was successfully added to your cart.

Sabe uma coisa que cai muito bem com o frio? Isso mesmo: sorvetes verticais!

E se o André, Sushi e o Corraini se juntassem para misturar alguns do jogos que jogaram nos últimos dias, como o belo mas problemático RiME, o estiloso e exotérico Final Fantasy XII: The Zodiac Age, o divertido e expansivo Dishonored e, no topo, o estranho e experimental NieR: Automata num belo napolitano vertical?

Após tamanhos gulocrimes, nossos heróis discutem se o mítico ano de 1998 foi enfim superado por 2017 e também sobre os lançamentos de jogos para a próxima semana.

E nos vemos na semana que vem para o episódio de notícias.

Tem alguma dúvida, questionamento ou tópico de discussão sobre games, a vida, o universo e métodos de ganhar dinheiro? Deixe-a nos comentários abaixo ou envie seu e-mail pelo formulário de contato ou para vertice@jogabilida.de.

Links:

Trilha do Podcast

  • “Late Nite Funk Squad”, por David Tobin, Jeff Meegan e Malcolm Edmonstone
  • “Forgotten City”, por Lindsey Stirling

Blocos do Podcast

  • Rime: 00:03:33
  • Dishonored: 00:23:33
  • NieR: Automata: 00:41:08
  • Final Fantasy XII – The Zodiac Age: 00:55:15
  • Perguntinhas: 01:20:13
  • Lançamentos: 01:25:24
  • Pedro Depoi

    To amando esse mês do Dishonored xD

  • Fernando Santos

    Tá saindo da jaula o Dash de Dishonored! BIRL!

  • Frai

    Tinha minhas duvidas sobre esse novo jeito de dois vértice entre jogos e noticias, mas agora o vértice de jogos se tornou meu favorito do site por se parecer um “MINI-DASH” de vários jogos em um podcast só.

  • Dhiego Lúcio

    Dead Light é bem bacaninha, chega a lembrar o inside, só que bem menos polido.

  • Luiz Ikari Joestar

    Vaan é bem sem personalidade, e também não é importante para a historia, mas isso eu vejo que foi feito de proposito, afinal ele é o cara deslocado ali, ele só tá ali para ter seu barco/aventura.
    E sobre o Zodiac, eu prefiro a versão original, não fui fã das classes.

    • Gabriel Macena

      Se eu não me engano a ideia original era o Basch ser o protagonista da história, mas eles mudaram pra ter um personagem principal jovem.

  • Anderson B. Lima

    sinto que perdi algo não fazendo as sidequests do Nier Automata… cheguei a fazer algumas, mas não tava curtindo, então fui fazendo só as principais. Apesar do sushi falar que a história principal é ok, eu achei fascinante! Me prendeu até o último momento e fiquei maluco. E corraini, se você está gostando do jogo agora… só aguarde!! o jogo só melhora. Até o primeiro final eu estava achando o jogo ok, mas a partir do 2o, me prendeu de um jeito que só tive paz ao finalizar até o 5o final =D excelente jogo, um dos melhores do ano.

  • SmokeE3 .

    Parece que todo ano está sendo comparado com 1998, e é até estranho ver isso pq o pessoal ta esquecendo o que foi 1998, e vcs relembraram alguns, então vou fazer uma lista aqui dos grandes nomes e principais:

    1 – Marvel Vs Capcom
    2 – Resident Evil 2
    3 – Final Fantasy Tatics
    4 – Bomberman World (quando bomberman era relevante)
    5 – Skullmonkeys
    6 – Gex: Enter the Gecko
    7 – Need for Speed III: Hot Pursuit
    8 – StarCraft
    9 – Panzer Dragoon Saga
    10 – Unreal
    11 – Gran Turismo
    12 – Vigilante 8
    13 – Banjo-Kazooie
    14 – Commandos: Behind Enemy Lines
    15 – Heart of Darkness
    16 – Tom Clancy’s Rainbow Six
    17 – Mega Man Legends
    18 – Parasite Eve
    19 – Spyro the Dragon
    20 – Pokémon Red and Blue (lançamento no ocidente, havia saído em 96 no japão)
    21 – Delta Force
    22 – Fallout 2
    23 – MediEvil
    24 – Metal Gear Solid
    25 – Turok 2: Seeds of Evil
    26 – Grim Fandango
    27 – Crash Bandicoot: Warped (3º jogo)
    28 – Half-Life
    29 – Tomb Raider III
    30 – Dance Dance Revolution
    31 – The Legend of Zelda: Ocarina of Time
    32 – Thief: The Dark Project
    33 – Suikoden II
    34 – Baldur’s Gate
    35 – Sonic Adventure
    36 – Tekken 3

