Fora da Caixa #36: Resident Evil 6, WWE, Bateria e Paçoca

2017-02-02T09:34:13+00:00 2 de fevereiro de 2017|Fora da Caixa|41 Comentários

[vc_row type=”in_container” scene_position=”center” text_color=”dark” text_align=”left”][vc_column column_padding=”no-extra-padding” column_padding_position=”all” background_color_opacity=”1″ background_hover_color_opacity=”1″ width=”3/4″][vc_column_text]Quando há um gato ocupando sua caixa, a única opção é aproveitar o momento e tirar fotos do gato gravar um podcast!

Eis que André, Rick, Sushi e Corraini se reúnem fora da caixa para discutir a experiência de Resident Evil 6: O Capítulo Final, a longa jornada de aprender a tocar bateria, como é dramática a vida de uma família de cães, como foi adotar a gatinha Paçoca e também um bocado de wrestling e o Royal Rumble.

Tem algum feedback, sugestões de filmes, músicas, séries, apresentações de balé ou qualquer outra coisa? Deixe-a nos comentários abaixo ou envie seu e-mail pelo formulário de contato ou para contato@jogabilida.de.

Links:

[/vc_column_text][/vc_column][vc_column column_padding=”no-extra-padding” column_padding_position=”all” background_color_opacity=”1″ background_hover_color_opacity=”1″ width=”1/4″][vc_column_text][fap_track url=”http://media.blubrry.com/bilid/content.blubrry.com/bilid/Fora_da_Caixa_ep36.mp3″ title=”Fora da Caixa #36:” share_link=”http://jogabilida.de/2017/02/fora-da-caixa-36/” cover=”http://jogabilida.de/wp-content/uploads/2016/02/fdc-capita.png” meta=”Resident Evil 6, Royal Rumble, Bateria e Paçoca” layout=”grid” enqueue=”yes” auto_enqueue=”yes”][/vc_column_text][vc_raw_html css=”.vc_custom_1449180476769{margin-top: 30px !important;}”]JTNDZGl2JTIwaWQlM0QlMjJmZWVkLWJ1dCUyMiUyMHN0eWxlJTNEJTIydGV4dC1hbGlnbiUzQSUyMGNlbnRlciUzQiUyMiUzRSUzQ2ElMjBzdHlsZSUzRCUyMmRpc3BsYXklM0ElMjBibG9jayUzQiUyMGNvbG9yJTNBJTIwJTIzZmZmJTNCJTIyJTIwaHJlZiUzRCUyMmh0dHAlM0ElMkYlMkZuYW9nYW1lcy5qb2dhYmlsaWRhLmRlJTJGJTIyJTIwdGFyZ2V0JTNEJTIyX2JsYW5rJTIyJTNFJTNDaSUyMGNsYXNzJTNEJTIyZmElMjBmYS1yc3MlMjBmYS0zeCUyMiUyMHN0eWxlJTNEJTIyZGlzcGxheSUzQSUyMGlubGluZS1ibG9jayUzQiUyMG1hcmdpbiUzQSUyMDAlMjAxMHB4JTNCJTIyJTNFJTNDJTJGaSUzRSUyMCUzQ3AlM0VGZWVkJTIwUlNTJTNDJTJGcCUzRSUzQyUyRmElM0UlM0MlMkZkaXYlM0UlMEElM0NkaXYlMjBpZCUzRCUyMml0dW5lcy1idXQlMjIlMjBzdHlsZSUzRCUyMnRleHQtYWxpZ24lM0ElMjBjZW50ZXIlM0IlMjIlM0UlM0NhJTIwc3R5bGUlM0QlMjJkaXNwbGF5JTNBJTIwYmxvY2slM0IlMjBjb2xvciUzQSUyMCUyM2ZmZiUzQiUyMiUyMGhyZWYlM0QlMjJodHRwJTNBJTJGJTJGaXR1bmVzMi5qb2dhYmlsaWRhLmRlJTJGJTIyJTIwdGFyZ2V0JTNEJTIyX2JsYW5rJTIyJTNFJTNDaSUyMGNsYXNzJTNEJTIyZmElMjBmYS1tdXNpYyUyMGZhLTN4JTIyJTIwc3R5bGUlM0QlMjJkaXNwbGF5JTNBJTIwaW5saW5lLWJsb2NrJTNCJTIwbWFyZ2luJTNBJTIwMCUyMDEwcHglM0IlMjBjb2xvciUzQSUyMCUyM2ZmZiUzQiUyMiUzRSUzQyUyRmklM0UlMjAlM0NwJTNFSXR1bmVzJTNDJTJGcCUzRSUzQyUyRmElM0UlM0MlMkZkaXYlM0U=[/vc_raw_html][vc_raw_html css=”.vc_custom_1448870206131{margin-top: -25px !important;}”]JTNDYSUyMGhyZWYlM0QlMjJodHRwJTNBJTJGJTJGeW91dHViZS5jb20lMkZqb2dhYmlsaWRhZGUlMjIlMjB0YXJnZXQlM0QlMjJfYmxhbmslMjIlM0UlM0NpJTIwY2xhc3MlM0QlMjJ5b3V0dWJlLWJ1dCUyMGZhLXlvdXR1YmUtcGxheSUyMGZhLTJ4JTIyJTNFJTNDJTJGaSUzRSUzQyUyRmElM0UlM0NhJTIwaHJlZiUzRCUyMmh0dHAlM0ElMkYlMkZmYWNlYm9vay5jb20lMkZqb2dhYmlsaWRhZGUlMjIlMjB0YXJnZXQlM0QlMjJfYmxhbmslMjIlM0UlM0NpJTIwY2xhc3MlM0QlMjJmYWNlLWJ1dCUyMGZhLWZhY2Vib29rJTIwZmEtMnglMjIlM0UlM0MlMkZpJTNFJTNDJTJGYSUzRSUzQ2ElMjBocmVmJTNEJTIyaHR0cCUzQSUyRiUyRnR3aXR0ZXIuY29tJTJGam9nYWJpbGlkYWRlJTIyJTIwdGFyZ2V0JTNEJTIyX2JsYW5rJTIyJTNFJTNDaSUyMGNsYXNzJTNEJTIydHdpdC1idXQlMjBmYS10d2l0dGVyJTIwZmEtMnglMjIlM0UlM0MlMkZpJTNFJTNDJTJGYSUzRQ==[/vc_raw_html][divider line_type=”Full Width Line” custom_height=”20″][toggles][toggle color=”Extra-Color-1″ title=”Trilha do Podcast”][vc_column_text]

