Construindo Mundos #12: Maíra Testa

2017-03-06T20:01:00+00:00 6 de março de 2017|Construindo Mundos|10 Comentários

[vc_row type=”in_container” scene_position=”center” text_color=”dark” text_align=”left”][vc_column column_padding=”no-extra-padding” column_padding_position=”all” background_color_opacity=”1″ background_hover_color_opacity=”1″ width=”3/4″][vc_column_text]Videogames são lançados todos os dias. Aos montes.

Em um mercado onde temos mais opções do que tempo e dinheiro para consumir tudo, é muito fácil esquecer que todos aqueles produtos são desenvolvidos por pessoas. Pessoas com sonhos, medos e histórias próprias.

O objetivo do Construindo Mundos é tornar estas pessoas o foco da discussão. É trazer para a luz os responsáveis por erguer todos os universos fantásticos onde exaurimos nosso tempo livre.

Sob o comando de Caio Corraini, este programa é focado em entrevistas com desenvolvedores brasileiros que trabalham ativamente na indústria de games.

Nesta décima segunda edição a convidada é a Maíra Testa. A Maíra é game designer na Tapps, mas já passou por diversas empresas aqui no Brasil como a Hive, a Idealista e a Insolita. Conversamos bastante sobre game design, narrative design e muitas outras coisas.

Feedback?

Deixe seus comentários, sugestões, críticas e o que mais tiver em mente nos comentários abaixo ou envie seu e-mail pelo formulário de contato ou para contato@jogabilida.de.

Links:

[/vc_column_text][/vc_column][vc_column column_padding=”no-extra-padding” column_padding_position=”all” background_color_opacity=”1″ background_hover_color_opacity=”1″ width=”1/4″][vc_column_text][fap_track url=”http://media.blubrry.com/bilid/content.blubrry.com/bilid/construindo_mundos_12.mp3″ title=”Construindo Mundos #12:” share_link=”http://jogabilida.de/2017/02/construindo-mundos-11/” cover=”http://jogabilida.de/wp-content/uploads/2016/02/cmcapa.png” meta=”Maíra Testa” layout=”grid” enqueue=”yes” auto_enqueue=”yes”][/vc_column_text][vc_raw_html css=”.vc_custom_1451394946105{margin-top: 30px !important;}”]JTNDZGl2JTIwaWQlM0QlMjJmZWVkLWJ1dCUyMiUyMHN0eWxlJTNEJTIydGV4dC1hbGlnbiUzQSUyMGNlbnRlciUzQiUyMiUzRSUzQ2ElMjBzdHlsZSUzRCUyMmRpc3BsYXklM0ElMjBibG9jayUzQiUyMGNvbG9yJTNBJTIwJTIzZmZmJTNCJTIyJTIwaHJlZiUzRCUyMmh0dHAlM0ElMkYlMkZnYW1lcy5qb2dhYmlsaWRhLmRlJTJGJTIyJTIwdGFyZ2V0JTNEJTIyX2JsYW5rJTIyJTNFJTNDaSUyMGNsYXNzJTNEJTIyZmElMjBmYS1yc3MlMjBmYS0zeCUyMiUyMHN0eWxlJTNEJTIyZGlzcGxheSUzQSUyMGlubGluZS1ibG9jayUzQiUyMG1hcmdpbiUzQSUyMDAlMjAxMHB4JTNCJTIyJTNFJTNDJTJGaSUzRSUyMCUzQ3AlM0VGZWVkJTIwUlNTJTNDJTJGcCUzRSUzQyUyRmElM0UlM0MlMkZkaXYlM0UlMEElM0NkaXYlMjBpZCUzRCUyMml0dW5lcy1idXQlMjIlMjBzdHlsZSUzRCUyMnRleHQtYWxpZ24lM0ElMjBjZW50ZXIlM0IlMjIlM0UlM0NhJTIwc3R5bGUlM0QlMjJkaXNwbGF5JTNBJTIwYmxvY2slM0IlMjBjb2xvciUzQSUyMCUyM2ZmZiUzQiUyMiUyMGhyZWYlM0QlMjJodHRwJTNBJTJGJTJGaXR1bmVzLmpvZ2FiaWxpZGEuZGUlMkYlMjIlMjB0YXJnZXQlM0QlMjJfYmxhbmslMjIlM0UlM0NpJTIwY2xhc3MlM0QlMjJmYSUyMGZhLW11c2ljJTIwZmEtM3glMjIlMjBzdHlsZSUzRCUyMmRpc3BsYXklM0ElMjBpbmxpbmUtYmxvY2slM0IlMjBtYXJnaW4lM0ElMjAwJTIwMTBweCUzQiUyMGNvbG9yJTNBJTIwJTIzZmZmJTNCJTIyJTNFJTNDJTJGaSUzRSUyMCUzQ3AlM0VJdHVuZXMlM0MlMkZwJTNFJTNDJTJGYSUzRSUzQyUyRmRpdiUzRQ==[/vc_raw_html][vc_raw_html css=”.vc_custom_1448870206131{margin-top: -25px !important;}”]JTNDYSUyMGhyZWYlM0QlMjJodHRwJTNBJTJGJTJGeW91dHViZS5jb20lMkZqb2dhYmlsaWRhZGUlMjIlMjB0YXJnZXQlM0QlMjJfYmxhbmslMjIlM0UlM0NpJTIwY2xhc3MlM0QlMjJ5b3V0dWJlLWJ1dCUyMGZhLXlvdXR1YmUtcGxheSUyMGZhLTJ4JTIyJTNFJTNDJTJGaSUzRSUzQyUyRmElM0UlM0NhJTIwaHJlZiUzRCUyMmh0dHAlM0ElMkYlMkZmYWNlYm9vay5jb20lMkZqb2dhYmlsaWRhZGUlMjIlMjB0YXJnZXQlM0QlMjJfYmxhbmslMjIlM0UlM0NpJTIwY2xhc3MlM0QlMjJmYWNlLWJ1dCUyMGZhLWZhY2Vib29rJTIwZmEtMnglMjIlM0UlM0MlMkZpJTNFJTNDJTJGYSUzRSUzQ2ElMjBocmVmJTNEJTIyaHR0cCUzQSUyRiUyRnR3aXR0ZXIuY29tJTJGam9nYWJpbGlkYWRlJTIyJTIwdGFyZ2V0JTNEJTIyX2JsYW5rJTIyJTNFJTNDaSUyMGNsYXNzJTNEJTIydHdpdC1idXQlMjBmYS10d2l0dGVyJTIwZmEtMnglMjIlM0UlM0MlMkZpJTNFJTNDJTJGYSUzRQ==[/vc_raw_html][divider line_type=”Full Width Line” custom_height=”20″][toggles][toggle color=”Extra-Color-1″ title=”Trilha do Podcast”][vc_column_text]