    Esse ano até o momento e previsto até 31/12:
    1 – Gravity Rush 2
    2 – Resident Evil 7: Biohazard
    3 – Yakuza 0
    4 – Nioh
    5 – For Honor
    6 – Assassin’s Creed: Origins
    7 – Horizon Zero Dawn
    8 – The Legend of Zelda: Breath of the Wild
    9 – Nier: Automata
    10 – Tom Clancy’s Ghost Recon Wildlands
    11 – Mass Effect: Andromeda
    12 – Persona 5
    13 – Crackdown 3
    14 – Outlast 2
    15 – Wolfenstein II: The New Colossus
    16 – Prey
    17 – Injustice 2
    18 – The Surge
    19 – Need for Speed Payback
    20 – Tekken 7
    21 – Dirt 4
    22 – Splatoon 2
    23 – Tacoma
    24 – Hellblade: Senua’s Sacrifice
    25 – Super Mario Odyssey
    26 – Star Wars Battlefront II
    27 – Sonic Mania
    28 – Uncharted: The Lost Legacy
    29 – Mario + Rabbids Kingdom Battle
    30 – Life Is Strange: Before the Storm
    31 – Destiny 2
    32 – Marvel vs. Capcom: Infinite
    33 – Project CARS 2
    34 – Cuphead
    35 – Forza Motorsport 7
    36 – Middle-earth: Shadow of War
    37 – The Evil Within 2
    38 – South Park: The Fractured but Whole
    39 – Ni no Kuni II: Revenant Kingdom

    Esse ano tem até um número maior de jogos, mas isso não reflete a importância geral. Vendo essa lista agora, acho que os jogos de 98 foram muito mais impactantes.

    • SmokeE3 .

      PS: Deixei Knack 2 fora da lista de 2017 se não a lista de 1998 estaria definitivamente arrasada.

    • LyC

      Olha, mas é meio óbvio que os jogos de 98 foram muito mais impactantes porque, bem… eles saíram em 98. Nós tivemos quase 2 décadas para pensar, repensar e perceber a importância deles. Nós ainda estamos na metade de 2017, so give ‘em some time and you’ll see.

    • Machisto opressor 2.0

      Ja comentei isso ali em cima, mas sabe um ano que eu acho que tiveram tantos jogos relevantes quanto 98? 2013 vou listar aqui os principais lançamentos do ano e tu vai de vir a concordar comigo:

      Bioshock infinite,
      The last of us
      Gta V
      BF 4,
      AC: black flag
      Metro last light,
      Forza 5,
      Gone home
      Splinter cell
      Brothers
      Stanley parable
      Tomb raider
      Injustice.

      Tipo, acho que nunca em um ano tiveram tantos jogos que trabalharam tão bem a narrativa dentro dos video games, o que agente viu nesse ano tem ecos até hoje

      Fora o que gtv V fez pros mundos abertos, multiplayer/comunidade. Fora o que o forza fez pra jogabilidade dos simuladores de corrida

      98 foi o boom da experimentação com mecanicas

      2013 foi o boom da experimentação de narrativa

      • Thiago Nunes

        2013 de fato tiveram jogos absurdamente bons, mas acho que o ano mais recente que merece esse título de “JOGOS TÃO RELEVANTES PARA A INDÚSTRIA DE GAMES QUANTO 1998” foi 2009 mesmo. Só listando os que acho importantes e foram lançados desse ano:

        Batman: Arkham Asylum
        Uncharted 2
        Mirror’s Edge
        Demon’s Souls
        Dragon Age Origins
        Assassin’s Creed 2
        CoD Modern Warfare 2
        Plants vs. Zombies
        The Beatles: Rock Band
        Minecraft
        League of Legends

        2009 pra mim ainda tem mais potencial pra ser tão lembrado no futuro como 1998 é agora. Inclusive pra quem quiser se aventurar numa antiga gravação do Nowloading (não lembro qual) tinha o Fernando comentando quão 1998 foi 2009, hahaha.

        • Machisto opressor 2.0

          Realmente tenho que dar o braço a torcer AC, MW2, minecraft, e souls ditaram como foi a geração passada e o começo dessa, mas continuo batendo nessa tecla de que em 2013 nós tivemos as melhores experiencias narrativas já feitas nos video games.

      • SmokeE3 .

        Sabe pq 2013 não tanto assim? Pq tiveram jogos muito bons, mas acho que o pessoal já tava tão cansado daquela atual geração, muitos desses jogos ficaram batidos. Que nem os jogos que você citou, Brothers, Splinter Cell, Metro e Stanley Parable, todos jogos fantásticos, mas quando lançaram não tiveram um grande destaque. Gone Home mesmo parece que só foi fazer sucesso no ano seguinte.