  • “First Crush”, por Saberpulse
  • “Meow”, por Anamanaguchi
  • “The Truth Reigns”, por Jim Johnston
  • “Caravan”, por Buddy Rich
  • “My Plague”, por Slipknot
  • “Roudhouse Blues”, por The Doors

[/vc_column_text][/toggle][toggle color=”Extra-Color-1″ title=”Blocos do Podcast”][vc_column_text]

  • Aleatoriedades: 00:00:00
  • Paçoca e a novela dos cães: 00:13:53
  • Royal Rumble e mais Wrestling: 00:38:38
  • E com vocês, Rick na bateria: 00:59:58
  • Resident Evil 6: O Capítulo Final: 01:11:21

[/vc_column_text][/toggle][/toggles][/vc_column][/vc_row]

  • o áudio do Caio tá bem estranho

    • Anderson B. Lima

      ia comentar isso, o audio parece estar estourado em algumas partes

    • Gabriel PS

      pois é, também achei bem estranho o áudio em geral (pra não dizer ruim mesmo)

      • né, eles falando do áudio do RE6, mas o áudio do podcast tá zoado também

  • Guilherme Kruszynski de Assis

    HAHAHA Sushi, la em casa temos 20 gatos e 5 cachorros. Minha mãe é nessa pegada tbm de pegar na rua.

    • Sushi0

      Boa sorte aí, sei como não é fácil lidar com tantos animais assim (ainda mais financeiramente) o/

  • Daniel Sas

    Vendo Gol 98

  • Benício

    Tenho três gatos em casa tudo nome de personagens: Simba, Fiona e Dory

  • Jonathan Menegalli

    Eu tenho um cachorro chamado Mortadela

  • SmokeE3 .

    O nome do meu cachorro é Migalhas (pq no dia q recebemos o cachorro o padre disse q tem q dar as migalhas pros cachorros).