  • “Yeah!”, por Magnus “Souleye” Palsson

[/vc_column_text][/toggle][toggle color=”Extra-Color-1″ title=”Blocos do Podcast”][vc_column_text]

  • Introdução: 00:00:00
  • Entrevista: 00:01:19

[/vc_column_text][/toggle][/toggles][/vc_column][/vc_row]

  • Washington Rayk

    Uma aula! muito bom!

  • Guilherme Kruszynski de Assis

    Corraini, esse programa fica cada vez melhor! Na boa você é um ótimo Jornalista.
    Não tenho muito que acrescentar ao tema. Mas ficam meus elogios a este excelente projeto, Abraços!

  • Luã Silveira

    Só deixar uma sugestão, Corraini: quando vocês falarem o nome de um cargo relacionado ao mundo empresarial e dos games, seria bom dar uma breve explicação sobre quais são as funções do profissional que desempenha aquele cargo. Pelo contexto e com a ajuda do google, eu saquei o que é um QA e o que ele faz, mas ficaria mais agradável de ouvir se isso ficasse mais explícito. Principalmente quando a gente escuta na rua.

    De resto, excelente entrevista.

    • Fala Luã!

      Cara, perfeito. Eu sempre esqueço. Vou pedir para o convidado sempre dar aquela luz sobre o assunto (eu passei direito pelo QA porque havia discutido sobre em episódios passados).

  • Jean Carlos Oliveira

    Para a galera, que como eu, se interessaram pelo projeto 1/6 de chance da @mairatesta
    Aqui está o link:
    https://medium.com/1-6-de-chance

  • Fernando Savio

    Não escutava o Construindo Mundos há um tempo, não sei exatamente porque mas não estava na vibe.
    Mas cara, esse episódio me deixou muito empolgado pra escutar mais! Já deixei todos os que eu não tinha escutado na fila.
    Parabéns!

  • SmokeE3 .

    O bom de trabalhar com a Maíra é q quando precisam saber se o jogo está bom, é só passar pra Maíra, pq ela _ _ _ _ A …

    Have a nice day.

  • Almighty

    Foi um dos melhores CM até agora, muitas informações interessantes sobre narrativa. =]

  • Darley Santos

    Curti demais escutar sobre narrativa em games, ainda mais de uma pessoa que pode falar com tanta propriedade como a Maíra ^^. Gosto de ver a presença feminina na indústria dos games!

  • Tairon Brunelli

    Cara. que episódio fantástico!

    Ó. Esse foi épico.

X