DASH

DASH #108: Game Engines

Da origem à democratização dos motores de jogos.

Por trás de cada jogo há um motor alimentado por suor, sabedoria e uma boa dose de gambiarra.

André, Sushi e Rafa recebem a desenvolvedora Tiani Pixel (Studio Pixel Punk) para olhar debaixo do capô e entender o que são e como funcionam as Game Engines.

Da primeira idTech à mais recente Unreal Engine, do RPG ao Game Maker, do Twine ao Pico-8, descubra como era o mundo antes das primeiras engines, por que elas surgiram e como se tornaram ferramentas extremamente democráticas e de fácil acesso.

Como o surgimento da Unity mudou completamente como vídeo games são feitos e consumidos, e o que isso significa para desenvolvedores independentes no Brasil e no mundo?

E claro, Tiani também compartilha um pouco da sua história e a do desenvolvimento de seu primeiro jogo indie comercial, Unsighted.

Edição: @zabuzeta

Botão Voltar ao topo
X