    Sabe outro animal bacana? Galinha, tive uma desde pequena, me seguia pra todo lado, super fácil de limpar, não deixa pelo na casa, não late/mia. Sério, é muito bacana. No final meu pai matou pra comer, mas é muito bacana, gostaria de ter outra.

    • André Campos

      Galinhas são subestimadas. Que outro bicho de estimação vira seu almoço quando a fome bate e você não é julgado por isso?

  • El Luchador

    Roman Reings INSUPORTÁVEL.

  • IagoB028

    Tenho um gato chamado Shazam, coloquei esse nome por causa do Shazam da DC mas todo mundo pensa que foi por causa do aplicativo de música..
    Adotei uma gatinha preta tbm há umas semanas e coloquei o nome dela de Torrada, coloquei esse nome pq queria colocar o nome de uma comida, mas todo mundo pensa q eu coloquei esse nome pq ela é preta..

  • Henrique Tavares

    A coisa mais bizarra da vida ao voltar para a cidade natal/que você cresceu é como ela fica MINÚSCULA (isso pressupondo que você saiu ainda criança). A casa em si é o mais bizarro, as portas são pequenas, os degraus parecem de miniatura, etc.

  • Vitor Calfa

    Anamanaguchi – Endles Fantasy na veia nesse episódio, muito bom! =D Ouço direto. Quem da bancada escolheu a trilha?

    • Sushi0

      A trilha do Vértice, JACK e Fora da Caixa são culpa minha, então obrigado e desculpa hahaha

  • Fabio Buzatti

    Enquanto falavam do RE6 e como tem muitos cortes,e do Jackei Chan, me lembrei desse vídeo.Ele explica mto bem o problemas desses filmes,mas se focando mais no estilo de filmagem do Jackie Chan.Recomendo mto, e tbm qualquer outro video desse canal,que explica mta coisa legal de cinema.

    https://www.youtube.com/watch?v=Z1PCtIaM_GQ

    • Cesaeer

      Eu acho que você nem escutou o cast direito, porque eles falam exatamente deste vídeo

      • Fabio Buzatti

        É.
        Falaram mesmo.Huahauua
        Devia não ter ouvido na hora.Mas o Link ainda tá aí, caso alguém queira ver.

    • Sushi0

      A gente chegou a comentar do vídeo durante o podcast, mas vlw por linkar ele aqui pra quem quiser ver, já que eu mesmo esqueci de colocar no post haha

  • Rick, gato não bebe muita água porque na natureza eles absorvem toda água que precisam pela carne.

  • Cesaeer

    Essa parte sobre os cachorros do Sushi foi interessantíssima. Obrigadú!

    • Sushi0

      Eu estava em choque com o roteiro do quintal de casa enquanto minha irmã me contava os acontecimentos

    • Lincom Ramos

      Esse trecho já se tornou o meu favorito de todos os Fora da Caixa. Obrigado. De nada.

  • Sushi,

    Tem muitos veterinários que dão assistência e consulta GRÁTIS pra pessoas que adotam ou resgatam gatos, outra boa opção é fazer uma carteirinha da veterinária da USP, outra opção pra ter consultas gratuitas e com qualidade excelente, tratamentos, cirurgia e o caramba.

    E ah, foda-se se você não pediu opinião, mas isso foi uma parada que custei a descobrir que existia em Sampa e pode te ajudar na grana e a longo prazo. Beijos de luz.

    • Sushi0

      Olha só! Vou dar uma conferida nisso aí. Vlw <3

  • Eduardo

    Olá bom dia,

    Paçoca é linda!!!

    Você é um cara muito legal Sushi tenho certeza que ta cuidando bem dela fique tranquilo =).

    • Sushi0

      Obrigado pelo carinho <3

  • Veredito do filme do Resident Evil: Assistam John Wick.

