast cheguei a ver o anime mais antigo e a historia entre o griffith e o guts achei otimo e queria mais episodios do anime.
    Como sou um ouvinte novo gostaria que deixassem nos nome destacado no proprio site e como cheguei a perceber em algum periodo voces conversam sobre um anime maior com mais tempo poderia tambem deixar o nome destacado para uma facil visualização, isso facilitaria muito a minha vida 😀

  • VictorHK1

    Sério que estão de mimimi com os filmes de Berserk? Ah, para. São ótimos, e servem bem pra substituir o anime dos anos 90, que ficou datado sim. Não interessa se são resumidos, se mangá>, se anime dos anos 90>, se desenvolvimento de personagens e a + b são isso e aquilo. Os filmes são bons, contam a história e pronto. Parem de mimimi. Ou pode discutir aqueles argumentos ali em baixo:
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    Foda-se.

  • LcY

    Só corrigindo uma escorregada que deram no programa: vocês disseram que a série acabou mudando de seinen para shõnen quando lançaram a continuação, mas Tokyo Ghoul: Jack não é a sequência do mangá original, é só um spin-off. A sequência mesmo se chama Tokyo Ghoul :re, que continua sendo um seinen.

  • Pedro Depoi

    Vocês tinham que fazer de Gurren Lagann, melhor anime do universo

  • Artur Antunes

    Olá jogabilidadeiros.

    Achei meio exagerado o rage que vocês tiveram do anime. Assim como o Corraini disse, você avaliar uma obra pelo que ela poderia ser, no lugar do que ela é, acaba sendo prejudicial e injusto. Realmente ele não aprofunda em nada e eu acredito que o autor tinha a intensão de fazer uma obra diferente. Ela me parece que foi um primeiro capitulo de mangá que acabou sendo publicado por ser uma ideia interessante, mas teve que ter porrada gratuita para não ser cancelado. Quem leu Bakuman sabe como isso funciona. Por isso acredito que o lance de diminuir o peso que os personagens tem por comer carne humana, para priorizar uma porradaria e não explorar direito a fome dos ghouls, tenha sido uma sacada feita para não gastar muito tempo com drama e ter mais porrada.
    O Mizanzuky citou que Parasyte é muito melhor e realmente é, mas foi uma surpresa para muita gente ele virar anime. É um mangá da década de 80 que acabou chamando a atenção por ter se tornado cult e apesar de antigo, acabou sendo republicado diversas vezes até cultivar fãs o suficiente para valer a pena alguém investir em uma animação. Se ele fosse um pouco mais “massa veio”, poderia ter ganhado um dinheiro mais cedo no lugar de esperar tanto.
    No final das contas, Tokyo Ghoul é só mais uma história de pancadaria, que tem cenas que são boas em um universo diferente, o que não faz o obra sem excelente, mas dá para tirar uma nota 6.

    Observação sobre o próximo episódio: A qualidade da animação do anime antigo de berserk é pior mesmo, mas ao menos tem menos cortes e quebra um galho. Não sei qual das duas versões é melhor, mas esses novos filmes estão longe de serem ruins.
    Observação sobre Death Note: Mizanzuk, imaginado que você tenha achado que os personagens de Death Note são meio vazios e a trama se perde lá nos 70% do anime. Imagino que você esperava que o aspecto mais humano dos personagens, interagindo com algo sobrenatural, fosse mais explorado, né? Então, por que não assiste o dorama de Death Note? Não quero criar expectativas, mas acredito que você vai achar que todo potencial do anime/mangá original foi aproveitado na adaptação do dorama.

  • Jhonathan Vieira

    Ótimo cast, e o próximo vai ser muito foda, acabei de ler o mangá de Berserk e gosto dos filmes. Fiquei curioso, qual é o canal que avalia as openings? Acho que o Corraini falou sobre isso.

  • Cesaeer

    Sobre Berserk, os filmes tem sim um traço melhor. A animação do combate também é superior. Porém, não desvalorize o anime, ele é bem mais imersivo em alguns momentos. Sem falar que o anime tem trilha sonora e os filmes não. Trilha sonora é um dos elementos principais. Tanto que hoje em dia os fãs lamentam a falta que a trilha do Guts faz no novo anime.

  • KoiSTB

    Obrigado pelo cast. Me serviu pra confirmar a minha “não-vontade” de ver o anime. Tentei ler o mangá mas a qualidade do desenho, especialmente nas cenas de ação, me deu nojinho.
    E nem a premissa me animou.
    Minha avaliação: 2/10 porque não passa de ano e ainda leva bronca dos pais. XD

  • Lucas Santana

    Algum dia existe a chance de ter um JACK sobre esporte? Não? Ok ;-;

  • SR TETUDO

    como eu falei nos comentários do JACK anterior, era um pecado falar de Tokyo Ghoul anime em vez do mangá
    e agora vão cometer outro pecado, que é falar de Berserk flime em vez do mangá

    pra qualquer um que tenha algum interesse de conhecer essas 2 séries, façam um favor pra si mesmos e vão ler a obra original
    adaptações lixo só servem pra afastar possíveis fans.