    • Rafael Ramiro

      Não sabia que skullmonkeys estava no panteão de ’98.

      • SmokeE3 .

        Como assim, por ele ser ruim ou por ser bom? Eu gostava 😛

        • Rafael Ramiro

          Eu curtia ele bastante tbm, é que o ponto de falarem tanto de 1998 foi pela quantidade estranhamente alta de jogos excelentes e importantes num ano só. Nesse sentido o skullmonkeys ficaria um pouco de fora.

  • Fernando Savio

    Não cheguei a jogar o Final Fantasy XII mas vi um amigo jogando e achei muito foda, sem contar o fato de ser em Ivalice, que é um universo muito legal.
    Uma pena que o pessoal pareceu não apreciar tanto Final Fantasy X, eu acho um dos Final Fantasies mais foda.. Terminei 3x saporra e tenho o meu Remaster bonitinho na prateleira.

  • Edson de Freitas

    Pra todo mundo que for jogar o FF XII, se vc jogar pensando que é uma história de qualquer personagem da party, com exceção do vaan e ou penelo. O jogo melhora demais. Pra ser o talvez o melhor.

  • Machisto opressor 2.0

    Quanto bater em gente que não me bate em joguinhos > filosofia de fable, você sempre pode deixar uma batalha do meio, então quando eu joguei nier eu sempre ia com essa ideaia na cabeça, inclusive quando eu enfrentei os irmãos lá na hora do nascimento deles, eu fiquei um tempão tentando não atacar ele, mas o jogo não me deixou, e eu fiquei com raiva disso.

  • Machisto opressor 2.0

    Não acho 2017 um ano tãããão bom assim pra jogos não, tiveram sim muitos jogos, mas pouquissimos jogos que trouxeram coisas novas pra industria como um todo. Acho que nesse sentido 2013 foi um ano muito melhor e que merece muito mais comparações com 98 do que o tão reverenciado 2017, em 2013 tivemos:

    Bioshock infinite,
    The last of us
    Gta V
    BF 4,
    AC: black flag
    Metro last light,
    Forza 5,
    Gone home
    Splinter cell
    Brothers
    Stanley parable
    Tomb raider
    Injustice.

    Sério, que ano nessa decada tiveram tantos classicos reunidos num periodo tão curto de tempo?

    O meu ponto é > Acho que 2017 teve e terá ainda muitos jogos bons , mas não acho que serão jogos muito importantes pra história dos video games. é o prey que não foi tudo aquilo que todo mundo esperava, é o jogo multiplayer da ubisoft que ninguém liga, o horizon zero dawn que foi um jogo da ubisoft disfarçado, os 200 mil sucessores de dark souls, o mass effect mal dirigido…

    tipo tiveram jogos excelentes esse ano, zelda, persona, nier, edith finch, provavelmente AC , destiny2, wolfstein e evil within , serão também muito bons > Mas fora zelda e nier mesmo, não tivemos nada que avançasse a industria mais um passo. E acho que isso é crucial pra que um ano seja comparado com 98.

  • FHC

    Quando o André fala “bem criticado”, quer dizer que falaram mal ou bem, do jogo?
    heheheh

    • Gabriel Pereira

      Critica é opinião, então ele ta falando bem.
      Uma critica boa é uma opinião positiva.

      • FHC

        Você não me entendeu cara. O André usou “bem criticado” no sentido pejorativo. Eu só estava dando uma cutucada nele. 😉

  • Raur

    Já tá na hora do mundo aceitar que FF XII é o melhor FF

  • Buliçoso

    AH FFxii, terminei o original no final do ano passado com pouco mais 100 horas e ficou muita coisa sem explorar . umas dungeons com níveis muito altos.
    Só acho uma pena desse final fantasy ser pouco celebrado.
    Ps: Shushi conhece o Nightmare Creatures do ps1??

  • Rodney

    Oxi, por quê o Nier não vale a pena ser jogado? Terminei ele semana passada e adorei muito o jogo.

    • Vassago

      Ainda não ouvi, mas é sério que falaram uma besteira dessas?

  • Igor Ribeiro

    Muito bom o ep…

  • Lojas na Santa Ifigênia

    Adora notícias sobre games e tudo que envolve sobre games, é um viciado em games.
    Games na Santa Ifigênia Jogos e Videos Games Xbox One, PlayStation V, Nintendo Switch, Consoles Portáteis PS Vita e Nintendo 3 DS, Controles e Acessórios.

    https://lojanasantaifigenia.com.br/categorias/games-na-santa-ifigenia
    Email: comercial@lojanasantaifigenia.com.br