    Sobre os cortes desnecessários de cenas de ação, eu assisti Taken 3 (ou TAK3N) no cinema e foi a pior experiência que tive na minha vida, apesar que ainda não assisti o Resident Evil. Pense na cena que o André mencionou alongada por quase duas horas, incluindo uma cena M A R A V I L H O S A no final envolvendo um avião que eu fico pensando qual foi o contrato com Satã que Liam Nesson fez para fazer mais dois desses filmes. Ah, e mais uma coisa, tem um vídeo muito bom do Chris Stuckmann que aborda essa tendência dos filmes de ação, que na verdade eu até acho que tá começando a diminuir graças a filmes como John Wick, Raid Redemption, The Accountant e até os filmes da Marvel ganhando mais atenção no Ocidente: https://www.youtube.com/watch?v=eac0lXfMs9c

  • Meu amigo tinha um cachorro que se chamava Caderno :/

    • Sushi0

      Pô, Caderno é ruim, mas é bom hahaha

  • UMA RODADA DE RAÇÃO PRA GALERA!!!!

  • Meus gatos são Carter, Pistão, Rebimboca, Biela, Graxa e Sofrência.

    • Sushi0

      Sofrência melhor nome! uahauhaua

  • Fellipe Pereira

    Rick, uma opção pra bateria eletronica é comprar uma bateria acústica normal, das mais baratas mesmo, e usar peles mudas nela, são peles feitas de fios trançados de nylon que fazem mt pouco barulho, mas mantendo uma sensação, a pegada e som (se tiver pele de resposta no tambor) de uma pele normal, no mercado tem a brasileira Dudu portes silent e a importada Remo silent stroke. No quesito de pratos A Zildjan tem uma linha L80, que ao uns pratos furadinhos que tbm fazem quase nada de barulho, mas mantendo a pegada de pratos de verdade. Essa é uma opção que provavelmente nao vai agradar tanto seus ouvidos, pq apesar de serem produtos mt bons o som não tem a pressao e o timbre de um tambor/prato de verdade, as baterias eletronicas (principalmente as de entrada) pecam muito na questão de dinâmica, não te permite explorar a infinidade de sons que cada peça te dá, e acabam te viciando num som muito artificial. Então bateria eletronica geralmente é uma péssima ideia pra quem quer tocar de verdade, mas como vc nao tem pretensão de tocar em banda e etc, ai vc pode escolher o que vc quiser mesmo e foda-se hahahahaha, abraço!

  • Jefferson Almeida

    andré vc precisa fazer um dash sobre oneshot precisa muito mesmo cara esse jogo é muito foda demais vei

  • Marcus Vinícius S. Cruz

    Undertaker já passou dos 50!

    • Falei muita merda no bloco de wrestling hahaha Peço perdão

  • Anderson

    Em 2015 eu tava com uma rotina parecida como a do Rick, casa-trabalho-trabalho-casa, aí no meio do ano eu decidi que logo depois de terminar Uncharted 2 eu iria fazer algo diferente, que seria voltar pra academia ou outra coisa. Da mesma forma que o Rick, eu também gostava de batucar nas coisas e de acompanhar a bateria das músicas, então procurei perto do trabalho por uma escola de música, marquei uma aula de teste e fui.

    No começo foi o mesmo sentimento que o do Rick, saindo de cada aula animado e esperando pela próxima semana, e no começo a gente evolui bem rápido mesmo, fazendo vários exercícios por aula e avançando nas apostilas. Mas chega uma hora que as levadas vão ficar complicadas e que o corpo não vai responder como a gente quer, aí da uma vontade de parar porque não tem mais sensação de avanço.

    Mas uma coisa que me fez manter a vontade de tocar, mesmo com as travadas, foi me apresentar, porque as vezes o exercício é complexo e difícil, mas tu acaba não utilizando ele na maioria das músicas. A escola que eu fazia aula promove duas apresentações por ano dos alunos e eu me apresentei no meio e no fim do ano. É uma experiência muito legal, mesmo sendo na maioria para pais e amigos dos alunos, fazer um barulho junto com outras pessoas é muito legal. hehe
    (mesmo eu sendo um dos alunos mais velhos da apresentação, =D)

    Dei uma parada agora por questão de tempo, como o Rick, eu também não tenho pretensão de ter banda nem nada, mas é muito legal aprender um hobby novo.

    Boa sorte aí aprendendo o instrumento mais divertido Rick. =]

  • William de Moura

    É verdade q jogar Rock Band no Hard a bateria é fiel a musica original? Sempre quis tocar a bateria do Rock Band…

  • Almighty

    Por volta dos meus 13 anos eu queria aprender bateria, mas era muito caro, então comprei um violão mesmo 😛

X