  • Jhonathan Vieira

    Se era pra falar de anime ruim, que falassem de School Days ¯_(ツ)_/¯

  • Juquinha

    O podcast é massa, parabéns! Mas esse episódio foi triste. Com todo o respeito, os senhores defecaram pela boca 😉
    Recomendo fortemente que leiam os comentários que a galera está postando por aqui.
    Aquele abraço! Continuem com o bom trabalho, obrigado.

    • Kirano

      Defecaram por falarem mal de uma parada que você gosta?
      Descordar de você é crime? Torna automaticamente o que a pessoa falou uma merda?
      Acho que não.
      Eles disseram sua opinião, o que é o conceito do podcast.

      • Juquinha

        Ué… o consenso deles é de que o anime foi uma merda.
        Minha conclusão é de que a opinião deles, nesse caso, foi uma merda.
        Problem?

        • ogeid

          Por favor, não diga simplesmente que “defecaram pela boca” sem dizer o porquê.

          Mostre algum contraponto ou algo em que acha que eles exageraram na crítica deles.

  • Bruno Ribeiro

    Olá Jogabilideiros, sou novo aqui e muito fã de vocês e espero logo ser um patreon, gostei muito do JACK e da opinião sincera, gostaria de indicar dois animes que gosto muito(na verdade uma sequência) Fate/stay night unlimited blade Works e Fate/Zero, se vcs ainda não assistiram assistam nesta ordem pois a história fica melhor(minha opinião), Parabéns pelo podcast

    • Lincom Ramos

      Apoio o Fate Zero

  • shouji eizuka

    Deveria ter uma Jack do Katanagatari ou do Nausicaa

  • Lucas Souza

    Dói meu coração o pessoal falando mal, com razão, do anime e todas as lacunas que eles falam tão completinhas no mangá :V

  • ednaldofilho

    Nao vou assistir esse anime nunca, obrigado pela dica. 🙂

  • Tairon

    Este anime é ruim. Fim. Acho a nota honesta de 4~5 desta primeira temporada, honesta pois quando tu pega um anime de 12 episódios, é ACEITÁVEL que ele tenha erros, alguns furos, e muitas vezes, corrido. Com isto, mesmo com vários erros deste anime, acho esta nota honesta.
    MAS. Se tu adiciona a segunda temporada (mais 12 episódios) NÃO TEM COMO VEI! O anime não evolui em quase nada, e só piora. Com isto a nota vira uns 1~2 só de honra mesmo, se não seria 0.

  • Tairon

    Uma dúvida sobre o próximo Jack…

    Pra entender os filmes de Berzerk tenho eu que assistir o anime, ou os filmes são de boa?

  • DK

    Achei tokyo goul um anime bem fraco e acabei não vendo até o final, porém vou ouvir o JACK pra saber a opinião do pessoal sobre.

    Como indicação deixo INITIAL D e Gintama

  • Blone

    No momento que ouvi esse podcast, já havia mais de cem comentários, então não rolou de ler tudo o que veio antes, por isso, antecipadamente peço desculpas se estiver repetindo o que já foi falado antes. É o seguinte, fiquei meio incomodado com a comparação entre a série nova e a antiga de Berserk, ao final do programa, e acho que cabem alguns esclarecimentos.
    Eu me incluo no grupo de pessoas que preferem a série antiga em detrimento aos remakes e acho que, pelo bem da discussão do próximo programa, vale destacar em que ela é tão melhor. Berserk obviamente é uma série de ação, mas o que a faz tão espetacular é que vai muito além disso. Trata-se também de um drama e da saga de dois amigos e arquirrivais. A forma como essa disputa é apresentada é algo magistral. Tudo o que acontece no entorno fica em segundo plano e fica-se com a sensação de que o mundo gira em torno dos dois. Esse efeito hipnótico acontece com a narrativa da evolução dos personagens, que é uma coisa impressionante. Acho que nunca vi outra animação que conseguisse dar tanta profundidade aos personagens e explorar suas motivações. E é nisso que a série antiga supera os remakes: ela focou nos personagens, suas motivações e sua evolução. A série nova melhorou a qualidade da animação e deu foco maior na ação e, com isso, a história ficou meio solta, os acontecimentos se sucediam meio que sem sentido e o interlocutor não ficava tão imerso na parte do drama quanto na série anteior.
    Bem, sem me alongar muito (mais) acho que é essa a contribuição que eu queria dar. Boa sorte para vocês no próximo programa. Todos os dedos cruzados para que ele fique muito bom!

  • Vinicius Duarte

    Não sei se ja leram, mas é bom falar: Hajime no Ippo, cara, manga sensacional sobre boxe

  • Jhonathan Francioli

    Os caras não curtiram nem a op… isto que na época ela chegou a ter mais views do que a abertura de AoT no youtube.

    Faz tempo que assisti a 1° temporada e lembro de ter sido “ok” e não esse lixo que eles apontaram… talvez eu veja de novo pra comparar. A segunda temp. nem me atrevi a ver já que fugiram da história original.